Produção audiovisual brasileira | Programa Brasilianas

Tata Amaral, diretora e fundadora da Tangerina, avalia a importância dos incentivos públicos na produção audiovisual
Especialistas discutem a evolução da produção cinematográfica brasileira e o papel dos incentivos públicos
 
Nesta edição, o Brasilianas recebe Tata Amaral, diretora e fundadora da Tangerina Entretenimento, Luiz Carlos Barreto, um dos principais produtores cinematográficos do país e Manoel Rangel, Presidente da Agência Nacional do Cinema (Ancine). 
 
Eles debatem, em três blocos, as características do cinema brasileiro, o período que se segue pós-retomada das produções e os incentivos e captações de recursos para o setor. 
 
A evolução do cinema nacional das últimas décadas não seria possível sem incentivos públicos através de empresas patrocinadoras. Hoje, entretanto, a qualidade da produção tem permitido que muitas produtoras caminhem com as próprias pernas. O investimento em longa-metragem é, inclusive, negócio lucrativo no mercado financeiro, via certificados audiovisuais.
 
https://www.youtube.com/watch?v=EOBR63d1UeQ width:700

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Debate sobre The Intercept destaca o papel do jornalista na defesa do interesse público

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome