Procuradora pede desculpas a Lula por mensagens no Telegram: “Errei”

De quebra, Jerusa Viecili confirma teor das mensagens divulgadas pelo Intercept em parceria com outros veículos de comunicação, que Sergio Moro e a força-tarefa insistem em refutar a autenticidade

Jornal GGN – A procuradora da República Jerusa Viecili usou o Twitter na noite desta terça (27) para pedir desculpas publicamente a Lula. Ela trocou mensagens no Telegram com outros membros da força-tarefa da Lava Jato, ironizando a morte do neto do ex-presidente, aos 7 anos, em março de 2019.

No Twitter, ela escreveu: “Errei. E minha consciência me leva a fazer o correto: pedir desculpas à pessoa diretamente afetada, o ex-presidente Lula.”

Internautas elogiaram a postura da procuradora, e ressaltaram que a iniciativa confirma que as mensagens divulgadas no dossiê Intercept são verdadeiras, ao contrário do que afirma a Lava Jato e o ministro Sergio Moro, em defesa própria.

O jurista Marcelo Semer comentou: “Correta postura. Parabéns pelo reconhecimento. De quebra, mais uma confirmação da autenticidade das conversas do Intercept. São inúmeras, aliás, e nenhum desmentido concreto.”

A antropóloga e professa de Direito Débora Diniz também elogiou a procuradora: “Procuradora Jerusa, o pedido de desculpas é honroso. A mim, diz muito que seja uma mulher a dar o passo corajoso para a verdade da história. Com sua palavra, a justiça pode ser revista, quem sabe agora, em respeito à legalidade.”

O Intercept Brasil revelou em conjunto com o UOL, nesta terça (27), mensagens de Telegram em que os procuradores de Curitiba debochavam, ironizavam ou faziam ilações sobre as circunstâncias da morte da ex-primeira-dama Marisa Letícia.

Jerusa apareceu nas conversas em dois momentos. Primeiro, ao compartilhar a notícia da morte do neto de Lula, seguida da mensagem: “Preparem para nova novela ida ao velório.”

Leia também:  Brasileiros em Portugal entre o desemprego e o medo de serem despejados

Depois, quando os procuradores comentavam sobre a ligação que Gilmar Mendes fez ao petista, durante o velório do menino Arthur, e que teria deixado Lula em prantos, Jerusa acrescentou: “Gilmar não dá ponto sem nó”.

Naquele momento, os procuradores cogitaram que o ministro do Supremo Tribunal Federal acenava à esquerda, para conseguir apoio do Congresso na aprovação de leis que contrariam os interesses da Lava Jato.

GGN prepara uma série de vídeos sobre a interferência dos EUA na Lava Jato e a indústria do compliance. Quer se aliar a nós? Acesse: www.catarse.me/LavaJatoLadoB

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

25 comentários

  1. Em nome da construção de um verdadeiro ambiente de paz, devemos aceitar as desculpas da procuradora.

    3
    7
    • Sim. Importantíssimo, vital e inteligente é acatar desculpas, mea culpas,etc.etc. A polarização que resultou em Bolsonaro tem que ser desfeita. Se Lula for inteligente como eu acho que é, ele acolherá publicamente estas desculpas, sem exageros e com a simplicidade que deve ter. É a chance que Lula não teve até então de apaziguar a polarização, de se mostrar sua diferença de Bolsonaro (para os que ainda não enxergaram). Brigar por erros passados, apontar dedos cheios de razão, é o supra sumo da estupidez neste momento, é se apequenar ao nível de Bozo falastrão. Bozo se alimenta do ódio, da divisão, ele não tem nada a oferecer além disso, ele míngua afogado na própria mediocridade sem o “eles X nóis”. Isto não retira a necessidade de uma reflexão profunda de como foi que chegamos à este ponto, o que implica num grau de honestidade para o reconhecimento de responsabilidades (não culpa!) daqueles que, em ambos os lados, até tinham mesmo suas razões. Ter razão sempre foi o passaporte para o ódio. Rebater os ataques, mentiras e arbitrariedade de Bozo & minions com inteligência e firmeza, mas sem ódio, é a única tática que pode ter êxito para a saída do Brasil deste poço.

      5
      5
    • Apesar de não ter se arrependido, o Gabirú $érgio Moro pediu “respeitosas escusas” ao STF por ter publicado as conversas privadas da família do Lula:

      “Diante da controvérsia decorrente do levantamento do sigilo e da r. decisão de V. Exa., compreendo que o entendimento então adotado possa ser considerado incorreto, ou mesmo sendo correto, possa ter trazido polêmicas e constrangimentos desnecessários. Jamais foi a intenção desse julgador, ao proferir a aludida decisão de 16/03, provocar tais efeitos e, por eles, solicito desde logo respeitosas escusas a este Egrégio $Supremo Tribunal Federal”. – $érgio Moro

      “Não me arrependo de forma nenhuma, embora tenha ficado consternado com a celeuma que a divulgação causou”. – $érgio Moro, referindo-se à divulgação das conversas da família do Lula.

      Será que essa Madalena arrependida não pediu desculpas só da boca para fora, tal qual o Hipócrita $érgio Moro?

  2. Quem não errou na vida que atire a primeira pedra. Infeliz é quem esconde e persiste em reincidir no erro. Porém, a quem se honrou de coragem para confessar o arrependimento, se faz digno de receber o compreensivo perdão. Afinal, ao confessar o arrependimento sincero e restabelecer o respeito devido, também está sendo reparado o dano causado as vitimas e a si próprio, fato que engrandece e dignifica ambas as partes.

    2
    4
  3. Como estamos expostos a uma justiça maldosa e anti-popular. Quantos e quantos estão agora, muitas vezes injustamente encarcerados por este sistema, por vezes com sua pena já cumprida. Agora vemos que muitos desta classe, que vive separada em seus condomínios luxuosos não estão bem, não dormem bem ou tem de se drogar para dormir e esquecer um pouco de suas injustiças cometidas.

    10
  4. Está desculpa diz respeito somente ao presidente Lula.
    Quando pedirão desculpas ao país por terem provocado as condições para um golpe de Estado, por terem quebrado as maiores empresas nacionais e desempregado milhões de trabalhadores,jogando o país na pior recessão de sua história?
    Quando irão pedir desculpas ao povo brasileiro por impedir que saissemos deste golpe ,prendendo o presidente Lula que liderava com folga todas as pesquisas de opinião?
    Facínoras! Não pedirão desculpas por tudo isso simplesmente porque se autoacobertam e porque apoiam a destruição de nosso país.
    O lixo da história guardará um lugar,o mais sujo,com certeza, para essa gente.

    12
  5. Não vejo nada honroso no arrependimento tardio dessa sujeita (ninguém liga sacrifício quando ele é o único jeito). A Milícia de Curitiba, vulgo lava jato, ainda há de ser submetida a um “Tribunal de Nuremberg”. Anormais, gente abjeta.

    11
  6. Além de pedir desculpas deveria reconhecer a parcialidade. Se é que está com peso na consciência…
    Coloca pra fora, Jerusa, denuncia logo esse conluio de antipetistas que abusaram da autoridade e perseguiram Lula até arruinar a sua vida. Essas delações armadas que servem para livrar corruptos da cadeia são IMORAIS: Para se livrar da cadeia o corrupto denuncia a própria mãe.
    Ficou claro que vocês dispensaram ao Lula o tratamento que se dá a um inimigo a ser derrotado e, é óbvio que o nome a ser delatado para a aprovação das delações era o nome do Lula.
    Uma coisa é ter simpatia pelo PSDB, outra coisa é perseguir, abusar da autoridade e arruinar a vida de um ex-presidente que tanto fez para o nosso povo.
    Seja MAIS honesta. Vai te fazer bem.

  7. Existem dois tipos de infecções funcionais: as que produzem um resultado (e admitem o arrependimento eficaz, desde que imediato e apto a restabelecer a situação anterior) e as de mera conduta. Seu arrependimento é moralmente louvável. Juridicamente ele deveria ser irrelevante.

  8. Consciência? Esses inumanos, representantes típicos de 90% da classe média brasileira não tem consciência, porque não tem alma. Tenho quase certeza que, de tão degenerados, odeiam os próprios filhos.

    5
    2
  9. Será que os outros lavajateiros não estarão querendo degolar a procuradora neste momento?
    Está é uma confirmação cabal de que os diálogos são verdadeiros e que a lava jato continua mentindo.
    Mas, nem por isto vou deixar de achar que esta procuradora não honra o cargo que tem e, assim como todos os outros lavajateiros, tem de ser demitida, processada, presa, e, quiçá, fuzilada.
    Nunca tive raiva de ninguém na vida nem alimentei sentimentos de raiva contra alguém. Antes da lava jato.
    Entretanto, jamais perdoarei esta gente.
    Este bando de vagabundos destruiu um país que poderia ter futuro. Não podem sair impunes de jeito nenhum.

  10. Desculpas por que?

    Por que vazou a ofensa?

    hahahaha.

    Então tá, sapateio sobre a dor de um preso cuja condenação é ilegal, fico na minha, e quando a imprecação vem a tona eu poso de arrependida.

    E um monte de gente celebra como gesto de humanidade.

    É, o troço tá feio mesmo.

    A gente sabe quando o monstro já dominou tudo é quando ele arranca nossa cabeça, mas pede desculpas por não ter usado guardanapo.

    4
    1
  11. A Prucuradora reconheceu a autenticidade das mensagens publicadas pelo The Intercept e não falou de descontextualização. A sujeita traiu o $érgio Moro e Deltan Dallagmoney.

    1
    1
  12. + comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome