‘Se presidente quisesse, teria nomeado Carlos no Palácio do Planalto’, diz Mourão

O vereador e filho do presidente, Carlos Bolsonaro, classificou como "mentira absoluta" a afirmação de Bebianno

Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil

Jornal GGN – “Eu acho que se o presidente quisesse o Carlos no Palácio do Planalto, ele teria nomeado ele lá”, afirmou o vice-presidente da República, Hamilton Mourão, segundo informações do blog de Andreia Sadi, no G1.

Mourão fez a declaração em um contexto de crise no governo Bolsonaro. O vereador e filho do presidente, Carlos Bolsonaro, classificou como “mentira absoluta” a afirmação do ex-presidente nacional do PSL e atual Secretário-Geral da Presidência de que teria conversado com Jair Bolsonaro três vezes na semana passada, enquanto ainda estava internado em São Paulo. 

As conversas, segundo Bebianno, seriam para esclarecer que tudo estava correndo bem dentro do governo e que seu cargo seria mantido, após uma reportagem da Folha de S.Paulo revelando o repasse do PSL de R$ 400 mil de recursos públicos do fundo partidário para a candidata de Maria de Lourdes Paixão, em Pernambuco – o maior valor repassado para um candidato do PSL nas eleições de 2018.

Segundo o jornal, Bebianno autorizou o repasse quatro dias antes das eleições e Lourdes recebeu apenas 274 votos, o que poderia ser caracterizado como uma candidatura “laranja”, ou seja quando a pessoa não tem intenção de concorrer de fato, mas participa do processo com o objetivo de desviar recursos do fundo eleitoral.

A publicação de Carlos de que Bebianno mentiu que teria conversado com o pai foi compartilhada por Jair Bolsonaro na mesma rede social. Neste sábado (16), Bebianno disse para jornalistas que o presidente pretende anunciar sua demissão nesta segunda-feira (18), por meio de uma publicação no Diário Oficial da União. O posto deverá ser ocupado pelo general Floriano Peixoto.

Leia também:  TV GGN: Os desdobramentos da saída de Lula, por Luis Nassif

Ainda, segundo o blog Andreia Sadi, Mourão disse que Bolsonaro vai saber resolver a questão da influência dos filhos no governo. “Acho que o presidente está dando um tempo para organizar isso aí”, disse o vice-presidente a respeito do tema. Na sexta-feira (15), Carlos usou sua conta no Twitter para apoiar uma homenagem a Mourão que será feita pela Câmara de Vereadores do Rio de Janeiro.

Racha no PSL?

A crise com um dos caciques do PSL deve gerar um racha dentro do partido que elegeu Bolsonaro. Segundo informações do Estado de São Paulo, os filhos do presidente estudam migrar para a UDN (União Democrática Nacional), sigla em construção e dirigida por Marcus Alves de Souza. Leia também: Amigo dos Bolsonaro e dirigente da UDN é acusado de praticar rachid

Logo após a imprensa anunciar a decisão de Bolsonaro de afastar Bebianno, o ministro publicou na sua conta no Instagram um texto aleatório, com os seguintes trechos:

“Uma pessoa leal sempre será leal. Já o desleal, coitado, viverá sempre esperando o mundo desabar na sua cabeça”.

Neste final de semana, o colunista do jornal O Globo Lauro Jardim revelou que o ministro culpou o próprio presidente da República por sua saída. “O problema não é o pimpolho, é o Jair”, comentou. Jardim destacou, ainda, que Bebianno se disse perplexo com a decisão de seu afastamento e declarou que não ficará “batendo boca com ninguém”, voltando a negar sua participação no esquema de candidaturas laranjas.

Leia também:  Vídeo: Witzel manda polícia em casa para intimidar Luis Nassif

Em outra coluna, Jardim disse que Carlos teria montando a guerra contra Bebianno. O vereador chegou a colocar o primo “Leo Índio” como espião no Palácio do Planalto. Para Carlos, o ministro é responsável pelo vazamento de informações sobre a família para a imprensa, gerando as reportagens sobre Fabrício Queiroz e Flávio Bolsonaro.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

1 comentário

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome