Títulos Prefixados pagam taxa de 12,12% ao ano

Conforme os dados disponibilizados na quinta-feira (30) no site do Tesouro Direto, os títulos prefixados para 2025 estão apresentando uma taxa de rendimento de 11,95% ao ano. Investidores conseguem adquirir este título com valor mínimo de R$34,32.

 

Outro título que tem se destacado nesta semana é o Tesouro Prefixado com Juros Semestrais 2029. Este título está pagando 12,12% ao ano e pode ser adquirido com apenas R$36,00.

 

O título prefixado é um tipo de investimento ofertado pelo programa do Tesouro Direto. Muitos investidores o escolhem pois conhecem de antemão quanto vão ganhar na data de vencimento.

 

Neste programa, existem dois tipos de títulos prefixado: o Tesouro Prefixado e o Tesouro Prefixado com Juros Semestrais. Para o investidor que deseja aguardar a data de vencimento para fazer a retirada de todo capital, o primeiro seria adequado. Mas, caso a intenção seja complementar a renda, o Tesouro Prefixado com Juros Semestrais é uma ótima opção, uma vez que pagam juros aos investidores a cada seis meses.

 

Além dos títulos prefixados, são ofertados títulos que são indexados à taxa Selic. O valor deste título possui correção ligada a essa taxa e, caso tenha um aumento no seu valor, influenciará positivamente a rentabilidade do título.

 

Atualmente, a Selic não tem apresentado bons resultados para o Tesouro Direto e nem para os outros investimentos que utilizam esta taxa no cálculo do rendimento. Mas é válido manter-se atentos com o seu futuro.

 

Outro investimento que é influenciado pelo movimento dessa taxa é a poupança. O rendimento da poupança com a Selic à 6,5% é extremamente baixo: apenas 70% disso mais a Taxa Referencial. Então, ao invés do investidor conseguir aumentar o seu dinheiro, ela acaba o perdendo poder de compra.

 

Além desses títulos já apresentados, existe outra opção do Tesouro Direto disponível no mercado: o atrelado à inflação. A rentabilidade deste título é uma mistura do prefixado e do pós-fixado. Isto é, uma parte da rentabilidade é indexada ao IPCA, enquanto a outra parte é estabelecida no momento da compra.

 

Lembre-se: O investidor que deseja utilizar o rendimento da aplicação em um menor tempo, o título Tesouro IPCA com Juros Semestrais é a opção mais adequada. No entanto, se o objetivo for resgatar todo o capital apenas no vencimento, então o Tesouro IPCA é uma boa aposta.

 

É importante destacar que a taxa de compra é garantida se o investidor ficar com o título até a sua data de vencimento. Se o investidor vender o título antecipadamente, então o recebimento do dinheiro vai ser referente ao seu valor do mercado.

 

A compra desses títulos pode ser realizada através de uma instituição financeira ou de corretora de valores habilitada para operar o Tesouro Direto. A abertura de conta em uma corretora de valores é bastante simples e, normalmente, o investidor precisa informar apenas os seus dados pessoais.

 

A corretora de valores é responsável pela abertura de conta no site do Tesouro Direto. Após a inscrição, o investidor recebe por e-mail o login e senha para começar a comprar títulos pela internet.

 

Além do conhecimento sobre os títulos do Tesouro, o investidor também pode contar com ajuda de especialistas. No mercado, existem diversos profissionais que possuem uma vasta bagagem e que podem auxiliar sobre o melhor título, diante do seu objetivo e do seu perfil de investidor.

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome