PGR defende volta de Queiroz para a cadeia

Ex-assessor do senador Flávio Bolsonaro e esposa cumprem prisão domiciliar por ordem do ministro Gilmar Mendes, do STF

Foto: Reprodução

Jornal GGN – A Procuradoria-Geral da República (PGR) defendeu a volta de Fabrício Queiroz, ex-assessor do senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ), e de sua esposa Márcia Aguiar para a cadeia. Ambos cumprem prisão domiciliar por ordem do ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF).

Segundo o jornal Correio Braziliense, a procuradoria defende que os dois podem responder ao processo encarcerados, e que não existe risco à saúde de ambos. O parecer da PGR é assinado por Alcides Martins, subprocurador-geral da República. O caso tramita em sigilo.

Fabrício Queiroz e Márcia Aguiar são acusados de participação em esquema de rachadinha na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj). Flávio Bolsonaro também é alvo de investigação, uma vez que o esquema teria sido montado em seu gabinete durante seu mandato como deputado estadual.

 

Leia Também
Cláudio Castro pode escolher novo procurador-geral de Justiça do Rio de Janeiro
A corrupção da família Bolsonaro, por Henrique Fontana
Ao investigar “rachadinha” de Flávio, MP encontra suspeita em gabinete de Carlos Bolsonaro
Investigações sobre rachadinhas de Flávio Bolsonaro são concluídas

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

1 comentário

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome