Podcast: Como surgiram as milícias e o que têm a ver com os Bolsonaro

Entrevista com o jornalista Bruno Paes Manso, pesquisador da USP e autor de “A república das milícias: dos esquadrões da morte à era Bolsonaro”

Foto: RAFAELA FELICCIANO/METRÓPOLE

Do Le Monde Diplomatique Brasil

Bianca Pyl e Luís Brasilino entrevistam o jornalista Bruno Paes Manso, doutor em Ciência Política e pesquisador do Núcleo de Estudos da Violência da USP. Ele está lançando pela editora Todavia o livro “A república das milícias: dos esquadrões da morte à era Bolsonaro”, em que conta a história das milícias do Rio de Janeiro e investiga até que ponto o fortalecimento desses grupos ajuda a entender a votação de Jair Bolsonaro em 2018, uma vitória ideológica dos paramilitares. Conversamos sobre as origens da milícia nos grupos de extermínio atuantes na ditadura, a evolução dessas organizações (de justiceiros e achacadores ao controle de território), a falsa oposição entre milícia e tráfico, o impacto da CPI das Milícias no Rio de Janeiro, os assassinatos de Marielle Franco e Anderson Gomes, a trajetória de Adriano da Nóbrega e Fabrício Queiroz e suas relações com a família Bolsonaro e as medidas pró-milícia adotadas pelo governo federal.

Para ouvir o podcast, CLIQUE AQUI.

Links citados no episódio https://diplomatique.org.br/guilhotina-59-daniel-hirata/

Leia também:

https://dev.jornalggn.com.br/noticia/ligacao-de-bolsonaro-com-milicias-e-ideologica-diz-escritor/

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome