Mobilização para fazer ricos pagarem imposto igual ao dos pobres

Uma mobilização para fazer os ricos pagarem imposto igual ao dos pobres

Simplício acordou certa manhã decidido a tirar a limpo a questão do imposto de renda da pessoa física. Por que trabalhador no Brasil paga proporcionalmente mais imposto que capitalista? Para Angeline, com seu peculiar sarcasmo, a explicação é simples: porque quem faz as regras do imposto de renda da pessoa física trabalha a favor do capitalista, ora bolas. “É uma questão de poder”, disse a Simplício. “Quem pode pode, quem não pode se sacode.”

– Mas a maioria da sociedade são trabalhadores, Angeline. Não é possível que num sistema democrático esse tipo de privilégio dos ricos ainda prospere contra o interesse majoritário dos trabalhadores e da classe média.

– Temos na democracia muitos restos da ditadura, ponderou Angeline. Este é um deles. Para se pagar pouco imposto de renda no Brasil só há uma saída: virar rico. E olhe, tudo é feito dentro do figurino. É uma espécie de roubo institucionalizado em relação a quem tem seu imposto descontado na fonte, sem escapatória.

– Esse não tem sequer como sonegar, observou Simplício.

– Ah, se tivesse, a conta da sonegação seria altíssima. Afinal, qual seria o princípio moral que levaraia um trabalhador a pagar integralmente seu imposto de renda quando o patrão está dispensado da maior parte dele? Desgraçadamente para o trabalhador, o desconto na fonte é implacável.

– Não há jeito de mudar isso?

– Claro que há, afirmou Angeline. Se aquela multidão de junho que se juntou nas capitais, principalmente no Rio, tivesse como objetivo mudar as regras do imposto de renda, o Governo não teria alternativa a não ser ceder. Entretanto, um movimento desse tipo seria inteligente demais para ganhar a rua, que na época se tornou o espaço dos inconformados sem foco.

– Ou dos black blocs.

– Estes têm foco: são anarquistas. Querem quebrar tudo e destruir a ordem social. Mas parece que essa estupidez se esgotou por falta de maior adesão social.

– Voltemos ao imposto de renda. A saída são novas manifestações?

– Acredito que sim. Pela via parlamentar é impossível: a Fazenda bloqueia, pois a única desoneração tributária que aceita é a desoneração dos ricos, como tem feito. Só o movimento popular é capaz de levar o imposto dos ricos ao nível dos impostos das classes médias.

Simplício escreveu na agenda vermelha: Se é que é para dar a César o que é de César, que não haja discriminação tributária a favor dos ricos.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

1 comentário

  1. A classe pobre é…

    As classes pobres (B, C, D, E…), são massa de manobra dos ricos no Brasil e no Mundo.

    Única solução é comer pelas beiradas, o governo está fazendo isto, mas deve ter paciência.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome