Russomanno se diz mais maduro, mas tem Bolsonaro como incógnita

Candidato do Republicanos é cobrado por erros em campanhas anteriores, mas apoio do presidente é considerado incerto

Celso Russomanno, candidato do Republicanos à Prefeitura de São Paulo. Foto: Reprodução

Jornal GGN – O candidato do Republicanos à Prefeitura de São Paulo, Celso Russomanno, se diz mais maduro e preparado ao lançar sua terceira campanha municipal consecutiva, embora pressionado pelos aliados por conta de erros nas campanhas anteriores e pela imagem de “cavalo paraguaio”, aquele que sai na frente nas primeiras pesquisas mas perde ao final.

Enquanto se apresenta como um candidato que evoluiu e pregar que conhece São Paulo como ninguém por conta dos anos de reportagem (além de deputado federal, Russomanno é apresentador da TV Record), seus aliados não querem que ele repita falhas como atrasos em compromissos e declarações não combinadas.

“Creio que a experiência das outras eleições, os erros das outras eleições, só podem fazer a gente acertar nesta eleição”, disse em sua convenção, segundo informações do jornal Folha de São Paulo.

O clima entre os aliados é de “agora vai”, em meio a pontos apontados como acertos pelos seus aliados, como a defesa de valores relacionados ao presidente Jair Bolsonaro, como propostas (colégios militares) e valores (Deus, pátria e família). Contudo, a efetiva participação do presidente e o suposto benefício eleitoral são vistos como incógnitas.

 

 

Leia Também
‘Caciques’ políticos atrapalham candidatos à Prefeitura, diz Ibope
Allan dos Santos conversou com assessor de Jair Bolsonaro sobre golpe com militares
“O Dilema das Redes”: Choque, assimilação. Solução?
Refém de mecanismos econômicos liberais, Brasil esvazia estoques de alimentos

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora