Partidos guardam dinheiro do fundo partidário para 2022

Balanço de gastos mostra que, até o momento, pouco mais de 5% dos recursos estimados em R$ 1 bilhão foram utilizados

Jornal GGN – Os candidatos que disputaram as eleições municipais neste ano declararam, até o momento, o uso de pouco mais de 5% do Fundo Partidário.

Segundo o jornal Folha de São Paulo, o valor reduzido pode ser explicado pela economia direcionada para as eleições de 2022, quando não só haverá eleição para Presidência da República, como também disputas pela Câmara dos Deputados, um terço do Senado, os governos estaduais e as Assembleias Legislativas.

Por outro lado, todo o Fundo Eleitoral (R$ 2 bilhões em orçamento) deve ser praticamente todo esgotado, uma vez que os partidos são obrigados a restituir as sobras aos cofres públicos.

 

 

Leia Também
Governo Bolsonaro insiste em congelar aposentadoria para pagar Renda Cidadã
Leitoras, leitores e assinantes protestam contra a parcialidade do programa sabatina Folha/UOL
A destruição da economia dos países não é um acaso, por Rogério Maestri
J.P. Cuenca x o demônio da censura evangélica judicializada, por Fábio de Oliveira Ribeiro

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Manchetes dos jornais da Europa

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome