GGN

Policiais federais elogiam escolha de Ramagem e Mendonça

Jornal GGN – A Federação Nacional dos Policiais Federais (Fenapef) emitiu nota à imprensa na manhã desta terça (28) elogiando a escolha do ex-presidente da Abin, Alexandre Ramagem [foto], para a diretoria-geral da Polícia Federal, e de André Mendonça, advogado-geral da União, para assumir o lugar de Sergio Moro no Ministério da Justiça. A Federação afirmou que “recebe com tranquilidade” as indicações que saíram hoje no Diário Oficial da União.

Segundo a Federação, Ramagem “é um policial perfeitamente qualificado para o cargo e tem o respeito da categoria. A Fenapef reforça a importância de a Polícia Federal se manter distante de qualquer interferência política e acredita que seguirá com autonomia e independência nas suas investigações.”

“Os mais de 14 mil policiais federais representados pela Federação seguirão vigilantes e reiteram que não vão abrir mão da independência e autonomia investigativa da Polícia Federal”, advertiram.

Na semana passada, Moro abandonou o cargo de ministro depois que Jair Bolsonaro exonerou Maurício Valeixo do comando da PF. O ex-juiz da Lava Jato acusou o presidente de intervir na corporação para colocar pessoas de sua confiança em cargos estratégias. A ideia de Bolsonaro, segundo Moro, é de receber informações privilegiadas. A acusação virou inquérito no Supremo Tribunal Federal.

Para a Federação, “até o momento, não se tem notícia de qualquer interferência nas investigações em andamento, até porque a Polícia Federal detém autonomia investigativa e técnico-científica asseguradas em lei.”

“A Federação Nacional dos Policiais Federais não se furtará à defesa intransigente de todos os policiais federais e da melhoria e independência das investigações no nosso país. A entidade acredita na modernização da Polícia Federal, com porta única de entrada, ciclo completo de polícia e manutenção da autonomia investigativa, sem interferência política na atuação dos policiais federais”, escreveram.

Mendonça e Ramagem tomam posse nesta terça (28).

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

Sair da versão mobile