O macho terrorista

Cada dia uma nova descoberta.

A frase pode lhe parecer estranha, ou talvez vc já tenha passado por isso em outros momentos, enfim, mas eu estou vivendo uma fase de “revelações”..

Não, não é droga alucinógina..

.. e não é necessariamente descoberta de coisas novas..

.. é uma espécie de “confirmação de teses” através de fatos do dia a dia..

E a visão do dia é a seguinte..

.. existe um macho em extinção e o medo desse homem está sendo instrumentalizado por terroristas.

Ele é pobre, tem pele clara, é cristão, analfabeto funcional, trabalha feito um cavalo e está completamente apavorado.

A instrumentalização do movimento dos caminhoneiros partiu desse princípio..

.. veja, o movimento deles previa o desabastecimento de cidades como São Paulo, vc entende o que isso significa, né?

E no mesmo diapasão estão as greves da PM.

Nós temos que tomar muuuuiiiito cuidado com o que está acontecendo..

.. hoje os jornais estampam imagens das dezenas de ônibus queimados em Minas Gerais e de PM’s que invadiram o Palácio da Liberdade, sede do governo mineiro, praticamente às vésperas das eleições..

Oras, tem instrumentalização aí.

E é terrorista, assim como foi o locaute dos caminhoneiros e a greve da PM no Espírito Santo em 2017..

O princípio (a necessidade dos trabalhadores) é justo, assim como a dos caminhoneiros, mas parece haver uma “articulação” que se aproveita dessa necessidade e combina fatores para produzir terror.

No caso de Minas Gerais, vale lembrar a possível conexão do incêndio de ônibus com facções criminosas.

Leia também:  Polícia age com truculência durante despejo no Acampamento Quilombo Campo Grande

Aí a gente fica pensando, será que existe algum comando comum?

Esse processo é semelhante ao que aconteceu em São Paulo anos atrás, quando o governo do PSDB negociou com o PCC, não é, portanto, novidade..

.. mas não é disso que eu estou falando..

O que me chama a atenção é a disponibilidade desse macho cristão para ações terroristas, ainda que disfarçadas de legítimas, e dos interesses políticos que estão ali por trás.

E prá finalizar, te convido a uma reflexão: atualmente, se um homem de 40 anos, semi analfabeto, pai de família, macho, cristão, provedor, sair da PM, o que ele poderia fazer do lado de fora? Dirigi Uber?

Esse homem tem medo, muito medo, e está armado.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome