Serrano diz que, sem supervisão externa, inquérito sobre hacker não terá credibilidade

O advogado e jurista Pedro Serrano acha que os movimentos atuais de Sérgio Moro são um risco para o que resta de democracia no país.

O advogado e jurista Pedro Serrano acha que os movimentos atuais de Sérgio Moro são um risco para o que resta de democracia no país. Há anos, Serrano vem alertando sobre a possibilidade do sistema de justiça passar a atuar como agente de exceção. Ele tem sido instrumento para suspender direitos de pessoas e setores da sociedade.

Os vazamentos do Intercept trouxeram a pública a comprovação de um tipo de processo penal utilizado como ação política de perseguição ao inimigo, na qual o juiz e o procurador se tornam agentes políticos, deixando de lado as intenções jurídicas.

Por isso mesmo, alerta que essa questão dos hackers, descobertos pela Polícia Federal, deve ser vista com muita cautela. “Parece mas uma nova fraude”, diz Serrano, “assim como foram os processos da Lava Jato, cujas fraudes estão sendo demonstradas pela Vaza Jato. E, agora, provavelmente estão sendo armadas novas fraudes contra quem denunciou as fraudes”.

Serra considera o episódio gravíssimo. Diz ele que a Polícia Federal tem condições de legalidade de tocar os inquéritos, mas não tem legitimidade, a partir do momento em que o seu chefe máximo, o Ministro da Justiça, está diretamente envolvido com os episódios investigados.

– Seria adequado que a OAB, ABI e sindicatos de jornalistas acompanhassem a investigação a convite da própria Polícia Federal. Sem essa prpovidência, qualquer conclusão da PF não poderá ser considerada a sério, porque a priori estará comprometida com um projeto de extrema direita, e seu chefe, o Ministro da Justiça, não pediu afastamento do cargo.

Leia também:  Oposição denuncia Brasil na ONU por torturas no Pará às vésperas da eleição do Conselho de Direitos Humanos

Como ele não se afastou do MJ para essa investigação, a PF não tem independência e isenção para conduzir a investigação.

Serrano considera que, ao se envolver politicamente, inclusive na Lava Jato, a PF se inviabilizou como instituição permanente. Toda a lógia da constituição consistia em proteger o Judiciário e a Polícia com base em sua independência técnica. Á medida que se envolveram com política, inviabilizaram-se como instituições permanentes.

Os democratas terão que repensar essas instituições, assim que ocorrer a volta à normalidade democrática, sob risco de inviabilizar completamente a democracia. Haverá um penoso período de discutir a estrutura dessas carreiras.

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

6 comentários

  1. Essa do Moro não se afastar para que a PF fique mais à vontade para investigar demonstra clarmente que ele nunca se preocupou com preservar pelo menos o essencial

    tratando-se de investigações livres, é um Bolsonaro2 sem ter o que tirar nem pôr

    2
    2
  2. Difícil acreditar que não haverá manipulação nas investigações nesse caso, pois é o próprio lobo quem está a tomar conta dos cordeiros!

    1
    2
  3. Para que? Basta o JN voltar a velha forma, que a ixtória do Narciso de Curitiba vai ser aceita pela imensa maioria, os que o ódio cegou desde 2013.

    1
    1
  4. Desculpe-me , mas risco é um grupo atacar mais de mil pessoas entre promotores , juízes e jornalistas.
    Se o Intercept recebeu o conteúdo de forma legal também precisa de investigação.
    O que não exime o sr Moro de explicações das conversas.

  5. Nestas duas últimas décadas o esporte favorito dos simpatizantes político partidários é a famosa conspiração:
    “O advogado e jurista Pedro Serrano acha que os movimentos atuais de Sérgio Moro são um risco para o que resta de democracia no país.”
    Se todos os países ,noves fora os países do norte ocidental, tivessem uma democracia igual a nossa o mundo seria bem melhor.O país é democrático , o que nos falta é vergonha na cara dos poderosos de todos os naipes políticos e ideológicos.E isto nós nunca vamos ver acontecer.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome