Paulo Coelho explica a celeuma de Frankfurt

 
Acabo de falar com Fernando Morais via skype. Ele disse que iria escrever comentando (no blog 247)  que Brasil nao me dá atenção que merece.
 
Comentei que isso não apenas era uma bobagem, como ele estaria avalizando o que foi dito acima, mentira atrás de mentira.
Portanto, copio aqui o email enviado ao Fernando logo após ler a noticia. Observações entre [] nao estao no email, apenas esclarecem o teor
 
From: Paulo Coelho
Date: Sun, 06 Oct 2013 18:37:29 +0200
To: Fernando Morais
 
Que interessante link , Fernando.
Agora espero sinceramente que voce e/ou Zé  faça um post ali (não um comentário, porque ninguem le comentário ali) contando em detalhes nossa conversa de segunda-feira
a] que a Marta te procurou duas vezes na segunda. Já havia te procurado antes [quereudo falar comigo], tenho email dela que voce me repassou [ e eu disse que não tinha o menor interesse em conversar a este respeito]
b] que o objetivo do seu telefonema era dizer que eu teria meu auditório de mil lugares, que ela tinha conseguido isso
dc] que eu demonstrei nao apenas espanto, mas irritaçao. EU NUNCA pedi isso, tinha um auditorio de 600 lugares na Feira, e um auditorio de 2.000 lugares no Maritm Frankfurt
d] enviei um email para voce, como pediu, para que repassasse para Marta. Ali mostrava minha surpresa e indignidade.
 

8 comentários

  1. Se o critério para escolher

    Se o critério para escolher os escritores que vão a feira é literário mostram um total desconhecimento. Não estão atentos aos novos fenômenos literários que vendem milhares de exemplares sem a grande e velha mídia por trás. Alguns traduzidos em outras línguas até. Ficarão surpresos. Eduardo Sphor é um exemplo a ser estudado.

  2. Ad hominem

    O que vi aqui nos artigos anteriores foi apenas uma serie de ataques pessoais ao escritor Paulo Coelho. É o nosso velho conhecido “ad hominem”. Nao vi ninguem defender a lista de autores do Minc, ou o menos criticar a lista de autores de fantasia que o Paulo Coelho apresentou. Apenas ataques pessoais. Mas enfim, sao comentarios na internet. Esperar mas que isso seria inocenca.

  3. Literato?

    Ok, quando a gente escreve com pressa algumas coisas saem eradas (!). Mas tantos erros assim me fazem pensar em quanto trabalho PC deve dar para o editor…

    Kkkkkk “minha supresa e INDIGNIDADE” (?!!!). Caraca, ele só explica, confirma e dá total aval para o fato de não o terem convidado. Horror.

  4. Paulo Coelho é ruinzinho

    Paulo Coelho é ruinzinho mesmo de Português. Não me esqueço, jamais, que lendo Brida fui lgo informada de que o autor trocou as bolas em relação ao tempo. Ou seja, num mesmo período em que personagens se tratavam, que num instante fazia sol, o tempo era lindo, apareceu um tempo cinza, etc. Não foi engano, não; foi mesmo um erro crasso naquela prosa. Eu, que já nada havia visto no Alquimia (se não me engano), desprezei Brida nas primeiras páginas.

    Por fim, queria colocar aqui o que com toda certeza a maioria dos que gostam de ler entende: Paulo Coelho é um fenômeno extraterreno. Acho até que com aquelas andanças dele, de capa e cajado nas terras sagradas do além, alguma transformação real se deu, ao ponto dele detestar leitura, escrever, mas estar hoje até na ABL, e com o povo do mundo cercando-o a pedir-lhe um autógrafo. Não é mole, não a ascenção desse sujeito. Pode até ser que foi e tem sido o espírito de Raul Beleza ajudando lá do céu iluminado onde ele está, se Deus quiser.

    Ah!, quase esquecia de colocar mais uma pimentinha. É que outo dia Paulo Coelho foi entrevistado num compartimento da própria casa dele, próximo a uma estante vazia. Perguntado pelo repórter 9homem ou mulher, não lembro) a razão daquelas prateleiras sem nenhum livro, ele respondeu: “Não gosto de juntar livro. Eu leio e dôo.” Pode?

  5. Quando perguntado o porquê do

    Quando perguntado o porquê do sucesso de Paulo Coelho, também, no exterior (aqui é mole entender!), ele,na bucha respondeu:

    – É porque as traduções são melhores que o original!!

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome