Políticos já articulam reaproximação entre Paulo Guedes e Rodrigo Maia

Estratégia busca ‘costurar’ uma saída para o programa Renda Cidadã, mas sem que a questão fiscal seja comprometida

O ministro da O ministro da Economia, Paulo Guedes, e o presidente da Câmara, Rodrigo Maia. Foto: José Cruz/Agência Brasil

Jornal GGN – Os políticos começaram a colocar panos quentes na relação do ministro da Economia, Paulo Guedes, com o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ).

Diante da piora da confiança com a economia por conta dos riscos fiscais, a reaproximação busca uma saída para o impasse criado em torno das medidas econômicas e o programa Renda Cidadã, sem que as contas públicas sejam comprometidas.

O encontro entre Maia e Guedes pode ocorrer nesta segunda-feira (05/10) na residência do ministro do Tribunal de Contas da União (TCU), Bruno Dantas. De acordo com o jornal O Estado de São Paulo, a articulação contou com a participação de políticos como os senadores Renan Calheiros (MDB-AL), Kátia Abreu (PP-TO), além do presidente do TCU, José Mucio Monteiro.

A desconfiança entre Maia e Guedes ganhou força recentemente, quando o ministro da Economia acusou o presidente da Câmara de fechar acordo com a esquerda para as propostas de privatizações do governo fossem travadas. Em resposta, Maia disse que Guedes estava “desequilibrado”.

 

 

Leia Também
Qualquer intervenção do governo nos preços dos alimentos será um desastre, afirma Maia
Maia diz à Globo que “encerrou a interlocução” com Paulo Guedes
Debate sobre futuro de Rodrigo Maia ganha força em Brasília
Rodrigo Maia é o grande avalista da futura ditadura bolsonarista

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Posse de Biden: Mourão diz que EUA são 'farol' e Maia pede união no combate ao radicalismo

5 comentários

  1. ora. E acreditar que alguma vez foram separados. Já passou da hora desta turma assumir que são todos do movimento JDB (Juntos Destruiremos o Brasil) e do PNEH (Partido Nacional da Extrema Hipocrisia). Além de fazerem parte da congregação e irmandade ACTN (Abaixo do Céu é Tudo Nosso)

  2. Todos farinha do mesmo saco, o Maia mais seboso, por ser político e o Guedes com aquele ranço viralata americanóide com PhD no golpe chileno, onde o Maia nasceu, aliás!

  3. Dizem que o apelido de Maia num daqueles esquemas de empreiteiras era Botafogo. Mas parece que as investigações estão sumidas.

    No caso do Guedes, dizem que mandaram sustar a operação Greenfield, que deu prejuízos a fundos de pensão.

  4. Alô alô classe média…
    já combinaram de onde tirar o dinheiro que será usado para coroar Bolsonaro como o Messias dos pobres

    conforme comentei na semana passada, acabou-se o que era doce, os 20% de desconto automático na declaração de imposto de renda simplificada

    Elite dominante ficará de fora outra vez, pois não quis abrir mão do seu caviar para ajudar na compra do feijão para os pobres e miseráveis

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome