SERRA: CADÊ AS RESPOSTAS

Os debates na Band são – como os outros – muito chatos.

As regras são ininteligíveis.

Prefiro quando o Galvão começa a analisar as chances do Brasil na Copa, o que o José Simão chamava de “Data-Galvão”.

Duvido que o Garrincha entendesse como a coisa funciona.

Mas, o PiG (*) elegeu este o momento da virada.

Depois do “zero a zero” da Eliane Catanhêde, hoje à noite o Serra vai recuperar a dianteira que ele manteve no Globope e no Datafalha desde tempos imemoriais.

O Conversa Afiada defende a tese de que debate não decide eleição.

A literatura americana sobre a matéria é mais extensa do que a obra do Fernando Henrique.

Essa eleição é entre o Lula e o FHC.

Entre a sucessora do Lula e o sucessor do FHC.

Não há debate que reverta isso.

Mas, já que o PiG (*) insiste, o Conversa Afiada resolveu participar do debate da Band e formular algumas perguntas ao candidato José Serra.

Por exemplo:

– Ricardo Sergio de Oliveira foi chefe da parte financeira de qual campanha eleitoral de que o senhor participou ?

– Por que o senhor não deixou o Juiz Wálter Maierovitch seguir com a ação de Flavio Bierrembach que o acusava de ser corrupto ?

– Qual o seu papel na venda do Banespa ?

– Qual o seu papel na venda da Vale a preço de banana ?

– O Ministro Jorge Hage, da Corregedoria da União, apurou que, sob sua responsabilidade, o Ministério da Saúde super-faturava a compra de ambulâncias. Onde foi parar o dinheiro ?

– Quando o senhor foi Ministro da Saúde tinha um serviço de inteligência liderado pelo hoje deputado Marcelo Itagiba. Fazia o que esse serviço ?

– Qual a sua responsabilidade na operação que desmanchou a candidatura de Roseana Sarney à presidência em 2002 ? O Marcelo Itagiba teve nela papel proeminente.

– O senhor é o responsável pelo dossiê contra Paulo Renato de Souza e a mulher de Tasso Jereissati ?

– De quem é a casa em que o senhor mora, já que o senhor não declara possuí-la ?

– Por que o senhor não fechou o Denarc como sugeriu o Abadia ?

– Por que o senhor não acabou com o PCC ?

– Por que o senhor passou cinco minutos e não mais no Jardim Romano enquanto esteve alagado ?

– Por que o senhor só construiu um quilômetro de metrô ?

– Por que o senhor bate em policial e professor ?

– Quais são as suas relações com Daniel Dantas ? O senhor concordou em que sua filha se associasse à irmã de Dantas em Miami ? O senhor contribuiu para que ela fechasse a firma em Miami ?

– O senhor poderia mostrar um diploma que lhe desse o direito de dizer, no Brasil e à Justiça Eleitoral, que é engenheiro e economista ?

Como diria o Zé Simão, “só estou querendo ajudar”.

Paulo Henrique Amorim

(*) Em nenhuma democracia séria do mundo, jornais conservadores, de baixa qualidade técnica e até sensacionalistas, e uma única rede de televisão têm a importância que têm no Brasil. Eles se transformaram num partido político – o PiG, Partido da Imprensa Golpista.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome