Home Editoria Justiça Turma de Dallagnol apoia demissão coletiva de procuradores em protesto contra Dodge

Turma de Dallagnol apoia demissão coletiva de procuradores em protesto contra Dodge

Turma de Dallagnol apoia demissão coletiva de procuradores em protesto contra Dodge
Foto: Agência Brasil

Jornal GGN – Os procuradores liderados por Deltan Dallagnol em Curitiba apoiaram a decisão de 6 colegas que pediram demissão coletiva em protesto contra a procuradora-geral da República Raquel Dodge, na noite de quarta (4).

A demissão se deu possivelmente por “descontentamento” com o fato de Dodge ter enviado uma manifestação ao Supremo Tribunal Federal pedindo a homologação da delação de Leo Pinheiro, da OAS, mas com a exclusão de dois trechos.

Um dos trechos envolve o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e o outro, o ex-prefeito de Marília (SP) José Ticiano Dias Toffoli, irmão do presidente do STF, Dias Toffoli.

Os seis procuradores que compõem o grupo de trabalho da Lava-Jato na PGR são Raquel Branquinho, Maria Clara Noleto, Luana Vargas, Hebert Mesquita, Victor Riccely e Alessandro Oliveira.

“Ao saber do pedido de demissão coletiva do grupo da Lava-Jato na Procuradoria-Geral da República (PGR), os integrantes da força-tarefa de Curitiba cumprimentaram os colegas pela atitude. A decisão contou com o apoio integral dos paranaenses”, escreveu O Globo nesta quinta (5).

Leia a íntegra do comunicado dos procuradores :

“Devido a uma grave incompatibilidade de entendimento dos membros desta equipe com a manifestação enviada pela PGR ao STF na data de ontem (03.09.2019), decidimos solicitar o nosso desligamento do GT Lava Jato e, no caso de Raquel Branquinho, da SFPO. Enviamos o pedido de desligamento da data de hoje. Foi um grande prazer e orgulho servir à Instituição ao longo desse período, desempenhando as atividades que desempenhamos. Obrigada pela parceria de todos vocês. Nosso compromisso será sempre com o Ministério Público e com a sociedade.”

O GGN prepara uma série de vídeos sobre a interferência dos EUA na Operação Lava Jato. Quer apoiar esse projeto? Acesse www.catarse.me/LavaJatoLadoB

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

8 COMMENTS

  1. Deveriam mostrar o quanto corajosos são e pedir demissão definitiva do ministério público… e depois poderiam fazer alguma coisa útil, como auxiliar idosos, rachar uma lenha, fazer alguma faxina…

  2. Pois é, este grupo de curitiba sempre decepcionando. Por que apenas 6 se demitiram? E o resto?
    Vamos lá senhores e senhoras procuradores e procuradoras, força. Sigam seus pares nesta iniciativa que pode significar um alento para nossa combalida democracia caso todos se demitam.
    Em tempo: Maia nao presta, é um canalha é contra o povo, e Tofolli precisa assumir sua posição na corte maior. Mas parece óbvio que a turma de curitiba procurou incrimina-los como represália a atos recentes capitaneados por Maia e Tofolli que acarretaram reveses às pretensões destas “aves do paraiso”.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

GGN
Sair da versão mobile