Uma boa análise sobre a crise do PT no Maranhão,,..,,, o texto é do ótimo Miguel do Rosário

O sacrifício do PT maranhense

Eis um assunto complicado. O PT nacional decidiu intervir no Maranhão em favor da candidatura Roseana Sarney, após o PT local ter decidido apoiar Flavio Dino, do PCdoB. Minha opinião sobre esse tema é que um elemento central, determinante, está sendo esquecido. José Sarney é o presidente do Senado. Com certeza, é o sacrifício mais difícil do PT, e tem, assim como em Minas Gerais, um alto custo político. Entretanto, com todo o respeito pelos maranhenses, estão em jogo aqui interesses muito maiores. Diria até mesmo mundiais. Nessas eleições, que prometem ser resolvidas nos tribunais e no berreiro político, não é seguro desestabilizar a frágil maioria que o governo tem no Senado.

Outro elemento é que o PT selou um acordo oficial com o PMDB. Para o bem e para o mal. O PCdoB também é um aliado, e até muito mais leal e confiável, mas o PMDB é o maior partido do Congresso Nacional. É o maior partido do Brasil. A aliança PT e PMDB não apenas é essencial para a vitória de Dilma Rousseff em outubro, será também importante para manter a famigerada governabilidade.

Para a situação chegar a esse ponto, alguém errou feio por ali.

Um parlamentar tem condições de lutar  pelos métodos tradicionais: discursando na tribuna, publicando artigo em jornais, escrevendo em blogs, dando entrevistas, etc. Tem recursos financeiros, humanos, institucionais e juridicos. Apelar para greve de fome, como fez Domingos Dutra, do PT maranhense, é sinal de incompetência e debilidade. O outro petista, Manoel Conceição, que tem 75 anos, já suspendeu a greve.

Aqui o artigo na íntegra,,,leia mais,,,vale a pena;.,,,contem dados sobre os avanços no Maranhão
http://oleododiabo.blogspot.com/2010/06/o-sacrificio-do-pt-maranhense.html
Meu comentário:

Concordo com o autor da postagem.  Sarney tem muita culpa no cartório, são milhares, milhões de vítimas do poderio do coronel. Uma destas vítimas é Luis Nassif, que não escapou da sanha do oligarca. Amigo, mas cá prá nós, o que Lula poderia fazer, compor com o figura ou defenestrá-lo mesmo se sabendo que ele(Sarney)  é nada mais nada menos do que o presidente do Senado.

A imprensa que demoniza Sarney se esquece de que ACM foi presidente do Senado na Era FHC e, ao contrário do Sarney, não defendeu o MST e nem contribuiu na aprovação de um projeto como o pre-sal.

Por isso não entendo mesmo este pavor contra Sarney. Se há um assunto espinhoso este assunto se chama Sarney. Além de espinhoso, um prato cheio para se arranjar inimigos.

É que seria muito mais cômodo e mais atrativo escrever postagens descendo a lenha em Sarney. No entanto, longe de mim fazer parte desta campanha demonizante contra Sarney.

E estou longe de tal campanha porque não nasci ontem .,,, sei que no Brasil tem todo, em cada um dos Estados, existem coronéis piores do que ele, alguns estão hibernando e poderão voltar a qualquer momento, pois que a estrutura políticos para acomodá-los está aí, a reforma politica não foi nem será aprovada, eles (os congressistas) não vão advogar contra causa própria, não é mesmo.
 Na Era FHC, quando eu ia prá lá,  me dava uma tristeza horrível ao ver nas beiras das crianças perambulando à procura de comida. Hoje quando vou prá lá vejo-as dentro de carros indo para a escl,,digo escola,,,isso é pouco?

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome