Secretário da Saúde diz que projétil que atingiu Cid deve ser calibre 40

Em boletim, o hospital informou que o senador do PDT será transferido para o hospital Monte Klinikum, em Fortaleza, nesta quinta-feira (20)

Foto: Reprodução

Jornal GGN – O senador Cid Gomes (PDT) será transferido para o hospital Monte Klinikum, em Fortaleza, nesta quinta-feira (20). Em condições de saúde estáveis, a Secretaria de Saúde do Ceará (Sesa) informou que a bala que atingiu o parlamentar deve ser de calibre 40.

Ainda na noite de ontem (19), o deputado estadual soldado Noelio (PROS), que é líder do motim dos policiais militares, disse que os tiros que atingiram o parlamentar do PDT eram “legítima defesa”, e que a reação do senador “causaria algum tipo de reprimenda”.

“Qualquer pessoa mediana sabe que aquela medida que ele tomou causaria algum tipo de reprimenda, de questionamento por parte de quem estava lá”, disse Noelio no 18º Batalhão de PM, ao jornal O Povo, na manhã desta quinta (20).

Por outro lado, as ações ocorrem em meio aos preparativos para as eleições municipais deste ano. O pré-candidato a prefeito de Fortaleza, Capitão Wagner (Pros), por exemplo, aproveitou o momento para também sair em defesa da ação dos militares como “legítima defesa”.

Segundo o deputado e pré-candidato, o momento estava “propício” para medidas violentas. “As imagens falam por si só. Tinha centenas de pessoas filmando lá, a população teve acesso às imagens do que aconteceu e viu a medida louca de um cara que parece que não tem juízo”, completou o Soldado Noelio.

Também segundo o jornal local, o secretário da Saúde do Ceará, Dr. Cabeto, afirmou que Cid seria transferido ao hospital Monte Klinikum, em Fortaleza, no começo desta manhã.

“Clinicamente, acho que vai ter condição de transferência, porque o quadro clínico é estável. Não tem sinal de sangramento e nenhum órgão foi acometido”, havia dito.

Dois projéteis atingiram Cid, perfurando o pulmão, sem gerar sangramento e também não afetou vasos sanguíneos ou a região do coração. Ao ser acionado após o ocorrido, o secretário enviou um cirurgião cardíaco e torácico ao hospital. Por outro lado, Dr. Cabeto confirmou que o projétil que atingiu o ex-governador deve ser de calibre 40.

“Agora, o que está sendo feito é garantir uma boa hidratação para preservar os órgãos e não ter queda de pressão. Com reposição de oxigênio até o pulmão se expandir completamente. Para garantir que o pulmão se recupere totalmente e acompanhar se o órgão apresentará sangramento”, narrou o secretário ao O Povo Online.

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora