Revista GGN

Assine

Temer prepara entrega de reserva gigante de ouro na Amazônia, por Fernando Brito

do Tijolaço

Temer prepara entrega de reserva gigante de ouro na Amazônia

por Fernando Brito

É da maior gravidade a notícia publicada hoje, pelo Valor, de que o Governo Michel Temer se prepara para conceder à iniciativa privada – leia-se, ao capital estrangeiro uma imensa área da Amazônia rica em ouro onde a mineração está proibida há mais de 30 anos.  Diz o jornal que uma portaria publicada na edição de sexta-feira do Diário Oficial da União, o Ministério das Minas e Energia abriu caminho para a extinção da Reserva Nacional de Cobre e Associados (Renca) criada em 1984, ainda na ditadura militar”.

A portaria, diz que “que a extinção da RENCA viabilizará o acesso ao potencial mineral existente na Região e estimulará o desenvolvimento econômico dos Estados envolvidos”, mas, na prática, abre caminho para a devastação de 46 mil quilômetros quadrados de floresta.

Para que você tenha ideia do que isso representa, é quase que a soma de todo o território dos estados de Sergipe e Alagoas, somados.

A área, situada em parte do Pará e em parte no Amapá é praticamente toda coberta de mata e habitada por indígenas.

Relatórios dos anos 80 relataram, além da existência de ouro em grande escala, também importantes reservas de titânio e de fosfato.

O próprio vendilhão da pátria que foi indicado por um deputado do PMDB (com campanha financiada pelas mineradoras) para dirigir o Departamento Nacional de Produção Mineral, Vitor Bicca, diz que as proporções da área em recursos auríferos  são semelhantes às de Carajás.

Passamos anos discutindo o alagamento de 516 km² para que a usina de Belo Monte produzisse energia para toda a coletividade. Agora, ninguém dá uma linha para a potencial destruição de uma área 82 vezes maior para produzir riqueza para algumas grandes empresas.

Tudo vai indo assim, na surdina.

Negócio da China é o Brasil do golpe.

Assine

Média: 4.2 (5 votos)
10 comentários

Comentários

Espaço Colaborativo de Comentários

Opções de exibição de comentários

Escolha o modo de exibição que você preferir e clique em "Salvar configurações".

Área dada na Amazônia

MAIS UM CRIME DE LESA-PÁTRIA! GRAVÍSSIMO!

ABÇS DEMOCRÁTICOS A TODOS!

Seu voto: Nenhum (2 votos)

UM GOLPE POR DIA, 365 DIREITOS PERDIDOS.*

A foto de Você Não Lê na Mídia. Esta publicação traz a síntese desse triste ano. Uma cronologia dos últimos 12 meses com 365 fatos e medidas que implicaram na perda de direitos dos brasileiros é o caminho que optamos por percorrer. A cada mês foi destacado uma política pública e como ela está sendo desmontada. Esse caminho dá a noção de como um projeto sem voto, de desenvolvimento excludente, com visão de Estado mínimo, com práticas autoritárias, de salvaguarda aos interesses do capital nacional e internacional se instala e ganha vigor no Brasil.  https://m.facebook.com/story.php…    11 pessoas, texto   Você Não Lê na Mídia   UM GOLPE POR DIA, 365 DIREITOS PERDIDOS.*  O último ano no Brasil foi marcado pelo verbo perder. Perdemos a estabilidade garantida pela democracia. Os brasileiros se viram paralisados diante de uma avalanche de perdas de direitos. As possibilidades de diálogos da sociedade com o poder Executivo e com o Congresso foram perdidas e desde o dia 12 de maio de 2016, quando se instalou um governo que não foi eleito pelo voto, se inaugurou um período de perda de certezas e garantias.O clima de instabilidade política, econômica e social, com profundos retrocessos na condução de políticas públicas e nos direitos constitucionais assegurados, levou a sociedade a uma posição de alerta. Assim surgiu a plataforma Alerta Social – Qual direito você perdeu hoje? que tem realizado um trabalho sistemático de registro das perdas e ameaças de direitos. Infelizmente, o acervo acumulado é bastante volumoso e consistente, o que denota o profundo grau de mudanças.Esta publicação traz a síntese desse triste ano. Uma cronologia dos últimos 12 meses com 365 fatos e medidas que implicaram na perda de direitos dos brasileiros é o caminho que optamos por percorrer. A cada mês foi destacado uma política pública e como ela está sendo desmontada. Esse caminho dá a noção de como um projeto sem voto, de desenvolvimento excludente, com visão de Estado mínimo, com práticas autoritárias, de salvaguarda aos interesses do capital nacional e internacional se instala e ganha vigor no Brasil.Acesse aqui a publicação UM GOLPE POR DIA, 365 DIREITOS PERDIDOS:http://alertasocial.com.br/…/UM-GOLPE-POR-DIA_365-DIREITOS-…

 

Seu voto: Nenhum

webster franklin

Porto Rico

https://theintercept.com/2017/05/10/a-divida-de-123-bilhoes-de-dolares-d...

O artigo no 'The Intercept', no link acima, descreve um pouco da situação econômica de Porto Rico, tudo com fortíssimas analogias com o Brasil. O colonialismo norteamericano visto como numa curta-metragem, tudo com muita nitidez.

 

Seu voto: Nenhum (2 votos)

Fabian Bosch

imagem de naldo
naldo

Pelo visto, os brasileiros

Pelo visto, os brasileiros gostam muito de serem escravizados,

 

por outro lado, talvez, mereçamos, enquanto em alguns países tem cidadão com vergonha na cara, aqui todos assistimos, bovinamente o noticiario surreal diario sem piscar um olho....... que venham aqueles que dão valor a essa terra, o brasileiro não dá.....

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de Ivan de Union
Ivan de Union

A hora do PT se posicionar e

A hora do PT se posicionar e dizer que vai se reapropriar TUDINHO, inclusive o niobio a preco de banana para a Inglaterra e que ja tem decadas...

A hora eh agora.  Nao mais tarde.

Seu voto: Nenhum (5 votos)

demorô

Passou da hora do PT assumir esse discurso.

De dizer que o governo golpista NÃO tem procuração do povo para vender o Brasil.

Que tudo será reestatizado assim que sair esse governo.

O safado parente está vendendo/doando a refinaria de Passadena. Quem comprar leva um campo do présal de brinde. 

Receptação de bens roubados é crime!!!

Seu voto: Nenhum (2 votos)
imagem de CB
CB

Tenho repetido por aí:

Tenho repetido por aí: desfazer ou alterar reformas em leis é o mais fácil. Difícil será retomar tudo que estão entregando. O brasil está voltando a ser uma colônia dentro do modelo do que é uma colônia no século 21. A independência e soberania são apenas fachadas, o país é mesmo fornecedor de matérias primas minerais, produtos agropecuários e mão de obra barata. O futuro é óbvio: de um lado, um "governo" a reboque da mídia, submisso a interesses estrangeiros e financeiros que precisa da força e da justiça parcial para se manter; de outro, o crime organizado, inclusive narcotráfico; por fim, grupos armados em luta contra o estado. Transformaram nosso país naquilo numa Colômbia dos tempos áureos das FARC ou num México atual. Pobre brasil? O cacete! Tenho pena apenas de pessoas como nós, que não se deixaram enganar e estão aflitas com o que estamos vendo. O resto, os patos, os paneleiros? Quero mais é que se explodam.

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de CB
CB

Ah, sim: o "governo" aflito

Ah, sim: o "governo" aflito com a situação causada pelo narcotráfico, crime organizado e grupos em luta contra o estado vai pedir ajuda aos EUA. Os ianques, tão bonzinhos que são, atenderão ao apelo, inclusive construindo bases e enviando tropas para nosso território. Que nojo deste país!

Seu voto: Nenhum (2 votos)
imagem de Marcelo33
Marcelo33

"As forças armadas estão no

"As forças armadas estão no golpe"

Jura ????

AS forças armadas são putas do pentagono e da CIA. Sempre foram e sempre vão ser.

Não existe nada sobre o que construir esse país...

A propósito, Cadê PIÇOL, REDE, Artistas Globais, Greenpeace, James Cameron para reclamar disso ???

No fim, todos são traidores. O Brasil é um país onde a metade da população é filha da puta e vendeu a outra metade.

 

Seu voto: Nenhum (4 votos)

Êxodo

Se isso acontecer, as forças armadas estão no golpe e já não existe aquilo que acreditei ser um país!

Depois disto soberania, nem pensar...

Há um simulacro de nação, na qual o único objetivo é lucrar em cima de seus habitantes!

 

Seu voto: Nenhum (4 votos)

Nascemos sem trazer nada, morreremos sem nada levar...

E neste intervalo entre nascer e morrer, lutamos pelo que não trouxemos e mais ainda pelo que não levaremos...

 

Comentar

O conteúdo deste campo é privado e não será exibido ao público.
CAPTCHA
Esta questão é para testar se você é um visitante humano e impedir submissões automatizadas por spam.