O Secretário Grella e a criminalização de Fábio Hideki Harano

O advento das redes sociais acabou com um expediente bastante utilizado nas últimas décadas: a criação de versões sobre terríveis personagens ameaçando a paz e justificando atos arbitrários.

Ocorreu na invasão da PUC, da USP, em que jovens estouvados, com a exuberância irresponsável da juventude, correram risco de ficarem marcados para sempre devido à aridez irresponsável dos anciões.

Com as redes, já existe a possibilidade do contraponto, impedindo o poder absoluto da autoridade em desenhar o perfil do suposto criminoso.

O material abaixo foi produzido pelo “Coletivo Desentorpecendo a Razão “.

Depois de ter sua prisão forjada por policiais civis ao final do 11º ato Se Não Tiver Direitos, Não Vai Ter Copa, Fábio Hideki Harano, de apelidos Japa ou Jaspion, passou a ser acusado de “líder dos black blocs” pelo Secretário de (in)Segurança do Estado de SP, Fernando Grella, o mesmo que querresponsabilizar 22 membros do MPL-SP por depredações em duas concessionárias de veículosdepois do ato/festa do dia 19 de junho de 2014. Mais absurdo do que apontar líder para uma tática — e não um grupo organizado — é classificar Fábio como essa temível figura que só existe no imaginário de desgovernantes, juízes e jornalistas canalhas. Quem conhece Hideki da USP, onde estuda e trabalha, ou de Marchas da Maconha, atos do MPL e outras manifestações de rua sabe que ele não só é adepto da não-violência, como também é um cara super da paz. A galera do Coletivo DAR é testemunha disso e engrossa o coro de #LiberdadeParaHideki.

Nesta quinta (26), dia em que a tropa de choque impediu uma marcha por sua libertação, Fábio teve o pedido de liberdade provisória negado em primeira instância. Vai aguardar julgamento enjaulado no presídio do Tremembé-SP por tempo indeterminado. Afinal, para o juiz Sandro Rafael Barbosa Pacheco tanto Fábio quanto Rafael Marques, outro detido na mesma manifestação, são extremamente perigosos e devem ficar presos preventivamente. E assim, na cara de todo mundo, a dupla, acusada de associação criminosa, incitação da violência, resistência à prisão, desacato à autoridade e porte de artefato explosivo, virou bode expiatório nas mãos daqueles que querem criminalizar movimentos sociais e meter medo na população em geral.  Meros detalhes: Fábio e Rafael não se conheciam — apesar de acusados de associação criminosa —, não vestiam preto e nenhum explosivo foi encontrado durante a revista, que no caso de Hideki foi acompanhada por câmeras e pelo padre Júlio Lancelotti, da Pastoral de Rua. E se a voz daqueles que gritam injustiça não ressoa pela grande mídia local, já chegou na imprensa gringa. Clique e leia matéria do El País.

Leia também:  O coronavirus poderá afastar o virus Bolsonaro?

Como as mentiras e classificações de Grella, atual arauto da desgraça, vão alcançar muita gente que não convive com Fábio, o DAR resolveu apresentar um pouco sobre o figura através de depoimentos de amig@s e conhecidos + fotos e vídeos das divertidas intervenções de Hideki. Um de seus cartazes, inclusive, fez com ele fosse detido na Marcha da Maconha SP 2010, tempos em que se manifestar pela legalização era proibido no Brasil. Os dizeres do cartaz criminoso? “Não fumo, não planto, não vendo e não condeno. Legalize já”. Pelo jeito, a repressão que já era presente em 2010 ficou ainda mais absurda com a chegada dos megaeventos. Vale ficar ligeiro, pois assim, com qualquer um sendo preso com flagrantes comprovadamente forjados, o próximo “líder dos black blocs” pode ser você. Se ainda tem dúvidas, conheça um pouco sobre Fábio, o mais novo inimigo do Estado.

Intervenção de Fábio na Marcha da Maconha 2008

https://www.youtube.com/watch?v=vLYFjfB-CFI]

 
 

Comentário no post #LiberdadeParaHideki na fanpage do Coletivo DAR

Diana Sampaio Dia 23 fui ao posto de saúde dar vacina na minha filha. Um empregado do posto que estava na porta me informou que estavam de greve. Me explicou os motivos e, muito carinhosamente, brincou com minha filha no colo. Agora o vejo aqui. Difícil acreditar que, naquele mesmo dia, o mesmo rapaz que me chamou a atenção pelo seu jeito tão doce e carinhoso tenha sido preso acusado de associação criminosa…

 

Matéria com Fábio no mês de março, quando ele também foi assediado por policiais após manifestação: “Um policial pediu para eu não gritar”. Clique aqui e leia

 

Entrevista com Fábio durante a Marcha da Maconha em Maio de 2014
[video:https://www.youtube.com/watch?v=1uuIUlzy4VI
 

 

Leia também:  Islândia faz teste em massa e descobre que metade dos portadores não têm sintomas

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

75 comentários

  1. Tinham que prender alguém

    Tinham que prender alguém como “líder dos black blocs”, mesmo que estes não estivessem mascarados e nem fossem da P-2.

    Tudo continua como sempre no Reino da Tucanada.

    • Vocês conhecem o Fábio ?

      Caro Marco, e meu companheiro Nassif, deixe-me perguntar-lhe se vcs conhecem este môço e alguns dos seus companheiros de manifestações, que conforme eles, defendem a busca por mais direitos(e nenhum dever)e para isso, desobedecm às leis(certas ou erradas, leis existem para serem cumpridas, e não discutidas)e paralizam serviçoe essenciais(saúde pública por exemplo) e depredam o patrimonio público e privado(quem vai pagar os R$ 2 Milhões de prejuízo das concessionárias ?) e não conseguem impedir, que vândalos e extremistas políticos, “dominem” suas manifestações ?

      A Secr. de Seg. Paulista, não pegou estes 3, como bodes espiatórios. Eles são os representantes e responsáveis, por tanta baderna, que ocorre nas grandes cidades.

      • E você… conhece o José Genoíno?

        São presos políticos. A casa-grande atira na cadeia quem luta por Justiça Social.

        Já os larápios da pior “elite” do mundo, que roubam do povo trabalhador, estão soltos… lendo o PiG e comemorando a prisão de ambos.

        • Tem gente que acredita em

          Tem gente que acredita em papai noel (alguns preferem santa), saci pererê, sereia, chupa cabras, no thc, no aébrio, na marina……Alguns até na polícia do alquimista!

      • quem é o verdadeiro responsável por tudo isso?

        Apresente as provas de que Fabio é o culpado por tudo isso. Se não tiver, delete o post.

        Os autores da agressão ao coronel Rossi, o crime mais fotografado e filmado do mundo, em plena praça pública cercada pela polícia, não foram identificados até hoje. Todo mundo viu as fotos, mas ninguém viu o raio X do coronel.

        O playboy que quebrou as vidraças da prefeitura diante da câmaras de TV  foi identificado e liberado a seguir.

        Você acredita nessa polícia fascista e incompetente e acha que ela está a serviço da democracia…?

        O segundo turno que você não quer é pra Dilma ou Alckmin…?

        Isso aqui não é mera coincidência. Eles sabem como culpar sempre a esquerda, mas às vezes a bomba explode no colo deles:

        http://www.jornalggn.com.br/noticia/serie-riocentro-o-trabalho-incansavel-do-ministerio-publico-federal

      • Caro Raí, não se iluda. (pelo

        Caro Raí, não se iluda. (pelo menos espero que vc esteja iludido)

        A Secretaria de Segurança Pública de SP JAMAIS vai prender um legítimo blackbloc.

        Eles simplesmente NÃO PODEM fazer isso.  (espero que eu não precise explicar isso a vc….)

        Os 2 que foram presos, eram militantes sim, mas sempre de cara limpa e sem depredações ou violência.

        Foram caçados apenas para dar uma “satisfação” ou mostrar serviço para programas policialescos na TV e o rotularam convenientemente de “blackblocs”.

         

      • Raí, vá com mais calma. Injustiças e prisoes arbitrárias nao!

        Sou completamente contra os black-blocks, que chamo de black-bostas. Mas se o rapaz foi pego como líder sem ser, isso é arbítrio policial. Você nao deveria ser indiferente a isso… 

        Quanto a responsabilizarem o MPL pelas depredaçoes ocorridas na manifestaçao, talvez tenha lógica. Se eles convocam manifestaçoes sabendo que os black-bostas farao baderna e nao tomam providência nenhuma para impedi-los, sao corresponsáveis. 

      • Conheço

        Sim. Conheço Fábio Hideki Harano.

        Convivi com ele durante 5 anos pelo menos.

        Vi a escalada dele de estudante de engenharia da poli que divergia da maioria até pedir transferência de curso e se tornar morador do crusp e funcionário do HU. Vi o que ele se tornou: Uma pessoa que mal podia usar seu nome em redes sociais por medo de perseguição.

        Mesmo sendo meu colega, visto o potencial que ele criou, tive que me afastar.

        Eu nunca concordei com absolutamente nada do que ele fazia. Sempre tive uma postura mais reacionária em relação aos temas que ele discutia. Mas ele era meu colega e um ser humano acima de tudo.

        Ao mesmo tempo, sempre dei graças a deus pelo mundo ter pessoas como ele, que se engajavam altruisticamente em luta por minorias sem voz! Pois é isso que eu sempre vi ele fazer.

        Harano era um pacifista. Podia ser um chato discutindo. Podia ser infantil às vezes. Podia ter bafo e ser fedido de vez em quando. Podia até ser meio covardão a ponto de não usar os punhos nos momentos mais críticos de divergências ou para se defender. Mas black block eu tenho certeza de que esse cara não é.

        Conforme sua presença nestes protestos fazendo oposição ao governo de SP foi se tornando algo forte e ganhando corpo, ele fez um inimigo. Um inimigo de proporções que ele desconhecia.

        Hoje esse inimigo desferiu seu golpe. Eu mesmo duvido se o Harano vai sair dessa. Eu sei que ele é inocente. E ver isso acontecer só me faz perder a fé na justiça desse país.

        Eu não sou petralha. Não sou de reacionário, tucano ou qualquer coisa. Acredito em bom senso e num estado justo.

        O que estão fazendo com o Harano é um dos maiores absurdos que vi nos meus poucos 24 anos de vida.

  2. Fabio Harano é um Preso Político

    Há o testemunho do padre, o histórico de abusos da polícia e as declarações de quem conhece o ativista.

    Está bem claro que o Fábio Harano é um preso político.

    E além disso tudo… há o silêncio cúmplice do PiG. 

     

    O PiG apóia e incita a prisão de esquerdistas sob falsas acusações. 

    Foi assim com as vítimas da farsa do mentirão… é assim com os ativistas que ousam protestar contra o Apartheid Social.

  3. mais um preso político

    A prisão é exceção mas tem gente que quer prender todo mundo que diverge. Este é mais um preso político como os condenados da ap 470, o sem teto do pinho sol. todo mundo que não é bonzinho, limpinho, bom moço vai em cana. Tucanada gosta de prender os divergentes. por que não são denunciados os enrolados na propina do metrô

  4. Enquanto isso, o Marcos

    Enquanto isso, o Marcos Valério (que parece que não fez nada, porque, segundo alguns, não houve nada) está presinho lá na peninteciária por 40 anos…

  5. Blacblock

    É bastante curioso o modo como a policia paulista investiga os bbs ,algum tempo atrás botaram fogo em um fusca com uma familia dentro ,que eu soube ninguém está preso por isso a semana passada o movimento passe livre se expôs de forma desnecessária as consequências desses encapuzados que tiveram suas performances de baderna e destruição acompanhadas de forma distante pela PM ,que em vez de ir atrás de bbs resposabilizou o movimento passe livre pelas destruições ocorridas .

    Lideranças sindicais experientes como a dos metroviarios,cancelaram imediatamente assembléia ao saber que os bbs estavam na area proxima do sindicato no tatuapé ,pois sabem os efeitos nefastos que eles causam,portanto aonde tiver mascarados é melhor manter distância !

  6. OUtras culpas

    Fato: eles estavam lá e participaram da manifestação que causou muitos estragos. Desobedeceram o compromisso de não sairem em passeata, passeatas essas que, na hora do rush, prejudicam centenas de pessoas no legítimo direito de ir e vir. Podem não ser black blocks, mas alguma culpa eles têm. Assim como senhor Boulos, lider do MST. Formado em filosofia pela USP (a custa do dinheiro público) , em suas passeatas ele pouca ou nenhuma importância dá aos prejuizos que causa aos outros na avenida Paulista e outras vias. Insensível, assim como os que estavam na passeata em que ocorreram as primeiras prisões da polícia paulista. Fato: a mal paga  polícia do estado de SP govcernado por Alckmin , em um ano não aprendeu a lidar com as passeatas, o vandalismo, os estragos. Faltando pouco para as eleições, o governador resolveu endurecer. Mas, pelo jeito, não fez da maneira certa.

      • direitos legítimos

        Manifestações são, sim, direitos legitimos. Mas o direito de ir e vir também. E esse direito não pode ser prejudicado deliberadamente por manifestações impositivas e mal focadas, sem controle e que facilitam, permitem a depredação, o vandalismo . Chega. Façam manifestações com mais fóco , localizadas diante das sedes das autoridades e do poder legislativo, e em apenas duas das quatrou ou seis vias de uma avenida. Disciplina não prejudica a livre manifestação.

         

        • Nao existe manifestaçao que nao prejudique o trânsito

          Essas “condiçoes” que você está querendo sao as de quem simplesmente nao quer que haja manifestaçoes. Quanto a que essas manifestaçoes que têm ocorrido estarem sem foco, até concordo, mas o direito a manifestaçoes nao deve ser limitado pelo fato de eu (ou quem mais seja) concordar ou nao com elas… 

          • Direitos

            Sou a favor de toda e qualquer manifestação, concorde ou não com ela.  Mas nada de forma impositiva que agrida o livre transito, que tolha radicalmente o direito de ir e vir, que permita mascarados anárquicos como os black bostas deprederam portas do metrô, de lojas. Como disse alguém aqui, mais abaixo, nos EUA e na Inglaterra qualquer um pode fazer discurso na porta da Casa Branca do Palácio real,mas com hora marcada e sem atrapalhar o transito. Democracia implica em convivência pacífica que não crie transtornos, ao contrário destes que há um ano são criados em SP  deliberadamente, de forma agressiva, com a participação de estudantes da USP, paga pelo povo e com um orçamento que só dá para suistentar fartamente boa parte de professores e funcionários. Quanta incoerência. 

      • Lúcida, vc tem uma

        Lúcida, vc tem uma dificuldade imensa de aceitar opiniões contrárias as tuas, quando se prende um ANARQUISTA black bloc voce diz que a o ESTADO está sendo autoritário e saí (sem qualquer informação maior, só pelo tino, no eu acho) na defesa do black bosta como vc diz. Essa dualidade te desmerece. 

         

        • Trolls nao têm mesmo lógica, nao é?

          Se eu chamo os black blocks de black bostas, está claro que nao concordo com eles, nem os considero anarquistas. Agora, vivi a época da Ditadura; arbítrio policial NUNCA! Seja contra quem for. Nao há prova nenhuma (nem indício consistente) de que o cara preso era black bosta. 

          • Lúcida, por que me chamar de

            Lúcida, por que me chamar de troll? Para vc todo mundo que pensa diferente do que tu pensas é troll?

            Só acho completamente sem lógica uma pessoa atacar os Blac Bostas e depois que a Policia, braço armado e CONSTITICIONALMENTE legal do ESTADO,  prende dois e vc sai em defesa desabalada dos elementos. 

            Ou vc tem informação maior, além do Secretário de Segurança de SP, para dizer que o Estado agiu errado ao prender os dois elementos. Para uma “anarquistas” isso, repetindo, não tem lógica, ou vc acredita nas INSTITUIÇÔES de Estado ou acredita no Black Bostas como vc diz.

            Lúcida, faça jus ao teu pré nick, seja anarquista e louve os  Black Blocs, senão vou ficar embasbacado…

             

  7. Para refletir…
    DEPOIMENTO

    Para refletir…

    DEPOIMENTO EMOCIONANTE ESCRITO PELA MÃE DO SOLDADO DA PM DE SÃO PAULO PIETRO DO 30º BPM – EXECUTADO NO DIA 13/06/2014

    Deus, não consigo entender! O senhor plantou uma sementinha dentro de mim, me preparou 9 meses.
    Quando, dia 31/12/1990, me presenteou com um lindo bebe. E que grande! 3,740 kg e 51,5 cm. 
    Foi tão maravilhoso, um meninão! Dei o nome de Wesley Vanderlei Pietro Bom. COMO EU O AMAVA.
    Então, foi crescendo… Vieram as primeiras palavras, os primeiros passos… O pezinho, a escola primária, o ginásio! 
    QUE RAPAZ LINDO, MEU ORGULHO!
    Tinha um sonho, tornar-se policial, estudou muito. Veio a decepção, não passou. Ficamos arrasados, como ele sofreu.
    Todavia, não desanimou, tentou novamente, ai veio o resultado final, aprovado! Que felicidade! Choramos muito de tanta alegria. Veio a escola e então a formatura. Seu sonho realizou-se. Como ele era apaixonado pelo o que fazia. Para ele era um orgulho! Fazia faculdade, veio sua primeira namorada. Como ele era apaixonado, depois veio o termino do namoro… Como ele sofreu…eu também! E o Senhor sabe disso, Pai!
    Mas sua vida seguiu adiante…
    Chegou o ano da copa, fiquei preocupada porque ele foi trabalhar na copa. No COMANDO COPA. Que orgulho, saia de casa impecável, sua farda, se não a melhor, uma das melhores. Fazia questão de estar bem arrumado. Sua bota? Era um espelho! 
    Em detalhes, ele fazia musculação, era bem dedicado! 
    Quanto a seu trabalho, nunca perdeu a hora. E eu, como sua mãe, sempre acordava antes dele, arrumava café, e ele levantava. A primeira coisa do dia era :” bença, maezinha!”, e eu o abençoava e o acompanhava até o portão! Lhe dizia:” muita calma! Deus lhe acompanhe e que Nossa Senhora lhe proteja junto com seu anjo da guarda, que Deus guarde você e todos seus amigos!”
    O Wesley já sabia que no dia 13/06 seu pai tinha uma cirurgia marcada. E ele, como filho dedicado, disse que levaria seu pai ao hospital e que quando tivesse alta, o buscaria. 
    Era uma cirurgia simples, seu pai internaria de manha e sairia a tarde. Saímos de casa 4h da manha, ele estava radiante, conversador…
    Ai pai! Veio o que eu nunca imaginaria…. Não imaginava que o meu destino estava marcado naquele lugar…
    Às 5h da manha, quando passávamos pela vila Heliópolis, dois rapazes sem coração nos cercaram armados. E tudo foi muito rápido, gritos, tiros, nunca imagine. Percebi meu filho imóvel, o chamei e ele não me respondeu… Foi ai que me assustei, meu filho tinha sido atingido na cabeça! 
    Que desespero Deus, que dor! 
    SOCORRO, HOSPITAL, CIRURGIA, AGONIA… Tantas informações! Calma, mãe! Estamos fazendo o possível! 
    Eu sempre pedindo a Deus, cuida do meu filho, olha ele para mim… Que sofrimento! Então veio o médico, me pediu para subir e o acompanhar. A cirurgia tinha terminado, já estava na UTI.
    Esperamos ao lado da porta, os médicos pediram para esperar um pouco.
    Veio a triste notícia! Mãe, o caso do seu filho foi gravíssimo, fizemos o que pudemos, mas ele entrou na UTI e teve uma parada. Eu não queria acreditar! Não, doutor! O senhor esta brincando, não é verdade!
    É, meu filho faleceu! 
    Que desespero, fiquei sem chão! 
    Então me perguntei: Deus, por que o senhor me preparou para te-lo, mas não me preparou para tirá-lo de mim? Por que? 
    Não foi tirando aos poucos, o arrancou dos meus braços, do meu colo de uma só vez, nem pediu licença! 
    POR QUE? Porque…
    Filho, aonde você estiver nao me abandone. Nem a mim e nem seu pai, nem seus irmãos… Cuida da gente, seja nosso anjo protetor. Seu pai esta sofrendo muito também, ele acha que por ser seu pai, tinha que ser seu super herói, e ele acha que não conseguiu, que falhou… Cuida muito dele!

    EU TE AMO!

    *Feliz 31/12/1990… Eu cheguei!
    +Muita saudade 13/06/2014… Eu parti!

    Redação do Plantão Policial 
    Fotos: Correspondentes Plantão Policial 
    Informações – Correspondentes do Plantão Policial 
    http://www.plantaopolicialcn.net

     

    • Mãe, infelizmente,não somos

      Mãe, infelizmente,não somos donos da vontade de Deus, não conseguimos entender porque Ele nos dá e nos tira sem explicação..Perdi 2 filhos  , sei exatamente o que vc está sentindo. Só nos resta a resignação e a saudade. Deus te abençoe.!

  8. Não conheço o Fábio e não desejo

    que ele seja vítima de uma injustiça.

    Mas quero a mais absoluta distância de um movimento que cria um slogan arrogante e autoritário como o Não Vai ter Copa.

  9. DAR

    Valeu pela reprodução e pelo interesse em tornar pública essa história muito mal contada, Nassif.

    Só uma correção: o nome do coletivo é DAR – Desentorpecento a razão. Coletivo Antiproibicionista de SP é tipo o subtítulo no nosso site…

    Abraço!

  10. Bode expiatório.

    Mais uma prova de que as autoridades de segurança pública e a lei não valem nada em SP (neste caso) e em outros estados do Brasil. Seria muito fácil para elas identificar e prender quem faz quebra-quebra e taca fogo, mesmo porque entre estes estão policiais disfarçados. Por que não o fazem? Porque a violência interessa a essas autoridades, na criminalização dos movimentos sociais e dos protestos de rua.

    • Estou vendo que você é uma

      Estou vendo que você é uma pessoa bem informada. Então entre os que promovem quebra-quebra estão policiais? Como obteve essa informação secreta? Tem algum conhecido na polícia, que traiu a corporação e lhe contou?

      Supondo que houvesse mesmo, como esse policial identificaria os participantes? Perguntando o RG?

       

      • P2, etc…

        As polícias têm serviço de inteligência, como sabes. E não é necessariamente o agente inflitrado que prende as pessoas. Ele as dedura para os colegas, ele é informante. Mas dependendo da situação deve agir, mesmo que com isso seja desmascarado. Há muitos exemplos recentes de policiais que se fazem passar por manifestantes, e foram descobertos e gravados, e um caso célebre foi aquele quando o agente socorre uma policial numa manifestação de professores em SP. Aqui está um dos muitos links que comprovam isso, caso não acredites que haja policiais entre manifestantes…

        http://candidoneto.blogspot.com.br/2010/03/manifestante-era-policial-infiltrado.html

         

         

         

      • Nossa Caetano? Cara…até o

        Nossa Caetano? Cara…até o “coxinha-mascarado” mais alienado

        do planeta sabe da existências dos nefastos P2?Isso é antigo, vem

        de longe e existe no mundo inteiro, aliás os ativistas do MST são

        exímios identicadores de P2., bem ai estamos falando de     um

        movimento social, o papo é outro.

        • Prezado colega, não sei nem o

          Prezado colega, não sei nem o que é coxinha-mascarado, mas presumo que não seja coisa boa, pelo tom que usou. Não posso responder à altura.

          É óbvio, sei que a infiltração de agentes nas hostes inimigas é tão antiga quanto a guerra. O que questionei é como o outro comentarista sabia que, especificamente nessa manifestação, havia policiais disfarçados entre os black-blocs. Mais ainda, como sabia que esses policiais poderiam identificar manifestantes mascarados. Completando, como ele sabia que, mesmo identificando os criminosos, não os denunciou? Essa mentalidade conspiracionista, sem a menor base ou indício, não leva a nada…

        • SÃO BANDIDOS

          ISSO DE BLACK BLOCK É COISA DE BANDIDO, MPL É COISA DE BANDIDO SERVEM A EXTREMA DIREITA TEM QUE SER TRATADOS NA PORRADA.

           

  11. Não há santos nesses

    Não há santos nesses história. Não há mais jeito da Policia agir sem ser considerada truculanta e tudo o mais. Mesmo sabendo das M* que a Policia adora fazer é complicado ver que qualquer um que sai parando serviços essenciais por pautas que estão por muitas vezes longe do interesse da maioria dos brasileiros, estejam encontrando guarita na péssima fama que a Policia construiu.

    • Não estamos falando de

      Não estamos falando de religião ou de santos, estamos alando de justiça, de direitos civis, de democracia.

      • Complementaria dizendo que

        Complementaria dizendo que não estamos falando de religião, santos, nem partidos.

        Estamos falando da prisão arbitrária de um inocente que saiu à rua exercendo seu direito de manifestar, que até o momento o governo não tirou oficialmente do art. 5º da constituição.

        Sai o fla-flu, entra a concepção individual de justiça.

        • Direito uma ova, esses caras

          Direito uma ova, esses caras são bandidos, são vagabundos que toda semana saem as ruas quebrando o patrimônio alheio, tem que meter o cacete nesses riquinhos rebeldes.

           

        • O “”direito de manifestar””

          O “”direito de manifestar”” NÃO INCLUI o direito de ferir o interesse de outros QUE NÃO QUEREM SE MANIFESTAR, inclusive o direito de IR E VIR pelao caminho que quiserem fazer.

          Em todos os paises civilizados A MANIFESTAÇÃO PRECISA DE AUTORIZAÇÃO DA POLICIA, com hora de começar e acabar e SEM FERIR O INTERESSE DE TERCEIROS.

          È possivel subir em um caixote em frente à Casa Branca e xingar o Obama, MAS PRECISA AUTORIZAÇÃO, com hora de começar e acabar.

          Tambem é possivel subir nua cadeira e xingar o Presidente François Hollande na frente do Palacio do Eliseu MAS TEM QUE TER AUTORIZAÇÃO DA POLICIA, com hora para começar e acabar.

          Manifestação interrompendo avenidas e estradas livremente NÃO EXISTE EM NENHUM PAIS CIVILIZADO DO PLANETA.

          • Sr. Motta, o seu comentario é

            Sr. Motta, o seu comentario é tão absurdo. Veja só, a polícia imputou e forjou todas as acusações imagináveis, menos essa que vc aponta: a de ser manifestante que bloqueia via pública.

            Se você é contra manifestação pública, procure mudar a Constitução ou tente impor uma ditadura.

          • protestos com disciplina

            Disciplinar manifestações é normal em democracias, justamente para garantir direitos, como o de ir e vir. Os exemplos do Mota são pertinentes, tem hora para acabar, dieito de localização, especialmente nas grandes cidades. Referendar manifestações impositivas sobre direitos de ir e vir e outros, facilitar assim o vandalismo, isto sim é coisa de diatdura fascista. Infelizmente nossa polícia , nossa mídia e a classe mais inteligente ou que assim se julga, está encarando com tolerância, leniência,  esses protestos repetitivos, sem focos e predatórios com os seus transtornos. E agora, em vespera de eleição , depois de quebrarem os Mercedes Benz, o governador resolveu agir. Se está prendendo incoentes ou não, é outra questão. 

          • Essa história de subir no

            Essa história de subir no banquinho é folclore da Inglaterra, em que se diz que não é crime contra a coroa porque não está em solo inglês. Puro folclore. Não são raras as notícias de gente presa por se manifestar na porta da Casa Branca, o que não torna aquele lugar um exemplo.

            Ainda não li as constituições de todos os países civilizados do planeta nem sua jurisprudência constitucional. Nem pretendo o fazer. Mas só preciso me reportar à constituição brasileira para decidir o que ocorre em solo brasileiro. Aqui nós já temos o direito de manifestação garantido. Seja por descuido do redator da CF ou por vontade popular. A única limitação expressa é para o caso de outro grupo estar exercendo seu direito de manifestação, e ter avisado as autoridades anteriormente. 

            O direito de ir e vir não está restringido. O adendo “pelo caminho que quiser” não está na CF, e poderia ser oposto a qualquer congestionamento na Marginal Tietê. E ainda que que estivesse, não é absoluto e nesse caso se choca com o direito de manifestação. Manifestar só pode ser feito manifestando. Ir e vir, tem vários meios. Como é obrigação do intérprete compatilizar garantias fundamentais, o único jeito é garantir a manifestação, e ir e vir por outro caminho. A menos que haja um cerco completo, como na tática do kettling, o ir e vir está garantido.

            O único lugar regido pela CF/88 em que tiveram coragem de pensar em limitar o direito de manifestação foi em São Paulo, criando uma obrigação de avisar a CET e pagar uma taxa, sob o suposto fundamento de ressarcir os gastos com realocação do trânsito. Ou seja, não tiveram coragem de usar o argumento da ciência da autoridade, mas somente a despesa do órgão de trânsito. Isso em 2006. No mês seguinte a essa invenção o Largo São Francisco iria fazer sua Peruada, que anda pelo centro de São Paulo todo ano, desde a década de 1930. Diante da cobrança da taxa, não foi feito o pagamento, porque o evento é um exercício do direito de manifestação. E ponto. Se fizeram alguma composição depois não sei, mas a manifestação foi garantida.

            Assumindo como verdadeiro o que você diz sobre o resto do mundo, apenas para argumentar, então manifestação interrompendo avenidas é um grande avanço civilizatório brasileiro. Como o SUS, o futebol-arte, o samba e o Vinícius de Moraes. Ainda bem que temos muitas avenidas para garantir outro caminho.

            Mas o ponto não é esse. O ponto é que esse sujeito está sendo perseguido por exercer reiteradamente o seu direito de participar de uma manifestação. Se a manifestação é justa, injusta ou irrelevante, o problema é dele.

      • E quem disse que estou

        E quem disse que estou falando de religiao meu caro? Isso foi soh uma metafora. Nao adianta ficar falando em Direito e mais Direitos como se sim fosse algo divino. Eh preciso saber viver com certas regras, ninguem eh impedido de se manifestar e nem estou falando do rapaz do qual o ppost trata, mas do sentimento quase que generalizado daqueles que protestam de que qualquer acao, ateh mesmo o monitoramento, vem sendo considerado “ataque a liberdade de expressao”, Perceba como isso tendo para o lado quase que do direito divino.   A questao nao eh tratar de defender a policia ou manifestantes, a questao eh que esse negocio de liberdade no Brasil eh muito distorcido e mostra a longa caminhada que temos. Como Mujica falou esses dias, estamos vivendo tempos de libertacao. Eu acrescentaria que estamos vivendo tempo de exacerbacao de toda a ignorancia politica possivel, e que sem sombra de duvida desembocarah em um Brasil de brasileiros que vao parar de ser chiliquentos e pela primeira vez olha direito e dever com simetria.

  12. Tem muita coisa misturada e

    Tem muita coisa misturada e como semrpe a possibilidade de 

    um inocente-ativista pagar o preço é bem alta. Sendo assim ,ele

    inocente :MPL+BBs +PSTU+Psol+PCOR e etc..são tão culpados

    e cúmplices quanto a polícia. Vamos ver se a mídia que deu   a

    visibilidade para tudo vai se manifestar tambem.

  13. A PM da ditadura

    Eh a policia fazendo a mesma coisa que o exército fazia durante a ditadura mlitar. E ha o discurso de que as Comissões da Verdade não servirão para nada. Ja disse, enquanto não secarmos essa ferida, ainda teremos esse modo de operar, que insiste em persistir no Brasil de 2014. 

    • O mesmo governo que montou a

      O mesmo governo que montou a Comissão da Verdade é aquele que dá benção e reforça os dispositivos de repressão e criminalização de toda dissidência.

      • Leo V,

        Aí você já colocou tudo mesmo balaio sob a alcunha de “o governo”, provavelmente para criminalizar o PT, por sua vez… O governo federal de que faz parte o PT não é responsável pelos “dispositivos de repressão e criminalização de toda dissidência”. Sem contar o evidente exagero desse “toda dissidência”. Quanto à criminalização seletiva na política, não se esqueça de que alguns dos principais líderes do PT estão presos acusados de corrupção sem provas, e que passaram por um julgamento e um escarnecimento públicos dos maiores…

      • Vocês que ficam

        Vocês que ficam responsabilizando toda a política pela repressão da PM paulista são um dos maiores culpados por isso!

        Enquanto vocês ficam atacando o governo federal pela PM do governo estadual, dão carta branca para o governador tocar o terror. E venhamos e convenhamos, dificilmente te vejo atacar o Alckimin por aqui.

         

  14. Parabéns Grella, muito cacete nos golpistas!!!

    Parabéns secretário Grella, o Brasil não é Ucrânia vamos reprimir com toda veemência estes agentes americanos que tentam desestabilizar a democracia brasileira. Força muita força e todo rigor nesses monstro destruidores do patrimônio público e da paz social, são bandidos teleguiados. Cacete neles, devolva secretário muita violência contra eles, todo ódio da sociedade contra eles será pouco são riquinhos que deveriam estar retribuindo o que a sociedade lhes oferece e no entanto destroem e atacam o bem público, são monstro que merecem o mesmo tratamento dado aos judeus na segunda gerra.

    • O que é isso? É a versão

      O que é isso? É a versão fascista do Prof. Hariovaldo, ou é sério? Cadê a moderação do blogue que deixa passar propaganda nazi-racista e pregação da violência desse tipo?

      • Eu denunciei esse troço também, Jair.

        Infelizmente não é o único que aparece aqui com elogios a métodos repressivos fascistas. Ele apenas escancarou o seu modelo de referência: “o mesmo tratamento dado aos judeus na segunda gerra”. Outros estão aqui defendendo a mesma coisa, sem fazer referência a matriz inspiradora, são os fascistas de “esquerda”, uma fração do petismo incomodada, com o desafio à esquerda protagonizado pela juventude. 

         

        • Juventude  à esquerda voce

          Juventude  à esquerda voce quer dizer: PSTU-PSOL-PCOR-REDE?

          Ou MPL-BBs-Green Peace ou até mesmo juventude transparência?

          São tudo menos jovens.

          • Vestiu a carapuça, foi?

            Coube justinha, viu? Ela cabe e lhe veste bem, um petista que faz defesa da repressão tucana, continue fazendo; depois não reclame em eventual segundo turno, se esses setores contrários a esses atos repressivos não verem diferença, entre os que a praticam  e os que fazem sua defesa pública. O PT, onde tenho muitos amigos e dediquei militância e votos, deveria se proteger de militantes idiotas e sectários do seu tipo, são os aloprados a quem se referiu o próprio Lula.

        • Pois é, parece que ninguém

          Pois é, parece que ninguém mais denunciou a provocação nazi-racista de louvor à violência política, que ficou aí o tempo todo… Depois, reclamam!

      • É  o tipo de comentário

        É  o tipo de comentário “isca” Jair, certamente ele frequenta aqui

        com outros nicks, como escrevi abaixo :é um P2 de blog. Levantou

        uma “bola” prá ver quem corta.

  15. Até concordo que esse japa

    Até concordo que esse japa seja ” inocente”

    Mas que os blacks bostas fizeram muita merda, fizeram, e deve haver um líder ou líderes.

    A policia peca em não encontrar os verdadeiros líderes.

    Na ansia de dá uma resposta à sociedade pegam inocentes.

    Esse modo operandi é muito conhecido.

    • Gilson , se a policia sabe

      Gilson , se a policia sabe quem são as lideres do PCC 

      não vai saber as do BBs? Claro que sabe. Creio que haja

       pessoas aqui no blog que tambem sabem. KKKKKKKK

      • No mundo de vocês existe

        No mundo de vocês existe líder em tudo.

        Procurem entender. Coloquem o pé nas ruas, convivam com a juventude. Existe todo um mundo por aí que é diferente da sua firma ou do exército.

  16. Tá na hora de botar esses

    Tá na hora de botar esses black bostas, como diz a Lúcida, na cadeia…ou alguém vai defender o Rafael como um bom cidadão que vai dar tudo de si para a nossa sociedade? Se a “Óia” está mentindo então a desmintam com matérias sérias.

    Por Mariana Barros, na VEJA.com:
    Na última segunda (23), Rafael Marques Lusvarghi, 29 anos, foi preso pela polícia após participar de uma manifestação em São Paulo. Ele e o estudante Fabio Hideki Harano, 26 anos, foram acusados de associação criminosa e levados pelos policiais que acompanhavam o protesto. O secretário de Segurança Pública de São Paulo, Fernando Grella Vieira, apresentou a dupla à imprensa como “os primeiros black blocs presos” em flagrante na capital.

    Quando foi detido, Lusvarghi usava uma saia kilt e tinha o que parecia ser uma cicatriz do lado esquerdo do rosto. Só parecia: o falso machucado foi feito no último dia 17, enquanto o Brasil jogava contra o México, em um estúdio de tatuagem em Jundiaí, na Grande São Paulo. A técnica é chamada de escarificação e consiste em criar na pele um corte milimetricamente desenhado na base do bisturi. Para fazê-lo, Lusvarghi inspirou-se nos games: ele é fã do jogo God of War e queria uma marca no rosto igual à do personagem Kratos, o fortão espartano que protagoniza a saga. Aos amigos, contou que nas diversas brigas que arranjou nunca conseguiu um machucado que marcasse seu rosto – apenas sinais no pulso e num dos dedos.

    Aficionado pela história russa e pela cultura militar, Lusvarghi coleciona álbuns com retratos dos líderes da Revolução Russa e do período comunista. Fotos de exércitos, tanques e armas também estão no seu acervo. Obcecado por vikings, tem tatuada no braço a palavra Berserk, nome de um mangá, posteriormente transformado em anime, inspirado nos guerreiros da mitologia nórdica.

    Lusvarghi e a falsa cicatriz, milimetricamente desenhada na base do bisturi -Reprodução/Facebook

    Lusvarghi nasceu em Jundiaí, numa família de classe média. A mãe é professora formada em Biologia e o pai, de quem ela é separada, gerencia uma pequena empresa em Minas. É o mais velho de quatro irmãos. Um deles conta que, desde pequeno, Lusvarghi sonhava alistar-se na Legião Estrangeira da França. Aos 18 anos, comprou uma passagem para aquele país, onde morou por três anos – como integrante da tropa, segundo disse a familiares. Quando regressou ao Brasil, prestou concurso para soldado da Polícia Militar em São Paulo e ficou na corporação entre março de 2006 e julho de 2007. O motivo de sua saída é desconhecido, mas em agosto ele já prestava um novo concurso, desta vez para ser PM no Pará. Aprovado, permaneceu na corporação até 2009 e, mais uma vez, saiu antes de concluir o curso de oficial.

    Partiu, então, para a Rússia. Em 2010, mudou-se para Kursk, cidade onde ocorreu uma das mais importantes batalhas da Segunda Guerra Mundial. O que fez lá ninguém sabe. Segundo parentes, teria estudado administração e tentado alistar-se no exército russo. Como não conseguiu, regressou ao Brasil. Logo depois de chegar, em janeiro deste ano, iniciou uma viagem de um mês e meio entre Colômbia e Venezuela. Disse ao irmão ter “feito contato” com as Farc neste período – e não gostou da experiência. Na volta, instalou-se em Indaiatuba, no interior paulista, onde começou a trabalhar como professor de inglês e técnico de informática.

    Lusvarghi é detido durante ato contra a Copa do Mundo na Avenida Paulista, em São Paulo – Fernando Donasci/Agência O Globo

    Além do fortão do videogame de quem copiou a cicatriz no rosto, Lusvarghi se diz admirador do presidente russo Vladimir Putin. Antes de ser detido nesta semana, ele fazia planos de ir para a Ucrânia “lutar pelas forças separatistas”. O que o kilt tem a ver com tudo isso segue sendo um mistério.

    • O post é sobre Fabio Hideki

      O post é sobre Fabio Hideki Harano, um jovem pacifista, estudante e trabalhador, não sobre matéria da Veja (ótima referência!) acerca de um provável blecbloc, que é esse aí, um ex-PM e mercenário da Legião Estrangeira.

  17. Coitado deste rapaz. Está

    Coitado deste rapaz. Está sendo usado como bode espiatório. Os verdadeiros culpados nunca aparecerão, muito menos seus financiadores e seus articuladores.

    O MPL só estava no lugar certo e na hora certa para ser deflagrado um golpe contra nossa democracia. Nada mais que isto! As forças poderosas por de trás de tudo todos nós já conhecemos, não é novidade o que estão fazendo, estão só repetindo a formula.  

    Acreditem! O lider dos Black Blocks não são de esquerda, talvez, nem os coitados que vão as ruas travestidos saibam a quem eles servem. Pensam que estão numa batalha por justiça, mas, estão dando ferramentas para punir quem luta pela justiça.

    Toda e qualquer manifestação popular existe sim P2, não se enganem ao imaginar que não exista este controle. E que sirva de alerta para todos. Quando toda a midia convocar o povo as ruas, fiquem em casa.

    As manifestações de junho foi o maior teatro montado a ceu aberto que vi na história. O Gatilho foi a policia balear jornalistas, ai um protesto contra a policia, virou protesto contra a Dilma e o PT.

     

     

  18. O poder do Estado tem que ser legal…

    O poder do Estado tem que ser legal, mas, flagrante delito apenas declarado pela autoridade, tem gerado repressão, nos moldes da ditadura, e neste caso segundo vídeos e testemunhas parece ilegal. A  corte federal dos E.U.A considerou abusiva a abordagem de políciais que paravam pessoas nas ruas, sendo que a maioria era negra ou estrangeira. Aqui de fato acontece abusos. Vamos testar uma tecnologia igual ao Google Glass para proteger tanto o ser humano policial, ao qualquer outro ser humano, independente de sua função na sociedade, esta tecnologia evitaria o flagrante forjado, o estado tem que trabalhar legalmente. Link das cidades que estão testando está tecnologia:

    http://info.abril.com.br/noticias/tecnologia-pessoal/2014/02/policia-de-nova-york-avalia-uso-do-google-glass-em-patrulhamentos-diz-site.shtml http://www.tecmundo.com.br/google-glass/54902-policia-dubai-usara-google-glass-perseguir-infratores-transito.htm

  19. A repressão sempre foi a mesma!

    ” … Pelo jeito, a repressão que já era presente em 2010 ficou ainda mais absurda com a chegada dos megaeventos. …”

    A repressão não apenas era a mesma como era pior!

    Posso citar vários exemplos: massacre do Carandiru, Massacre de Eldorado dos Carajás, Massacre do Pinheirinho, todas as repressões da marcha da maconha que SEMPRE aconteceram, toda a repressão contra o MST, etc, isso para ficar nos mais recentes.

    A PM nunca foi ‘boazinha’ e muito menos piorou com os grande eventos. Não sei quem escreveu o Post, mas penso que sentou na janelinha para descrever a ação da PM/PC/governo do estado.

  20. Arapuca

    Mas aqui mesmo os petistas de carteirinha e demais esquerdistas sempre defenderam isso, que Black Bloc tem que ir para a cadeia, mesmo quando não eram Black Bloc, mesmo qdo não estavam quebrando nada.

    A PM só estava plantando, junto com a mídia e a maioria não entendeu a armadilha, nem o MPL que deveria ter rechaçadod esde o início o Black Bloc qd começaram o quebra-quebra sem motivo.

    Quem serão os próximos ? 

    MST ? Sindicalistas ? Professores ?

  21. Os abusos cometidos pelo

    Os abusos cometidos pelo Secretário de Segurança Pública de São Paulo não seriam um problema se o Judiciário paulista revogasse as prisões ilegais que ocorreram. Mas o TJSP manteve a prisão dos manifestantes negando-lhes HC. Portanto, no presente momento o TJSP é maior obstáculo ao exercício dos direitos e garantias individuais em São Paulo. 

  22. + comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome