2 comentários

  1. Somos todos carrascos da Natureza

    Se fosse hoje, certamente Quino faria outra tirinha com a Mafalda dizendo que seu amiguinho tinha razão: o calor não é mais um fenômeno sob domínio da Natureza, com o aquecimento global é um fenômeno humano, político e economicamente produzido. Portanto, é também culpa do desgoverno mundial e de todos nós como cidadã/os, por ignorarmos deliberadamente o que a ciência já vem alertando há muito tempo, porque temos a presunção inconsciente de que é papel da Natureza se virar para manter a vida no planeta, então agimos como parasitas preguiçosos que preferimos achar que é um problema Dela e não da nossa maneira disruptiva e irresponsável de sermos hóspedes temporários desse milagre subestimado que é nosso planeta. 

    Você agiria como se recebesse um/a hóspede que produz lixo em grande volume e sequer se dá o trabalho de colocar no local adequado, que não limpa o que suja, desperdiça comida e todos os recursos disponíveis (deixa a luz acesa, aparelhos ligados sem uso, a torneira aberta sem uso. cujas contas milionárias são pagas por você), ignora quando você dá sinais de que o comportamento não é correto, se apropria de tudo que você produz sem repor ou respeitar o tempo de reposição (detona sua despensa, sua conta bancária), vende seus objetos sem lhe pedir permissão ou dar qualquer satisfação, e mais grave se esse comportamento reflete em rachaduras nas paredes e danos nas estruturas que ameaçam a própria construção, incluindo o aumento da temperatura interna e externa da casa, que nem o melhor ventilador ou climatizador é capaz de amenizar, e aliás seu uso aumenta as rachaduras e danos nas edificações de maneira exponencial. Você vê sua casa e sua vida em perigo e vai assistir passivamente? Se coloque por um minuto no lugar que reservamos à Natureza e observe o que sente. Somos hóspedes mal educados e agimos não só como se fôssemos o/as  dono/as da casa mas como se o/as verdadeiro/as dono/as fossem nossos lacaios. Qual a ética desse comportamento? Até quem se diz socialista age como um porco capitalista diante da Natureza. 

     

    Democracy Now! – Extreme Weather Is Exploding Around the World. Why Isn’t the Media Talking About Climate Change? (em tradução livre: “Clima extremo explode ao redor do mundo. Por que a mídia não esstá falando sobre mudança climática?”) [comentário: ao menos o motivo da mídia comercial USamericana evitar o tema é seu vínculo com a “indústria do combustível fóssil”; no Brasil a mídia dita alternativa o faz por orgulho da própria ignorância e visão de mundo limitada, sempre a reboque de tendências internacionais ou das pautas da mídia comercial]

    [video:https://www.youtube.com/watch?v=9dGIV2AE4M8%5D

    https://www.youtube.com/watch?v=9dGIV2AE4M8 

     

    BBC – Should we just give up on climate change? – The Mash Report (em tradução livre: “Deveríamos apenas desistir da mudança climática?”) 

    [video:https://www.youtube.com/watch?v=GN8dLESkzWQ%5D

    https://www.youtube.com/watch?v=GN8dLESkzWQ

     

    The Real News Network – Extreme Heat Could Make One Third of Planet Uninhabitable (em tradução livre: “Calor extremo poderia tornar um terço do planeta inabitável”) 

    [video:https://www.youtube.com/watch?v=Q4DPREMWnBE%5D

    https://www.youtube.com/watch?v=Q4DPREMWnBE

     

    Sampa/SP, 07/12/2018 – 14:55 – alterado às 14:58 e 15:02 (em luto) 

  2. Cristiane minha cara amiga, é fácil transferir para ……..

    Cristiane minha cara amiga, é fácil transferir para os indivíduos uma responsabilidade que é coletiva.

    A forma com que se produz, a forma como que se embala os produtos, a existência propriamente dita de determinados produtos é que se deve questionar.

    Com algumas poucas leis, que obriguem, por exemplo, que se mude as embalagens de biscoitos pode produzir um efeito muito maior do que milhares de campanhas de conscientização que não atingem as pessoas. Vamos especificar mais um pouco. Há embalagens de biscoitos finos que grande parte do seu volume não serve para nada que não dar um aspecto mais “elegante” do produto do que guardar as suas características de alimento.

    Por que são produzidos carros com alto consumo de combustível que simplesmente aumentam a sensação de poder de seus proprietários?

    Há milhares de exemplos, que em nome da “liberdade dos fabricantes” fazerem qualquer coisa que simplesmente não geram nada mais de aparência externa do que qualidade.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome