Republicanos correm para reverter desvantagem de Trump

Nome será confirmado na convenção do partido, mas estrategistas tentam alavancar reeleição em um cenário de pressão e com Joe Biden à frente nas pesquisas

Foto: Reprodução

Jornal GGN – A convenção do Partido Republicano terá início nesta segunda-feira (24/08) e irá confirmar a candidatura de Donald Trump para a disputa da reeleição à presidência dos Estados Unidos.

Segundo o jornal O Estado de São Paulo, tudo indica que Trump será derrotado no voto popular, o que deve levar o presidente a concentrar sua atenção para a base mais radical, tentando garantir a vitória em Estados-chave e obter o maior número de delegados no colégio eleitoral, assim como aconteceu em 2016.

O republicano começará a convenção em desvantagem nas pesquisas, com média de 42% das intenções de voto contra 51% do democrata Joe Biden, considerada uma das maiores da história recente, principalmente contra um presidente em primeiro mandato.

A eleição presidencial também deve ser uma espécie de referendo sobre Trump, que se encontra pressionado pelo discurso polarizado, pela resposta dada à pandemia da covid-19 e à crise econômica.

Embora tenha alto percentual de aprovação dentro do partido republicano, figuras tradicionais do partido estão se afastando de Trump, incluindo senadores que estão perdendo apoio e governadores que evidenciaram suas críticas contra o presidente, como os governadores de Vermont, Phil Scott, e de Maryland, Larry Hogan.

 

Leia Também
Casa Branca tenta distanciar Trump da campanha de Bannon e sua prisão
Steve Bannon é preso por acusação de fraude em campanha
As armas de Trump: construindo inimigos com fake news e teorias conspiratórias, por Renata Oliveira
Convenção democrata traz o sonho de outro New Deal, por EJ Dionne Jr.
Eleições EUA: as propostas-chave de Joe Biden

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora