Professor cria site de notícias traduzidas da mídia progressista argentina

O professor e tradutor argentino Ramiro Caggiano Blanco tem 53 anos, mora há 20 anos em São Paulo e, desde 2017, mantém um portal na internet com notícias traduzidas para o português veiculadas originalmente pela imprensa progressista da Argentina.

da agência Saiba Mais

Professor cria site de notícias traduzidas da mídia progressista argentina

Por Rafael Duarte

O professor e tradutor argentino Ramiro Caggiano Blanco tem 53 anos, mora há 20 anos em São Paulo e, desde 2017, mantém um portal na internet com notícias traduzidas para o português veiculadas originalmente pela imprensa progressista da Argentina.

O site Argentina Traduzida é alimentado diariamente por Ramiro e pela esposa, a brasileira Yedda Alves de Oliveira Caggiano Blanco, professora de literatura e doutoranda pela USP.

Na descrição do site, se definem como “um grupo de argentinos residentes em Brasil dispostos a trazer notícias de Argentina em português. Não temos finalidade lucrativa e tampouco pretensões jornalísticas: somente aportar nosso grão de areia na construção de uma América Latina unida e pluralmente informada”, diz

A ideia do portal surgiu em 2015, durante uma conversa com um colega de faculdade. Ramiro achava o amigo bem informado até que o camarada passou a elogiar o então candidato à presidência da República Maurício Macri repetindo os clichês e o mesmo discurso utilizando pela mídia hegemônica na Argentina.

Para ele, “Macri representava a esperança do povo sofrido com a ditadura de Cristina Kirchner”.

Leia entrevista completa aqui

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  A crise no Brasil e na Argentina ou das contradições do liberalismo anti-liberal, por Leonardo Avritzer