Terceira guerra mundial

Os americanos anunciaram o envio de mais 2 porta-aviões que se somarão ao que já está rondando as proximidades de Coreia do Norte e China. A presença simultânea de 3 porta-aviões no local consistirá em forte indicativo da iminência de uma guerra. A reconhecida capacidade da Coreia do Norte de revidar os ataques, e a disposição reiterada inúmeras vezes de o fazer transformam a possível agressão no estopim da terceira guerra mundial. China e Rússia, muito provavelmente, sairão em defesa do vizinho, contrapondo-se aos agressores americanos. De fato, essa expectativa faz com que um ataque à Coreia já venha acompanhado de todo o cardápio, consistindo em um ataque preventivo arrasador com o intuito de destruir completamente o inimigo. A perspectiva é tenebrosa.

Guerra mundial, destruição geral, bombas nucleares, bilhões de mortes, destruição de infraestrutura de comunicações, de transportes, de produção. Inverno nuclear. Fome.

A expectativa é a da maior catástrofe de toda a história da humanidade; nenhum local restará incólume.

 

O pesadelo esboçado acima parece irreal. Temos dificuldade em considerar com clareza os fenômenos com os quais não estamos acostumados, tendemos a achá-los improváveis, fantasiosos. Inclinamo-nos a achar que não ocorrerão pelo simples fato de não estarmos habituados a eles. Nossa descrença acerca dessa possibilidade decorre também da desinformação a que estamos expostos e que nos faz viver em um mundinho quimérico e irreal onde as guerras não ocorrem.

 

Bem, nenhum de nós vai querer acreditar na possibilidade de uma guerra mundial devastadora, será uma ocorrência demasiadamente trágica para que possamos aceitá-la. Não vamos querer nem pensar nela, é catastrófica em excesso.

Mas os 3 porta-aviões estarão se concentrando, em breve, nas proximidades da Coreia e da China, qual pode ser o propósito de reunião tão inusitada de tão poderosas frotas?

Os porta-aviões chegarão escoltados, cada um deles, por poderosíssima esquadra de contratorpedeiros, fragatas, submarinos, além de dezenas de caças e bombardeiros. Qual será o propósito de deslocar para a região um armamento tão absurdamente oneroso e destruidor?

Penso que o propósito dessa loucura só pode ser a guerra.

Poderemos esperar a confirmação desse fato? Esperar que as primeiras bombas sejam lançadas para, só então, iniciar campanha contra essa insanidade radical e macabra? Mas, então, milhões de mortes já terão ocorrido, ódios terão sido acirrados, e será difícil abafar os clamores por vingança. Como impedir a generalização do conflito por todo o planeta, em meio à propaganda de guerra e aos gritos de ódio e indignação causados por ataque anterior?

Muito mais sensato, parece ser, nos antecipar às mortes, às dores, aos ódios, e impedir que tal loucura impere. 3 frotas de porta-aviões estão na iminência de se reunir em torno de Coreia e China. Promoverão, certamente, o aumento das provocações e confrontos com os chineses.

 

Desde a construção de bases chinesas no Mar da China, os americanos não têm conseguido impor sua supremacia militar no local, tendo tido suas provocações sistematicamente bloqueadas pelos donos da casa. Os chineses têm se mostrado claramente decididos a defender sua soberania, e enfrentar os americanos, impedindo-os de se compor em suas águas como se estivessem em casa. Agora, reforçados por 3 porta-aviões, devem aumentar as provocações, ampliando as possibilidades de um conflito.

 

Quando os 3 porta-aviões se reunirem, penso que darão um ultimato à Coreia do Norte; uma ordem que não poderá ser cumprida, como a desativação de todos os mísseis e de seu programa nuclear até as 6 Hs da tarde. Temo que o anúncio da guerra venha após um prazo suficientemente exíguo para evitar que as forças pacifistas do mundo inteiro acordem e consigam se mobilizar contra o pesadelo pavoroso. Por essa razão, devemos estar atentos e preparados antes que a tragédia pavorosa tenha sido disparada; a reunião das 3 frotas é ameaçadora o suficiente para denunciarmos o perigo. Essa guerra tenebrosa tem que ser evitada antes do primeiro disparo, assim como uma grande explosão só pode ser evitada apagando-se-lhe o pavio.

Parem a guerra, antes que seja tarde.

Parem a guerra!

 

#terceira guerra mundial, #guerra nuclear, #guerra mundial, #parem a guerra #, pacifismo, #apocalipse, #inverno nuclear, #China, #Coreia do Norte, #Mar da China

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora