Correção: Paulo Guedes comete erros básicos na apresentação da Previdência, por Luis Nassif

Resolvi debulhar o pacote apresentado pelo governo.

Uma certa falta de clareza no Power Point de apoio à proposta de mudança na Previdência, me levou a uma confusão sobre as tabelas apresentadas. Na verdade, a primeira tabela se referia à alíquota efetiva e a segunda à alíquota progressiva.

Alertado por Guilherme Tinoco, e com a leitura correta (da minha parte), o impacto das novas alíquotas sobre as contribuições fica assim:

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  "Onde está a Justiça?", diz Preta Ferreira, presa há mais de 70 dias sem provas

22 comentários

  1. Oi Nassif, pelo que entendi a primeira tabela é referente a percentuais de alíquotas efetivas alcançadas pela aplicação em cada faixa de salário, por isso, ela seria progressiva com variação de faixa percentual para cada faixa de salário, por exemplo, um salário de R$ 2.000,00 pagaria R$ 165,02 (74,85+90,17), equivalente a 8,25%, valor máximo de alíquota efetiva da segunda faixa de renda.

  2. Oi Nassif

    O cálculo deles está correto. As alíquotas são de 7.5%, 9%, 12%, 14% pro RGPS, e adicionais 14.5%(5839-10000), 16.5%(10000-20000), 19%(20000-390000) e 22%(acima de 39000) para o RPPS.

    O que está mostrado na outra tabela é a alíquota efetiva, isto é a média. Por exemplo, nos 2000 iniciais, terá 7.5%*998 =74.75 mais 9%* 1002=90.17, portanto 164.92 sobre 2000, o que dá na média efetiva 8.25%.

  3. Tanto faz. A ideia é diminuir o tamanho dos cofres públicos e usar os recursos que sobrarem para atendimento às empresas privadas. E vender ao povo duas ideias: quem depende do estado é fraco ( meritocracia) e, ué… “como atender ao povo já que agora o que tem nos cofres públicos é tão pouco? Vocês não disseram que eram modernos, que queriam um estado mínimo? Que ‘governo’ só atrapalha, é um bando de ladrões, não presta um…” etc., etc., etc…

    Claro que para a locupletação de juízes-empresários, políticos-empresários, servidores públicos-empresários e os puramente empresários mesmo, bem… esses continuarão mamando nas tetas do estado.

  4. Essa reforma é um crime contra o povo !! Inaceitável o governo em que votei fazer o mesmo que os governos anteriores !! Altamente decepcionado !!

    • Não sei se tu estás sendo sincero. Se estás, tu querias o que? Os outros governos, como tu te referes, deve ser o temer, o fhc…

  5. Será q eles(bancos) vão passar a mão no dinheiro em caixa do FGTS q financiaria a habitação (o filé dos empréstimos)e q teremos q depositar mais dinheiro do nosso próprio bolso nos bancos?É isso q eu mais queria saber pra ter noção do perigo q esse Bicho é?
    Obs:Com certeza vão fazer algo complexo para facilitar as fraudes(em detrimento do povo) e dificultar a fiscalização!

  6. Reconheço minhas limitações: sou de Letras. Seria possível mais, digamos clareza para os deficientes econômicos, como este mísero linguista,?

    • O objetivo é exatamente este, garantir o pagamento de juros da dívida pública especialmente aos Bancos. Os gastos públicos (educação, saúde, etc) e investimentos já estão limitados pela PEC do teto, agora limita-se a previdência para sobrar mais para o serviço da dívida. Simples.

  7. A Globo trabalhou a foto do bolsonaro no photoshop a fim de deslocar e tornar praticamente imperceptível o Flávio Bolsonaro na foto dos golpistas na apresentação do embrulho previdenciário no Congresso, para desvincular o Bolsonaro do laranjal.
    Ontem, me lembro bem, ficou inclusive registrado, que o Flávio Bolsonaro estava ao lado do Alexandre Frota. Veja que a imagem foi trabalhada, tendo o Flávio sido deslocado, estando quase imperceptível na atual imagem.
    Veja a textura da imagem ao fundo entre o Alexandre Frota e uma Mulher e compare com a textura ao fundo do Alexandre Frota, porém do outro lado. A remoção e o preenchimento da imagem para deslocar o Flavinho, a fim de não atrapalhar o assalto à população, tornou a textura da imagem diferente. Era ali que o Flávio Bolsonaro estava.
    A Globo vai continuar batendo ou vai aliviar para não atrapalhar a aprovação da reforma?

    Acho que ela vai dar uma trégua.

    Milicos estão insatisfeitos com os cabeças de sangue do Prizidente?
    Não sabem cadê o Flávio Laranja Queiroz Bolsonaro?
    Pois tomem essa aí:
    https://g1.globo.com/economia/noticia/2019/02/20/proposta-para-previdencia-preve-idade-minima-e-abrange-setor-publico-e-privado.ghtml
    Tão vendo o Flavinho escondido lá atrás na imagem acessável no link abaixo?
    Cadê o Queiroz?

    Se liga na imagem acessável no link abaixo:
    https://g1.globo.com/politica/noticia/2019/02/20/bolsonaro-chega-ao-congresso-para-entregar-proposta-de-reforma-da-previdencia.ghtml
    Bolsonaro tá com um sorriso forçado, a fim de passar confiança. O sorriso não convence. Maria tenta sorrir, mas a tensão não lhe permite. O Onyx estampa um riso falso e, portanto, amarelo. O Guedes está bastante tenso. Eles não disfarçam a tensão, tal qual assaltantes quando vão assaltar um banco não conseguem ficar tranquilos.
    Tirem a mão do bolso dos aposentados e pensionistas, seus Ratos.

  8. Não acho nescessario a reforma da previdência, mas sim o crescimento da economia, desta forma o percentual da previdência no orçamento será reduzido.
    Mas se não tem jeito porque ao invés de depositar em bancos não utiliza este dinheiro para comprar titulos da divida?

  9. No câmbio do dia o Boçalnato e o Guedes avaliam em 10 milhões, por cada deputado, o custo de uma cadeira de rodas para fazer a reforma andar.

  10. A apresentação do Paulo Guedes taokey. Ele usou de uma pegadinha para dificultar o nosso entendimento. Misturou alíquota “simples”, digamos, com alíquota “efetiva”. Talvez, porque a tabela existente na Previdência em voga esteja em alíquota efetiva. Aí facilitaria a comparação com a proposta. De qualquer forma, uma pegadinha sacana.

    O pior nessa proposta do PG é o “idoso indigente” receber só aos 70 anos 900 reais, valor abaixo do SM. Se o idoso é “indigente”, supostamente deve ter expectativa de vida menor, a chance dele chegar aos 70 é zero. Que elite +escrota vai virar a nossa. Escrota já é. Possivelmente, vai aumentar a população de rua. Possivelmente, mendigos vão bater nos vidros dos nossos carros com +frequência. Não existe compaixão num sistema humano desses. É isso?

    Considerando os rumos do atual mercado de trabalho, poucos chegarão empregados aos 65 anos. Só mesmo aqueles das elites.

    Enquanto isso, não vi os togados e militares nestes planos de reforma da previdência. Cadê a reforma deles pra gente ver como é que fica a nossa? Eles não se dizem defensores do “povo”? Sim. A Constituição é do “povo”!

    Que rumo depressivo nós, brasileiros, estamos tomando. Um rumo asséptico, sem compaixão, muito egoísta. Essa gente das elites é de lascar.

  11. Há um problema recorrente em diversos post do GGN (inclusive no desta página): os comentários mais antigos não podem ler lidos. O “+ comentários” simplesmente não funciona.

    • Já comentei isso em outro post. O problema continua.
      Nessa postagem há um total de 20 comentários, mas somente 8 visíveis. Ao clicar em “+ comentários”, nada acontece.

  12. A classe média eleitora de Bolsanaro é que mas vai ser prejudicada com as reformas da previdência. Se. ACHAM elite e ricos mas a diferença vai pesar no seu ombro burros.

  13. Pelo que havia lido, o imposto na nova previdencia seria ao estilo do imposto de renda. Cada faixa de vslor cobrado um percentual. Procede? Se sim, então não ao teria teto de contribuição e os valores das faixas seriam somados, diferente da planilha que apresentou. É isso mesmo Nassif?

  14. + comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome