Quatro assessores de Carlos Bolsonaro tem sigilo quebrado

Investigados trabalharam no gabinete no vereador e no gabinete do então deputado Flávio Bolsonaro entre os anos de 2007 e 2018

Foto: Geraldo Magela/Agência Senado

Jornal GGN – Quatro assessores do vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos-RJ) tiveram seus sigilos bancário e fiscal quebrados na investigação de “rachadinha” no gabinete de seu irmão, o senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ).

Segundo informações do jornal Folha de São Paulo, os assessores trabalharam tanto na Câmara Municipal, com Carlos Bolsonaro, como na Assembleia Legislativa, no gabinete de Flávio Bolsonaro, durante o período de quebra de sigilo autorizada pelo juiz Flávio Itabaiana, da 27ª Vara Criminal.

O intervalo de 2007 a 2018 foi estabelecido confirme o tempo em que Fabrício Queiroz, (apontado como operador da “rachadinha”) ficou alocado no gabinete do senador.

Os assessores que são alvo de investigação são a fisiculturista Andrea Siqueira Valle, ex-cunhada do presidente Jair Bolsonaro, Claudionor Gerbatim de Lima, Marcio da Silva Gerbatim (sobrinho e ex-marido da mulher de Queiroz, Marcia Aguiar, atualmente foragida) e Nelson Alves Rabello.

De posse dos dados financeiros dos assessores, os investigadores têm informações sobre a existência ou não da movimentação financeira suspeita no período em que eles estiveram alocados no gabinete de Carlos Bolsonaro. As suspeitas sobre a movimentação financeira no período em que trabalharam na Câmara podem ampliar o escopo da análise sobre o caso de Carlos, atualmente concentrado na existência de funcionários fantasmas.

 

 

Leia Também
Moro diz que Lula e Bolsonaro são populistas “extremos” que “devem ser evitados”
Covid de Jair Bolsonaro abafou depoimento de Flávio no caso Queiroz
Do Banestado à Lava Jato: um dossiê sobre o passado de Sergio Moro

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Marília Arraes é a entrevistada da live das 15h nesta terça (4), na TV GGN

1 comentário

  1. Porra, intriga como.um cara (alias todos) que não faz nada, improdutivo, fofoqueiro e que vive pendurado na cueca do pai, ainda possuí assessores.
    Pra que?

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome