Retomada da Expansão Ferroviária, do MS, PR, SC e RS !

Amigos do Portal:

Até agora, esta questão tem sido discutida, entre os estados do sul do País e Mato Grosso do Sul. No contexto do CODESUL, Comissão de Desenvolvimento da Região Sul, que é um orgão colegiado dos Governos do PR, SC e RS, ao qual MS aderiu, há uns 6-7 anos atrás, e cuja Presidência é rotativa, entre os respectivos Governadores.. Coincidindo com a adesão de MS, começou a discutir a expansão e a integração da Ferroeste, única ferrovia estatal do País, com os demais estados do Sul e o Paraguai. Esta discussão vem prosperando, com ampla participação dos Legislativos estaduais e já existem leis, em alguns dos estados envolvidos, convertendo-a em Ferrosul., no caso do Paraná e formalizando a participação dos demais, na nova empresa estatal regional. Foi iniciativa do Paraná, no início dos anos ’90, com a construção, em parceria com o Exército Brasileiro, de uma ligação entre Cascavel e Guarapuva. Hoje, os planos no Paraná, são de expandí-la, numa nova ligação com o Porto de Paranaguá, ao mesmo tempo que se discutem opções de integração com projetos dos demais estados, com apoio de setores importantes do Governo Federal. Isto apesar do ‘nosso’ Ministro Paulo Bernardo, ter sinalizado recursos do PAC para a ALL, cuja presença entre nós é absurdamente, estranguladora. Desativação da maioria da malha e exploração predatória dos ramais de maior retorno econômico. O Presidente da agora ex-Ferroeste, Samuel Gomes    https://[email protected]   tem sido presença permanente, em todos os debates, do RS ao MS e essa ‘corrente pelas ferrovias’, vem crescendo de forma impressionante.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora