Programa do Aliança pelo Brasil é “formalização do discurso de ódio”, diz jornalista

"Quando ele precisar regimentar pelo ódio, ele falará como presidente do partido", ponderou Maria Cristina Fernandes, na CBN

Jornal GGN – A jornalista do Valor Econômico e da CBN, Maria Cristina Fernandes, avaliou nesta quinta (21) que o programa lançado pelo Aliança pelo Brasil, novo partido presidido por Jair Bolsonaro, é a “formalização do discurso de ódio” que foi visto durante a campanha eleitoral de 2018.

Segundo a jornalista, o Aliança tem um “manifesto bastante polêmico”. Defende, por exemplo, “livrar” o País de “larápios, espertos, demagogos e traidores que enganam os pobres e ignorantes que eles mesmos mantém, para se fartar.”

Para Maria Cristina, o projeto do partido caminha para segmentar a atuação de Bolsonaro. “Quando ele precisar regimentar pelo ódio, ele falará como presidente do partido”, ponderou.

Apesar de formalizar a radicalização à extrema-direita, Bolsonaro não deverá acentuar isso dentro do governo, acredita a jornalista. Para ela, “na fronteira governamental, o que a gente assiste é uma pressão por moderação.”

Bolsonaro assistiu a fuga do investidor estrangeiro no pré-sal, à maior “fuga cambial em 20 anos”, ao Brasil sendo passado para trás na questão da OCDE.

“Nenhuma dessas notícias será revertida se o presidente esticar ainda mais a corda do extremismo.”

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Os dois extremos que aprovam ou desaprovam o governo Bolsonaro, segundo o Datafolha

4 comentários

  1. Quem diria, a ‘Aliança Renovadora Nacional’ da Ditadura, ressuscitada na ‘Aliança Pelo Brasil’.
    No lugar da ARENA, agora a APELOBRAS.

    3
    1
  2. Por um lado pode ser até boa a criação desse partido de extrema direita pois ficarão mais claras as más intenções de seus integrantes!

    2
    1
  3. APB, sigla para Aliança pelos Bozonaros.
    O presidente honorário deve ser o Brilhante Ustra
    Formalização do regime miliciano, cuja base é miliciana.
    O número do “partido” na verdade uma agremiação nazi-fascista: 38
    Na imagem que ilustra o post, a imagem é de cápsulas deflagradas de 38, dentre elas a que matou o preto com 70 tiros
    A Lei permite esse tipo de apologia ao crime?
    Sabe-se que a Lei não permite a formação de partido nazi-fascista.

  4. A Besta de Apocalipse atual.
    A Bíblia foi escrita há mais de 2000(dois mil), pelo menos, a maioria dos seus livros. Segundo a teologia é sempre um livro atual e assim deve ser interpretada à luz dos fatos contemporâneos. Jesus também transmitia os seus ensinamentos em parábolas, (comparação das mensagens divinas com assuntos do dia a dia da época), há mais de 2000 anos para o seu povo e assim faz, pelo menos, os sacerdotes católicos, atualmente.
    Eu entendo também que a força maior que move o Universo é Deus. Existem seres e espírito do mal, porém, sob o controle do mesmo Deus. Entendo que Deus permite a manifestação do mal para corrigir o seu povo quando estes desviam do caminho do bem. A Bíblia tem muito relatos desses fatos. Ex, No período de carestia os hebreus foram para o Egito onde Josué era Governador, após a morte do faraó tornaram se escravos por mais de 300 anos, depois libertados por Moises; O exilio e escravidão, por mais de 70 anos, do povo judeu na Babilônia.
    Como na antiguidade, conforme narrado na Bíblia, por muitas vezes Deus “castigou” o seu povo, levando ao poder tiranos, ditadores, para oprimi-los quando estes desviaram do caminho do bem. Os antigos judeus sempre atribuíam estas desgraças, conforme narram nos livros bíblicos, ao desvio do caminho do bem, idolatria, etc. Contemporaneamente as ditaduras opressoras ocorridas ao redor do mundo como no século passado na ditadura comunista da União Soviética com Josef Stalin; fascismo na Itália com Benito Mussolini, o nazismo na Alemanha com Adolf Hitler, etc. não se atribui mais, erroneamente a meu ver, ao desvio de conduta religiosa do povo. Sempre há outras explicações “mais objetivas” as quais priorizam para interpretar os acontecimentos.
    Quando o elemento subjetivo é deixado de lado, entendo que origina todas as desgraças. Por ex. Muitos estudos revelam que a doença, principalmente o câncer, antes de se manifestar no organismo, no corpo humano, (elemento objetivo), começa na alma, no espírito, no psíquico, (elemento subjetivo), ou outro nome que se queira dar dependendo da crença de cada um.
    Quando esse mal está saindo do controle, como agora podemos observar pelos valores que o povo cultua, Deus permite que o mal escolha quem irá fazer o papel de tirano para “castigar” o povo. Para ficar com os exemplos mais atuais e por guardar semelhança com as atitudes do Presidente da República e seus seguidores que tem muita semelhança com os “mudus operandi” de Adolfo Hitler e seus admiradores no poder.
    Cenário atual no Brasil: Crise econômica, crise moral e social. O messias escolhido, uma pessoa simples, falando a linguagem do povo, elegendo como responsáveis por todas as mazelas os petistas e comunistas, como também as minorias LGBT, índios, negros, etc.
    Cenário na Alemanha na década de 1920 e 30: Inflação galopante, desemprego, falta de autoridade política, etc. O “messias” lá escolhido foi Adolf Hitler, que com a assessoria do seu ministro de propaganda: Joseph Goebbels, criador da famosa frase: Uma mentira contada 10 vezes torna se verdade, criou-se o mito de lá. (Vejam que há muita semelhança com as fake News e redes sociais da atualidade). Na Alemanha como aqui também foram eleitos, como os responsáveis pelos problemas do país, os Judeus, os comunistas e as minorias como negros e homossexuais e outras raças não germânicas.
    Portanto, o candidato eleito não deve ser o melhor nem o pior e sim o necessário para o aperfeiçoamento religioso, ético e moral do nosso povo.
    Os ensinamentos cristãos não exclui ninguém, logo, quem exclui podemos chamar de anticristo. Jesus, como todos os seus apóstolos acolheram a todos. Todos, segundo o ensinamento de Jesus devem ser acolhidos e Todos deverão ser salvos, como o sol que ilumina e aquece tanto os justos como os injustos. Jesus acolheu, na sua época os gentios e estrangeiros, povos excluídos pelos sumos sacerdotes e grande maioria dos judeus. Logo, tanto Adolf Hitler e Bolsonaro, podem ser considerados anticristo. Bolsonaro e seus seguidores excluem os petistas, comunista e a esquerda de um modo geral, pois ele disse que tem que metralhar todos, como devem ser espancados homossexuais, quilombolas e outros ativistas que reivindicam qualquer direito. Após a eleição do 1º turno ele declarou que vai coibir todo e qualquer ativismo, ou seja, vai punir exemplarmente quaisquer manifestações sociais.
    Agora eleito, continua com o mesmo discurso, tentando se disfarçar de democrata que respeitará a constituição, porém, com a anunciação do seu ministério dá para perceber que quem pagará a conta é a grande maioria, ou seja, os mais pobres. Todos sabem os 10% mais ricos da população detém 80% da renda nacional. O governo com certeza será para estes 10%…
    O Livro do Apocalipse fala exatamente do Anticristo:
    O Livro do Apocalipse de João é um texto de revelações, escrito, cifrado, para a realidade daquela época há 2000 anos. Como muitos estudiosos entenderam e, como nós também devemos entender, a Bíblia é sempre atual, portanto, devemos aplicar também sobre os fatos e acontecimentos atuais.
    A Besta de Apocalipse, o seu número é 666. Vou grifar alguns tópicos e relacionar com fatos e acontecimentos que entendo estar em evidência atualmente:

    Bíblia Católica – Introdução – Capitulo 1, 1-3;
    Obs. O texto da Bíblia em negrito onde quero chamar a atenção, tem mais. Entre parênteses e itálico (…..) são minhas observações, existem outras. Estas observações foram feitas antes das eleições, outubro de 2018, atualizado em 06/11/2018. Agora, 22/11/19, fiz algumas alterações, pois o candidato foi eleito e então já substitui a palavra candidato, uma vez que vai se confirmando…
    1.Revelação de Jesus Cristo, que lhe foi confiada por Deus para manifestar aos seus servos o que deve acontecer em breve. Ele, por sua vez, por intermédio de seu anjo, comunicou ao seu servo João,
    2.o qual atesta, como palavra de Deus, o testemunho de Jesus Cristo e tudo o que viu.
    3.Feliz o leitor e os ouvintes se observarem as coisas nela escritas, porque o tempo está próximo.

    “Apocalipse, 13 1. (13 é o nº do candidato do PT – Fernando Haddad, nome com o qual está sendo conhecido e que, como São João, está avisando, denunciando, alertando, o que está por vir) Vi, então, levantar-se do mar uma Fera (o candidato Bolsonaro era deputado pelo Rio de Janeiro, cidade litorânea), que tinha dez chifres e sete cabeças; (7 cabeças: A dele; dos 3 filhos; do Guro- Olavo de Carvalho; dos seus Apoiadores e dos EUAs), sobre os chifres, dez diademas; e nas suas cabeças, nomes blasfematórios. (ninguém nega seus impropérios…)2.A Fera que eu vi era semelhante a uma pantera: os pés como de urso, e as fauces como de leão. Deu-lhe o Dragão, (O poder vem do povo, a elite enfurecida o apoia incondicionalmente), o seu poder, o seu trono e grande autoridade. 3.Uma das suas cabeças estava como que ferida de morte, mas essa ferida de morte fora curada. (Lembrem-se da facada no candidato. Tem pessoas que pensam com “fígado”, os raivosos que destilam ódios, outros, como se diz popularmente quando falam muitas besteiras, que tem na cabeça o que Rui Barbosa tinha na barriga, então podemos dizer que temos várias cabeças pensantes… , o candidato levou uma facada na barriga…) E todos, pasmados de admiração, seguiram a Fera ( após a facada, podemos dizer que houve a consolidação do apoio da grande maioria) 4.e prostraram-se diante do Dragão, porque dera seu prestígio à Fera, e prostraram-se igualmente diante da Fera, dizendo: Quem é semelhante à Fera e quem poderá lutar com ela? 5.Foi-lhe dada a faculdade de proferir arrogâncias e blasfêmias, e foi-lhe dado o poder de agir por quarenta e dois meses. ( 42 meses = 3 ½, anos ou 1260 dias) 6.Abriu, pois, a boca em blasfêmias contra Deus, para blasfemar o seu nome, (O candidato fala o tempo todo em Deus, porém, suas atitudes diz o contrário, suas atitudes provoca divisão. Quem provoca divisão é o Diabo, que em grego quer dizer divisão) o seu tabernáculo e os habitantes do céu. 7.Foi-lhe dado, também, fazer guerra aos santos e vencê-los. Recebeu autoridade sobre toda tribo, (STF, TSE, PF, Mídia e muitas autoridades civis e políticas, estão prestando apoios incondicionais), e povo, língua e nação, 8.e hão de adorá-la todos os habitantes da terra, cujos nomes não estão escritos desde a origem do mundo no livro da vida do Cordeiro imolado. 9.Quem tiver ouvidos, ouça! 10.Quem procura prender será preso. Quem matar pela espada, pela espada deve ser morto. Esta é a ocasião para a constância e a confiança dos santos! (Portanto, devemos orar muito a partir de agora…)11.Vi, então, outra Fera subir da terra. Tinha dois chifres como um cordeiro, mas falava como um dragão. 12.Ela exercia todo o poder da primeira Fera, sob a vigilância desta, e fez com que a terra e os seus habitantes adorassem a primeira Fera (cuja ferida de morte havia sido curada). 13.Realizou grandes prodígios, de modo que até fez descer fogo do céu sobre a terra, à vista dos homens. 14.Seduziu os habitantes da terra com os prodígios que lhe era dado fazer sob a vigilância da Fera, persuadindo-os a fazer uma imagem da Fera que sobrevivera ao golpe da espada. 15.Foi-lhe dado, também, comunicar espírito à imagem da Fera, de modo que essa imagem se pusesse a falar e fizesse com que fosse morto todo aquele que não se prostrasse diante dela. 16.Conseguiu que todos, pequenos e grandes, ricos e pobres, livres e escravos, tivessem um sinal na mão direita e na fronte, 17.e que ninguém pudesse comprar ou vender, se não fosse marcado com o nome da Fera, ou o número do seu nome. (Ninguém se atreva a dizer nas redes sociais ou entre grupos familiares e de amigos que não votou no 17 que não gosta do candidato, agora presidente eleito) 18.Eis aqui a sabedoria! (18 – ano de 2018, ano da revelação da Fera) Quem tiver inteligência, calcule o número da Fera, porque é número de um homem, e esse número é seiscentos e sessenta e seis. “666”

    Cálculo do número da Fera que é o número de um homem:
    666- Portanto, a base é 6:
    A=6 ; B=12; C=18; D=24; E=30; F=36; G=42; H=48; I=54; J=60; K=66; L=72; M=78; N=84; O=90;
    P=96; Q=102; R=108; S=114; T=120; U=126; V=132; W=138; X= 144; Y=150 e Z=156.
    Substituindo as letras do nome pelo qual é conhecido pelo número correspondente temos:
    FERNANDO HADDAD = F=36; E=30; R=108; N=84; A=6; N=84; D=24; O=90 / H=48; A=6; D=24; D=24; A=6; D=24 SOMA TOTAL= 594 – Obs. Os algarismos da “soma total do seu número” não contem também o número 6) .
    BOLSONÁRO= B=12; O=90; L=72; S=114; O=90; N=84; A=6; R=108; O=90= 666.
    Outra coincidência:
    O nome do candidato têm 3(três) “Os” – O=90, o 9 invertido é 6, logo – 666…
    O nome MESSIAS indica o salvador, mas também pode estar dissimulando sua verdadeira identidade de anticristo. Não é assim que o anjo do mal também nos apresenta inicialmente para nos ludibriar, nos atrair? Pode ser coincidência, pode. No entanto, olha outra coincidência abaixo e veja no que deu:
    Com o personagem da história recente que o candidato é comparado nas redes sociais…
    ADOLF HITLER = A=6; D=24; O=90; L=72; F=36; / H=48; I=54; T=120; L=72; E=30; R=108= 660.
    Vimos acima que em Apocalipse 13, Deus anuncia a chegada da Besta Fera e Em Apocalipse 17, Deus a revela.
    Por coincidência também vemos que o número do candidato que está fez o alerta do que poderá acontecer é o n º 13 e o número do candidato que está fez todas as estripulias para ganhar as eleições foi o nº 17, querendo passar para a população que os meios justificam os fins. Isto é, vale mentir, espalhar notícias falsas, enganar, fingir de doente para não participar de debates onde pode ser desmascarado, etc. Então vamos ver o que diz Apocalipse 17:
    “Apocalipse, 17 1.Veio, então, um dos sete Anjos que tinham as sete taças e falou comigo: Vem, e eu te mostrarei a condenação da grande meretriz, (Brasília, capital Federal) que se assenta à beira das muitas águas, ( Lago Paranoá) 2.com a qual se contaminaram os reis da terra. (O Congresso Nacional, o STF, etc.) Ela inebriou os habitantes da terra com o vinho da sua luxúria. 3.Transportou-me, então, em espírito ao deserto. Eu vi uma mulher assentada em cima de uma fera escarlate, cheia de nomes blasfematórios, com sete cabeças e dez chifres. 4.A mulher estava vestida de púrpura e escarlate, adornada de ouro, pedras preciosas e pérolas. Tinha na mão uma taça de ouro, cheia de abominação e de imundície de sua prostituição. 5.Na sua fronte estava escrito um nome simbólico: Babilônia, a Grande, a mãe da prostituição e das abominações da terra. 6.Vi que a mulher estava ébria do sangue dos santos e do sangue dos mártires de Jesus; e esta visão encheu-me de espanto. 7.Mas o anjo me disse: Por que te admiras? Eu mesmo te vou dizer o simbolismo da mulher e da Fera de sete cabeças e dez chifres que a carrega. 8.A Fera que tu viste era, mas já não é; ela deve subir do abismo, mas irá à perdição. Admirar-se-ão os habitantes da terra, cujos nomes não estão escritos no livro da vida, desde o começo do mundo, vendo reaparecer a Fera que era e já não é mais. 9.Aqui se requer uma inteligência penetrante. (Vejam como é atual estas colocações e quem conhece os “meandros do poder” poderá encontrar outras “coincidências”…)As sete cabeças são sete montanhas sobre as quais se assenta a mulher. 10.São também sete reis: cinco já caíram, um subsiste, o outro ainda não veio; e quando vier, deve permanecer pouco tempo. 11.Quanto à Fera que era e já não é, ela mesma é um oitavo (rei). Todavia, é um dos sete e caminha para a perdição. 12.Os dez chifres que viste são dez reis que ainda não receberam o reino, mas que receberão por um momento poder real com a Fera. (O candidato, se eleito pretende transformar os mais de 30 ministérios em pouco mais de 10 e dar poder a maioria de militares) 13.Eles têm o mesmo pensamento: transmitir à Fera a sua força e o seu poder. 14.Combaterão contra o Cordeiro, mas o Cordeiro os vencerá, porque é Senhor dos senhores e Rei dos reis. ( A boa noticia: no final vence o cordeiro, como foi na Roma Antiga, o império foi destruído, na Segunda Guerra a Mundial com Adolf Hitler a Alemanha foi subjugada e pacificada e agora também com o Bolsonáro, o Brasil deve ser pacificado após a sua deposição, mas antes, temos que pagar pelos nossos desvios éticos e, morais, (elemento subjetivo) ou pecado, conforme queiram, porque nós somos responsáveis quando deixamos de seguir integralmente os conselhos do verdadeiro Messias que é Jesus Cristo). Aqueles que estão com ele são os chamados, os escolhidos, os fiéis. 15.O anjo me disse: As águas que viste, à beira das quais a Prostituta se assenta, são povos e multidões, nações e línguas. 16.Os dez chifres que viste, assim como a Fera, odiarão a Prostituta. Hão de despojá-la e desnudá-la. (O candidato pretende governar sem o congresso com a força dos militares) Hão de comer-lhe as carnes e a queimarão ao fogo. 17.Porque Deus lhes incutiu o desejo de executarem os seus desígnios, de concordarem em ceder sua soberania à Fera, até que se cumpram as palavras de Deus. (Olhe o nº 17 recebendo todo o poder) 18.A mulher que viste é a grande cidade, aquela que reina sobre os reis da terra.”
    Apocalipse, 17 – Bíblia Católica Online

    Leia mais em: https://www.bibliacatolica.com.br/biblia-ave-maria/apocalipse/17/

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome