Regina Casé e a ditadura do samba carioca da Globo

A cooptção cultural do Brasil
 

 

Ela

Foto: Diário do Centro Mundo

Por Antonio Nelson

A Regina Casé – Programa Esquenta – e as Organizações Globo ficam ditando o samba carioca como base dos ritmos e gêneros musicais no Brasil!

O Esquenta de domingo (8/06) prestou homenagem ao São João e não deixa de jogar guela abaixo o samba caricoa. “O Brasil rico, nos ritmos, neste domingo! É tudo misturado, mas o samba é a base de tudo”, pregou ela numa das chamadas do seu programa. Mas quem está na base de toda versatilidade musical do país é o samba? O que tem a ver a praga do sertanejo com samba? o axé com o samba? e o samba baiano? Não nasci em Salvador, Bahia, nem sou suspeito, mas o samba da Bahia é múltiplo e mais criativo – em termos rítmicos , na minha singela opinião, mas não vem ao caso.

É preciso perceber que Regina Casé não está sozinha. No último sábado à noite (7/06), por exemplo, no programa especial de São João, o jornalista Chico Pinheiro – conhecido como defensor ardoroso das escolas de samba carioca (tudo bem), se deslocou para Pernambuco para fazer o especial dedicado à festa junina, que é uma das manifestações culturais mais fortes do país. Por que um apresentador local, como Francisco José, não foi convocado para mediar essse encontro? Ou outro de um estado nordestino.

Curioso é que ao lado da compositora e cantora Anastácia, o apresentador Pinheiro aproveitou uma conversa entre ele e Chico César para enpurrar a frase: “e ela também canta samba”! Prova o difencial da compositora.

Mas o samba carioca é apenas um dos gêneros musicais no Brasil? Estamos num processo de colonização cultural de um ideário na Rede Globo, onde o samba é pilar de tudo! Portanto, eles estão cooptando tudo que é artista e que precisa da Som Livre para divulgar o seu trabalho. Qual artista tem coragem de dizer não?

 

*Antonio Nelson é jornalista. 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome