Pitaco no xadrez da família

     

    Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

    Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

    Assine agora

    10 comentários

    1. Nesse aí, ou “neste aqui”?
      De

      Nesse aí, ou “neste aqui”?

      De que tanto fala esse (aí) sobre tentativa de assassinato?

      Alguém poderia explicar?

      Aliás, por que ele mesmo (aí) não explica?

      Dão medo…

    2. Figurinhas Carimbadas

      Nassif: o problema da oposição é que não entende que “A Bala Tem Sempre Razão”. EliotNessTupiniquim que o diga. Não sei se por um AK47 ou por um AR15, mas que tem gente premiada, isto tem. Jogo de cartas marcadas. Figurinhas carimbadas, com antigos (mas falsos) herois. Ídolos com pés de barro.

      A imunidade das nova quadrilhas que vierem, depois das que forem afastadas, já está garantida pela força do fuzil. 

    3. Pelo que acabei de ler,eles

      Pelo que acabei de ler,eles já estão completamente despinguelados.Não reunem as menores condições,especialmente a psicologicas,para lidar com situações como esta.Vão se desintregar.

    4. *

      Levou um direto no baço e ainda não entendeu que esse xadrez está sendo jogado no centro do ringue. Sentiu o golpe e agora tenta atacar a esmo, golpeando o ar desesperadamente. Tá na hora de um “knock down”, chefia !

    5. taí o motivo do título de uma

      taí o motivo do título de uma materia ligada a esse assunto  – o tal do

      elo…

      perdido!!!!!(aliás,perdidinho!!!) 

    Deixe uma mensagem

    Por favor digite seu comentário
    Por favor digite seu nome