STF articula afastamento de Deltan da Lava Jato, após vazamentos do Intercept

Medida pode se dar no âmbito do inquérito das fake news, que tramita no Supremo, com Alexandre de Moraes relator

Jornal GGN – É destaque na Folha desta sexta (2) que ministros do Supremo Tribunal Federal estão articulando medidas que devem resultar no afastamento de Deltan Dallagnol da Operação Lava Jato, em Curitiba.

Na quinta (1/8), a Folha divulgou, em parceria com o Intercept Brasil, mensagens que mostram que Deltan alimentava e tinha conhecimento de investigações que atingiriam o ministro Dias Toffoli e Gilmar Mendes por meio de suas esposas.

Os ministros entenderam que Deltan usou a Lava Jato como instrumento de intimidação.

Segundo o jornal, são dois os caminhos estudados para afastar Deltan: um pela Procuradoria Geral da República, pressionando Raquel Dodge para tirar o procurador do comando da força-tarefa de ofício. Essa hipótese sofre resistência da chefe do Ministério Público Federal.

O segundo meio seria determinar o afastamento no âmbito do inquérito sobre as fake news que tramita no STF, nas mãos de Alexandre de Moraes.

Na noite de quinta, Moraes determinou que as mensagens apreendidas pela Polícia Federal na Operação Spoofing – que prendeu o hacker que Sergio Moro aponta como responsável pelo dossiê Intercept – sejam enviadas ao STF até a próxima semana.

“Diante de notícias veiculadas apontando indícios de investigação ilícita contra ministros desta corte [STF], expeça-se ofício ao juízo da 10ª Vara Federal Criminal de Brasília solicitando cópia integral do inquérito e de todo o material apreendido” , determinou.

Moraes também determinou suspensão de investigação da Receita Federal que atinjam os ministros. Dois servidores foram afastados pelo ministro.

Leia também:  68% querem extensão do auxílio emergencial para 2021, mostra pesquisa

Além de Moraes, o ministro Luiz Fux – que apareceu no dossiê como alinhado à Lava Jato – acolheu ação movida pelo PDT e também requisitou as mensagens da Operação Spoofing.

No caso de Toffoli, há ainda a confirmação de que os procuradores de Curitiba sabiam que o ministro era citado em delação de Léo Pinheiro, da OAS. Mesmo com o candidato a delator dizendo que não havia corrupção na reforma de uma casa de Toffoli, Deltan insistiu que deveria existir investigação para forçar o magistrado a se declarar suspeito para tomar decisões na operação.

A ofensiva de Deltan ocorreu depois que Toffoli despachou pelo menos duas vezes contrariando os interesses da Lava Jato. Em uma delas, impediu Paulo Bernardo, ex-ministro e marido da deputada Gleisi Hoffmann, de ser preso por falta de fundamentação.

Ainda não está claro o vínculo entre o dossiê Intercept e o material do hacker de Araraquara.

 

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

10 comentários

  1. O círculo tá se fechando. Está cada vez mais difícil para os Jatoeiros negar o que salta aos olhos. Certamente, eles vão negar os fatos na cara dura mas contra fatos não existem argumentos: As mulheres do Toffoli e do Gilmar Mendes tiveram seus sigilos fiscais quebrados sem qualquer indício de irregularidade e sem autorização judicial.

    Menininho Dallagnol, cadê seu pai?

    Eu num sabo, não.

  2. Chegou os complexados… aqui vamos nos de novo!

    Antigamente, quando voce tinha provas de vazamentos criminosos voce SOMENTE ***processava*** o culpado. Nao funciona mais por causa das gigantescas putarias do supremo… e as esposas nao sao malucas de tentar a via judicial que seus maridos fuderam mesmo com provas textuais de Dallagnol tramando contra elas e dizendo tambem textualmente que vai “alimentar” a revista Veja.

    E entao o complexo toma conta do sistema mais uma vez pois corregedoria nao existe, exoneracao nao existe, processo nao existe –pe na bunda nem pensar, neh?

    Querem saber de uma coisa? O supremo do Brasil tem TODA razao do mundo pra ter complexo de inferioridade: eles sao documentadamente inferiores.

  3. Quando as ondas do mar de lama da lavabosta bateram nas bundas dos Excelsiores, eles decidiram acabar com os abusos.

    Pimenta nos olhos dos petistas é refresco nos olhos dos Excelsiores do $TF.

  4. Disseram que já vasculharam a vida do Santa Cruz e descobriram que ele fez um contrato de zilhões com o governo da Dilma e que querem que ele prove que prestou os serviços para os quais foi contratado. É verdade?

    A fonte é confiável e é de dentro do sistema. Se cuida, Santa Cruz!

    1
    1
  5. Agora os ministros vão saber se esses hackers presos tem alguma relação com o material do Intercept. Fora isso se vacinam contra qualquer tentativa de extorsão pela lava jato e Moro usando informações extraidas dos hacks dos hackers presos. O que Moro tiver eles tambem terão.

    • Nao, NOS vamos ser manipulados por vazamentos de todo o material pro Antagonista que serao devidamente manipulados e distorcidos.

      E ja vazou pra eles.

      (Aa proposito, o aviso nao eh meu, esta no ultimo video do Eduardo. )

  6. Dallagnol trabalhava seus serviços sujos em conluio com Moro. E, sem dúvida, a paranóia contra Lula, fluia mais no Conge. Por falta da colaboração de Tofoli na punição do marido de Gleise, como vingança, investigaram o Ministro. E fica evidente que a ideia foi dos olhos piscantes. E assim Dallagnol ia formalizando a VINGANÇA PARANÓICA DO CONGE! E aí eu pergunto: Vai sobrar apenas para Dallagnol? Cadeia para os dois!

  7. Por favor, ajamos com razão e lógica, além de ética: o tal stfolóide só se manifesta quando lhes apertam os calos; foi no caso do Amaral, quando a carmencita mandou prender o então senador de hoje pra hoje; foi quando dos feiquenius, quando abriram investigação indevida; agora, quando se depararam com o dallanzóis mandando ver o (agora e até setembro) presidente do suprimo e sua esposa.
    Entonces, raciocinemos: se consideram verdadeiros os petardos telegram contra os ministrecos, por que não consideram verdadeiras as armações criminosamente ilegais e ilegítimas contra o Presidente Lula?
    De novo, só vale pros sovaqueiros de sempre?
    Esse stfolóide dá nojo em lesmas, que este país de merrecas merece…

  8. Parabéns Nassif pelos seus vídeos. Sempre enfocando os bastidores da política nacional com muita lucidez. É inadmissível que a nossa justiça (segmentos dela) tenha criado aberrações como as que estamos presenciando no país nesse episódio da Lava Jato. Continue a publicação para ajudar o povo brasileiro a abrir os olhos e fazer com que conheça melhor os meandros dos poderes da República.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome