Trump tenta conter perda de eleitorado no interior dos EUA

Disputando a reeleição, candidato republicano se considera opção à anarquia, enquanto Biden aposta no desalento com o presidente

Foto: Reprodução

Jornal GGN – O republicano Donald Trump insiste em manter o discurso de que os subúrbios norte-americanos serão destruídos caso ele não seja reeleito à presidência dos Estados Unidos.

Segundo o jornal O Estado de São Paulo, o discurso trumpista tem uma direção certa: os eleitores brancos da região do Meio-Oeste, onde a eleição pode ser decidida.

Estados como Arizona e Virgínia contam com uma população mais diversa e mais democrata, enquanto a mudança no Wisconsin é mais lenta – a cidade de Waukesha, na região de Milwaukee, é considerada um pilar da força conservadora do estado e seu eleitorado tem um perfil cada vez mais distante de Trump, de maioria branca, moderada e com alta escolaridade, enquanto a base eleitoral do republicano é o homem branco e de baixa escolaridade.

E a importância dessa região nas eleições pode ser comprovada na última eleição. Trump venceu a disputa em Wisconsin por uma margem apertada, e agora a área é vista como o possível ponto de virada da disputa entre o republicano e o democrata Joe Biden.

Ao mesmo tempo, a tarefa da equipe de Biden não é necessariamente ganhar os votos de um eleitorado tradicionalmente conservador, mas sim ampliar a sua vantagem no comparativo com Trump, apostando no desânimo do eleitorado com o atual presidente.

 

 

Leia Também
Trump acha que ficará melhor à medida que as coisas piorarem, por Timothy Snyder
Colapso da democracia americana torna-se cenário visível, por Flavio Lobo
EUA: A Previdência Social pode chegar a um impasse, por Nancy Altman
Washington Post: Em que país mora Mike Pence?, por Eugene Robinson

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora