ONG distribui 50 vezes mais cestas básicas do que programa de Michelle Bolsonaro

Ação da Cidadania doou 1,4 milhão de cestas básicas desde início da pandemia; programa da primeira-dama doou 27 mil cestas em 18 meses

Arte: acaopelacidadania.org.br

Jornal GGN – O programa “Pátria Voluntária”, coordenado pela primeira-dama Michelle Bolsonaro, doou menos cestas básicas do que uma única ONG ao longo do período da pandemia.

Nota enviada ao jornal O Estado de S.Paulo diz que o programa federal distribuiu pouco mais de 27 mil cestas básicas e 38,5 mil quilos de alimentos desde sua criação, em julho de 2019.

Quando se fala em verbas públicas, a campanha de Michelle gastou mais com publicidade (R$ 9,3 milhões) do que recebeu em doações (R$ 5,8 milhões) até o momento – o governo Bolsonaro alocou mais dinheiro para promover o programa Pátria Solidária do que para a campanha de combate ao mosquito aedes aegypti, por exemplo.

Como base de comparação, a ONG Ação da Cidadania, fundada pelo sociólogo Herbert de Souza (Betinho), doou 14 milhões de quilos de comida desde o início da pandemia, em março do ano passado, o equivalente a 1,4 milhão de cestas básicas que ajudaram mais de 4 milhões de famílias. Ou seja: em pouco mais de um ano, a ONG fundada por Betinho distribuiu 50 vezes mais cestas básicas do que o programa da esposa do presidente Jair Bolsonaro em toda sua existência.

Enquanto isso, a Força Sindical anunciou que irá distribuir 15 mil quilos de alimentos neste sábado – mais da metade do que o programa de Michelle Bolsonaro doou em quase dois anos.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora