SP adia reabertura de escolas para 7 de outubro, mas libera acolhimento antes

Apesar da nova data, as instituições de ensino que tiverem autorização dos municípios em fase amarela poderão reabrir no dia 8 de setembro

Getty Images

Jornal GGN – O governador de São Paulo, João Doria, mudou nesta sexta (7) o critério de reabertura das escolas na pandemia de coronavírus. Antes, a retomada das aulas só ocorreria em 8 de setembro se todo o Estado estivesse na fase amarela da quarentena durante 28 dias. Agora, a data oficial é 7 de outubro.

Porém, as instituições de ensino que tiverem autorização dos municípios em fase amarela poderão reabrir no dia 8 de setembro para acolher crianças cujos pais precisam trabalhar.

O Estadão desta sexta (7) destaca que a decisão favorece “instituições particulares, que já se declaram prontas para funcionar, e têm feito pressão para a abertura.”

O prefeito da capital, Bruno Covas, não pretende reabrir as escolas em 8 de setembro. Sem planos e condições para uma retomada segura, os prefeitos do Grande ABC já anunciaram que a rede de ensino só volta a funcionar em 2021.

“Estão na fase amarela atualmente as regiões de Araraquara e Baixada Santista, além da capital e sub-regiões Leste, Oeste, Sul e Sudeste da Grande São Paulo, mas uma nova classificação será anunciada nesta sexta-feira por Doria.”

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

3 comentários

  1. Prefiro saber sobre aquele Projeto de Lei, aprovado pela Câmara de São Paulo, que aumenta a porcentagem de professores em regime instável de contratação, de 5% para 20%, bem como libera a “compra” de vagas em instituições privadas.
    É o método Ricardo Salles em ação, no nível municipal.
    E depois, ainda há quem acredite que a aprovação do Fundeb foi uma vitória.
    As pedras continuam rolando
    Veja o caso, caro leitor.
    Significa financiamento privado com dinheiro público, precarização e economia porca.

  2. O ano escolar está perdido. Faria melhor o boneco de plástico se no lugar de ficar dando falsas datas começasse a planejar o ano vindouro com reforço da carga horária para revisão e reforço das matérias devido ao longo período inativo.

  3. Ora, o governador botox e seu menino de recados que atende por prefeito não dizem que está tudo rosa, azul, amarelo, prata, ouro? Na verdade são tão responsaveis quanto o idiota da presidencia…..

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome