Pazuello passa por preparação para CPI da Covid-19

Ex-ministro da Saúde passou o sábado em reunião com assessores do Palácio do Planalto; depoimento está programado para a próxima quarta-feira

Jornal GGN – O ex-ministro da Saúde, general Eduardo Pazuello, passou o sábado no Palácio do Planalto com assessores do governo federal, em evento fora da agenda pública. O encontro teve como objetivo preparar o militar para o depoimento que será prestado na CPI da Covid no Senado Federal, programado para a próxima quarta-feira.

Segundo o jornal O Globo, a preparação é um plano do governo de Jair Bolsonaro para blindar o presidente e defender suas ações na pandemia, uma vez que existe uma preocupação no Planalto sobre o desempenho de Pazuello na CPI.

Os assessores preparam o ex-ministro para que as respostas sejam precisas, que não entre em embate com os senadores da oposição e não se atrapalhe com a pressão dos parlamentares mais experientes.  Tal operação é coordenada pela Casa Civil, sob o comando do general da reserva Luiz Eduardo Ramos, e conta com o apoio do coronel Élcio Franco, ex-secretário executivo do ministério da Saúde e que foi nomeado assessor especial da Casa Civil em 23 de abril.

Desde que deixou o Ministério da Saúde, Pazuello foi transferido para um cargo administrativo em Brasília e está cotado para assumir um posto na Secretaria-Geral da Presidência. O general também foi alvo de ações do Ministério Público Federal e da Polícia Federal pelo colapso de oxigênio em hospitais de Manaus.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora