PGR defende volta de Queiroz para a cadeia

Ex-assessor do senador Flávio Bolsonaro e esposa cumprem prisão domiciliar por ordem do ministro Gilmar Mendes, do STF

Foto: Reprodução

Jornal GGN – A Procuradoria-Geral da República (PGR) defendeu a volta de Fabrício Queiroz, ex-assessor do senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ), e de sua esposa Márcia Aguiar para a cadeia. Ambos cumprem prisão domiciliar por ordem do ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF).

Segundo o jornal Correio Braziliense, a procuradoria defende que os dois podem responder ao processo encarcerados, e que não existe risco à saúde de ambos. O parecer da PGR é assinado por Alcides Martins, subprocurador-geral da República. O caso tramita em sigilo.

Fabrício Queiroz e Márcia Aguiar são acusados de participação em esquema de rachadinha na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj). Flávio Bolsonaro também é alvo de investigação, uma vez que o esquema teria sido montado em seu gabinete durante seu mandato como deputado estadual.

 

Leia Também
Cláudio Castro pode escolher novo procurador-geral de Justiça do Rio de Janeiro
A corrupção da família Bolsonaro, por Henrique Fontana
Ao investigar “rachadinha” de Flávio, MP encontra suspeita em gabinete de Carlos Bolsonaro
Investigações sobre rachadinhas de Flávio Bolsonaro são concluídas
Redação

1 Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Seja um apoiador