O desespero da Rede Globo & Cia. com a possibilidade de retorno da Presidenta Dilma.

O DESESPERO DA REDE GLOBO & CIA. COM A POSSIBILIDADE DO RETORNO DA PRESIDENTA DILMA.

Ficou interessante o novo quadro Político pós o afastamento da Presidenta Dilma pelo Senado por até 6 meses para Julgamento do Impeachment comandado por Eduardo Cunha (na Câmara dos Deputados) e Anastasia (no Senado Federal), afastamento que pode ser definitivo, bem sabemos.

A Direita retrógrada brasileira e sem noção da realidade do País, certamente, iludida pela realidade paralela fabricada pelos meios de comunicação oligopolizados do Brasil e que a preserva de qualquer acusação, perseguição e assassinato de reputação, desde sempre, acreditou que a maioria do povo brasileiro lhe renderia o respeito, pelo ato praticado em 12 de maio, ao afastar o PT do Poder. Ela se sentiu a Dona do Mundo:

– Faço e aconteço! Tenho, agora, carta branca para fazer o que bem entender no comando da Nação! Pensamentos que vieram à cabeça desses políticos golpistas, que chegaram ao Poder sem votos.

Esta ilusão da Direita retrógrada brasileira se dá pelo processo viciado de formação da opinião pública brasileira nestes anos de PT no Governo Federal:

A dicotomia do BEM X o MAL.

Bem: tudo o que a oposição ao Governo Petista fizer;

Mal: tudo o que o PT e os aliados de momento fizerem.

E, assim, foi por 13 anos seguidos.

A Direita retrógrada brasileira se defendia/ estava livre para fazer o que bem-entender com o escudo do oligopólio midiático da velha mídia (o famoso PIG – Partido da Imprensa Golpista) e vivenciava o “posso tudo”, afinal, esse escudo é quase que a única fonte de informação dos brasileiros.

Velha mídia oligopólica capaz, até, de influenciar decisões de Juízes, Ministros em ações que envolvam o PT, Lula e Dilma via assassinatos de reputação dos julgadores e ameaças aos seus familiares se estes buscarem a verdade apenas, e a verdade estiver do lado oposto da que noticia a Rede Globo & Cia. e de seus aliados. 

Hoje, temos até dobradinhas entre velha mídia e Judiciário para tentar incriminar petistas, Lula e Dilma, bem sabemos. O famoso texto de três meses atrás do Eric Nepomuceno: “A direita tem o culpado, agora procura o crime.”, atesta, com clareza, a dobradinha. O Culpado é Lula, o crime? Procuram.

Os Procuradores do MPF de São Paulo e a famosa petição com o Hegel aparecendo no lugar de Engels, na tentativa de pedir prisão preventiva de  Lula pelo Triplex no Guarujá, que não é do Lula, é um exemplo perfeito dessa dobradinha mídia e Judiciário. O Procurador Cássio Conserino havia, semanas antes da petição, condenado Lula, de antemão, na Revista Veja, sem nenhum processo em andamento. 

Sem contar os vazamentos seletivos de operações da Polícia Federal e de delações. E os casos do julgador alienado, crente da ideia de que tirar o PT do Poder foi uma necessidade para extirpar a corrupção (alienados midiáticos) ou situações de julgamento em defesa de sua classe social, da classe social a que pertence ou acredita pertencer o julgador.

Velha mídia oligopólica que foi capaz de manipular ao seu gosto, parcelas inteiras da opinião pública, aquelas parcelas que não se atentam para suas ações partidarizadas e pouco parecidas com o que se aprende nas escolas de Jornalismo. Fato que culminou com várias manifestações pró-Impeachment dos seus seguidores mais fieis, geralmente, leitores da Veja e telespectadores da Globo News.

Certamente, há quem foi às ruas pelo Impeachment com a intenção de derrubar a Presidenta Dilma por uma defesa de classe social e/ou por falta de apreço à Democracia do voto.

O oligopólio midiático capitaneado pela Rede Globo, Veja, Folha, Estadão, Band, RBS e não muito mais do que esses meios de comunicação, controladores de mais de 80% de toda a informação sobre o cotidiano do Brasil e do Mundo que chega aos brasileiros, protegia a Direita retrógrada brasileira, até das mais vergonhosas descobertas de corrupção, as escondendo, e até dava guarida e apoiava candidatos do naipe de Aécio Neves para Presidente do Brasil e Eduardo Cunha para Presidente da Câmara dos Deputados, culminando com o apoio de primeira hora ao despreparado e Ilegítimo Michel Temer.

É assim até este momento, bem sabemos.

Imaginemos se uma notícia de uma delação homologada em que um Delator, o Sérgio Machado, aponta ter desviado mais de 70 milhões de reais da Transpetro e entregue para as lideranças do PMDB viesse à tona no tempo de harmonia entre Dilma e Temer, cairiam matando no Temer, era notícia para derrubar o Governo do PT. Hoje, não representa nada o fato, ele é o Presidente surgido do Golpe de Estado, que a velha mídia oligopólica ajudou a patrocinar, junto com a Direita retrograda brasileira e partes do Judiciário e da Polícia Federal.

O fato não vira manchete principal e não se busca gerar uma indignação coletiva. O Jornalismo da velha mídia oligopólica se esquiva de um aprofundamento do desvio de 70 milhões da Transpetro, noticia porque é difícil esconder uma notícia bomba como esta em junho de 2016 com a força da Internet.

Acontece que o Golpista e Traidor Temer está nu. Seu Governo é um fiasco. Os corruptos tomaram de assalto o Poder, todo Brasileiro sabe disto, mesmo que, muitos, tardiamente. E, se descobriu, apesar do controle absurdo da informação no Brasil, que a tentativa do Impeachment, ainda não garantido, foi um Golpe de Estado. O Mundo sabe, não tem como fugir desta verdade. A Imprensa Internacional escancarou aos olhos dos brasileiros, até dos mais alienados, que está em curso no Brasil um Golpe de Estado. Só não aceita o fato de ser Golpe a turma radical da extrema-direita que se prende a um site como O Antagonista e assemelhados.

O Brasileiro sabe, ainda, que as primeiras medidas tomadas pelo Presidente interino não são nada agradáveis aos brasileiros em geral.

E sabemos que o Temer não tem apoio social de nenhum grupo organizado relevante, a não ser dos próprios apoiadores do Golpe, entre eles a velha mídia oligopólica.

Medidas que toma trazem um desânimo geral no País. Um sentimento de vazio. Uma desesperança grande. Muitos descobrem que foram enganados pela velha mídia oligopólica e pelos golpistas.

E, o que tem de novo deste acontecimento de descoberta do engano coletivo do Impeachment?

O noticiário da velha mídia precisa voltar ao tempo de atacar 24 horas por dia o PT, Dilma e Lula.

Muitos de nós sabíamos no que ia dar o Governo temer. Em nada, a não ser retrocesso econômico, social, dos direitos civis e o fim de nossa soberania, e mais nada. E, o noticiário sobre o Governo Temer não é nada interessante convenhamos.

Falar do fim do Ministério da Cultura, do Ministro da Educação que recebe o Alexandre Frota para ouvi-lo e ele defender ideias, como “Escola sem partido”, falar do fim do Ministério da Previdência Social e dos retrocessos absurdos nas regras de aposentadoria, falar do fim da política de valorização real do salário mínimo, falar de cortes e desvinculações em Saúde e Educação e Ciência e Tecnologia, Falar do fim dos royalties do Pré-Sal destinados à Educação (75%) e Saúde (25%), falar da diminuição do PROUNI, do FIES, do Pronatec e do Ciência Sem Fronteiras, falar da possibilidade do fim do SUS, do Mais Médicos e da Farmácia Popular, falar do fim do Minha Casa, Minha Vida, falar do corte no Bolsa Família, que só atingiria os 5% mais pobres da população, falar dos corruptos que tomaram de assalto o Poder e dos Ministros demitidos por serem corruptos ou coniventes com a corrupção, falar do fim da Controladoria Geral da União (Órgão independente para fiscalização dos atos do Executivo), falar que não tem mulheres e negros no ministério Temer, falar que se a acabou com o Ministério das mulheres, da Igualdade Racial e dos Direitos Humanos, falar que vão rever demarcações de terras indígenas, falar em aumento de 41% para o Judiciário, falar que criaram mais de 14 mil cargos comissionados no Legislativo, falar que vão aumentar para 170 bilhões o déficit público de 2016, falar da mesquinharia de cortar até a comida da Presidenta Dilma, falar do impedimento da Presidenta Dilma viajar etc. não rende um noticiário, não dá manchete, certo?

E, então, o desastre Temer traz a necessidade de sobrevivência do Golpe de Estado, ainda não concluído, pelo modo antigo: atacar as 24 horas do dia o PT, Dilma e Lula.

Salvar o Golpe de Estado será uma tarefa difícil. E nesse vale-tudo virão até o dia do julgamento centenas de invenções sobre Dilma e Lula, principalmente.

O cabeleireiro pago com dinheiro de esquema da Petrobrás é demais da conta e, apenas, um primeiro passo. Como disse o Paulo Nogueira é a bolinha de papel do Impeachment ou a Fiat Elba da Dilma. E, virão inúmeras capas de revistas, jornais, inúmeras matérias de TV e no rádio atacando, acusando Dilma, Lula e o PT.

Tentarão convencer a opinião pública que Temer e o Golpe de Estado são dois males necessários. São mais eficazes para o Brasil do que a Volta do PT e de Dilma.

E, de agora em diante até a data final do Impeachment ou não, observaremos as ameaças ou realização de assassinatos das reputações dos senadores e ameaças à integridade física dos seus familiares, senadores que possam estar indecisos, quanto ao voto pela derrubada definitiva ou pela volta de Dilma ao cargo de Presidenta do Brasil.

Como o noticiário sobre Temer só dá para ser negativo colocam suas barbaridades governamentais em segundo plano e trazem para o plano primeiro das discussões diárias dos brasileiros os ataques diários à Dilma, ao Lula e ao PT.

Assim será até a votação final do Impeachment no Senado.

A opinião publicada quererá voltar a se sobrepor à opinião pública na marra.

– Tirar definitivamente o PT é o melhor dos remédios!

Lula e PT entram no noticiário, porque há a possibilidade, com o retorno da Presidenta Dilma da convocação de novas eleições para Presidente (a) e se torna preciso destruir a reputação dos dois, Lula e PT, para que eles não vençam novamente.

Imaginemos tirar Dilma para colocar Lula e recolocar o PT, os dois maiores inimigos da velha mídia oligopólica? Não dá, certo?

É preciso lembrar:

A Direita retrógrada brasileira e sua mídia oligopólica aliada vivem em um mundo paralelo, descolados estão da realidade brasileira, e lá vivendo pensam que o vale-tudo desse mundo paralelo vale no mundo real. Não vale!

E uma coisa é certa:

Nem manifestação de rua os golpistas poderão convocar, porque os verdes-amarelos das manifestações pró-Impeachment já se dispersaram e abandonaram a turma do Golpe de Estado, já descobriram que foram enganados e que Temer botou no Poder os maiores corruptos do País, já descobriram que a crise econômica vai piorar em muito com esses golpistas no Palácio da Alvorada.

Então, bateu o desespero nos golpistas.

Vão precisar dobrar a loucura até a votação final. Imaginemos o descontrole de Rede Globo & Cia daqui até o dia do voto do Sim ou Não.

Perderem para a opinião pública? Do alto de seus tamancos e de suas soberbas? Será um suicídio coletivo.

Um aparte.

O processo inaugural deste descontrole da prática do Jornalismo e da ausência total de limites éticos na velha mídia oligopólica se deu com a Revista Veja, exemplo claro, suas matérias em parceria com o crime organizado – Carlinhos Cachoeira, sempre lembrado este dado pelo Jornalista Luis Nassif, estendendo-se depois para Globo, Estadão, Folha, Band, RBS, etc. e é o resultado das 4 vitórias seguidas do PT em eleições presidenciais.

Imaginemos ter mais de 80% de toda a capacidade de informar os brasileiros e se ver derrotado 4 eleições seguidas, mesmo com toda a perseguição (24 horas do dia) ao PT, Lula e Dilma? O que não passa na cabeça desses grupos de comunicação, pensaram nisto?

A perda da hegemonia da narrativa do Brasil desejado, a perda da capacidade de tornar vitorioso o modelo econômico neoliberal, de vingar a Ideologia do Mercado sobre o Estado forte foi levando toda a velha mídia oligopólica a copiar o modelo panfletário e partidarizado ao extremo da Revista Veja e a abraçarem sem nenhum pudor e de forma desesperada o Impeachment da Presidenta Dilma.

Até anos atrás, por exemplo, em um canal como a Globo News, era possível ver um debate com convidados de diferentes correntes políticas e ideológicas, hoje, é impossível, tamanha a partidarização, o anti-petismo e a defesa intransigente do Estado Mínimo e do Mercado.

A velha mídia se tornou a “Ditadura” da voz única.

Continuando.

Assim, voltamos às capas de revista atacando Dilma, Lula e o PT. E, ao tempo em que o noticiário central do Brasil se produz única e exclusivamente de notícias negativas deste trio, perseguido à-exaustão pela velha mídia oligopólica.

Imaginemos o arsenal de ataques e mentiras/ ilações que virão! Imaginemos o nível abaixo de zero de cada capa semanal da Veja, Istoé e Época. Vai ser uma vergonha coletiva da velha mídia perante a opinião pública mundial!

A esperança nos noticiários durou não mais que três semanas!

Temer e seu bando de corruptos podem destruir o Brasil à-vontade até a votação final, pois, o que importa para a Rede Globo & Cia. é apenas tirar o PT definitivamente do Poder, a gente finge que não está acontecendo nada no Brasil (a velha mídia finge), que não temos manifestações de Fora Temer, que não temos inúmeros escrachos na Internet e nas ruas, que não assistimos inúmeras cenas de Ministros e Políticos sendo chamados de golpistas, fingimos que Temer pode sair tranquilamente pelas ruas do país e se comunicar com os brasileiros, que a Polícia não está descendo o porrete em manifestantes contrários ao Golpe de Estado, que o Brasil está contente e feliz com o Presidente interino: o Pacificador!  

Virou uma questão de honra e de vaidade derrubar a Presidenta Dilma para a velha mídia oligopólica!

É a ilusão de acreditarem ter o Poder absoluto da narrativa do Brasil, que já não mais possuem, e se esvaiu dos dedos, agora, com mais intensidade, com o fim do casamento da velha mídia oligopólica com as classes média e médio-alta tradicionais com o fiasco absoluto do Governo do interino Temer.

Temer é um desastre total! Vamos ser sinceros!

Viver no mundo paralelo dá nisto. Autodestroem-se: mídia, Direita política e as partes do Judiciário e da Polícia Federal aliadas do Golpismo.

Só digo uma coisa: – vamos vencer o Golpe de Estado! Dilma irá retornar ao cargo de Presidenta do Brasil, mesmo com todas as arbitrariedades do Legislativo, do Judiciário e da velha mídia contra ela, Lula e o PT.

O passo seguinte ao retorno da Presidenta Dilma?

É a pergunta que está no ar!

Quem tiver a resposta para ela que se habilite a nos dar.

Hoje, penso eu, o importante é restabelecer a Democracia brasileira!

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome