Plínio pergunta a Serra

Mesmas perguntas que fez para Dilma.

Proibir propriedades de 1.000 hectares. Diz que não necessário porque terras já desapropriadas, sobrando terras para distribuir, governo não distribuir. Então porque procurar sarna para coçar?

Jornada de trabalho: muito discutida na Constituinte. É a favor de jornada de trabalho seja definida sindicato por sindicato em cada região e bom debate para ter no Congresso.

Anistia para desmatadores: é contra.

Plínio diz que Serra é pelo latifúndio; quanto à jornada do trabalho, pelo empresário; e não gosta de madeireiro, isto é bom.

Serra diz para Plínio não brincar. No Chile, era considerado latifúndio acima de 80 hectares. Diz que governo vai estocar se tirar terra de quem tem muito.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome