Eram 160 camponeses do acampamento José Rodrigues, na Fazenda Prudentina, área rural de Laranjal, município paranaense.

54 famílias plantavam em uma área de 852,9 hectares, considerada improdutiva pelo Instituto de Colonização e Reforma Agrária (INCRA).

De nada adiantou. A Justiça decidiu jogar 54 famílias na rua e devolver a terra a um especulador, que a mantinha improdutiva.

O trabalho foi feito pelo Batalhão de Choque da Polícia Militar.

Aqui, cenas de um Brasil selvagem, fotografias de Leandro Taques:

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Na surdina, Bolsonaro assina decreto que cria máquina de vigilância de brasileiros

3 comentários

  1. Num país minimamente digno e civilizado, a terra teria sido desapropriada, o valor justo pago ao proprietário e as 160 famílias teriam um meio de sustento, não uma esmola, mas um trabalho…. É o tipo de omissão canalha, covarde, perversa, desumana…..

  2. A única possibilidade de correção dos rumos deste país encontra-se detida, de maneira sórdida, por um conjunto de cafajestes. As ruas deste pedaço de chão, conhecido como Brasil, ainda ficarão vermelhas, com o sangue daqueles que negam a humanidade do pobre trabalhador.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome