Usinas nucleares batem recorde de geração em 2012

Responsáveis por 1,55% da capacidade instalada na matriz elétrica brasileira, as usinas nucleares Angra 1 e Angra 2 bateram o recorde de geração de energia em 2012. Ambas plantas produziram 16.040.790,5 megawatts-hora (MWh), o que seria suficiente para suprir, ao mesmo tempo, as cidades de Fortaleza, Belo Horizonte e Porto Alegre durante um ano.

Segundo dados do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), no ano passado, a produção de Angra 1 e Angra 2 representou 3,12% da matriz elétrica brasileira. Particularmente, no que diz respeito ao Rio de Janeiro, a energia nuclear gerou o equivalente a um terço do consumo total de energia elétrica do estado.

No ano passado, Angra 1, individualmente, também bateu recorde de produção. A usina gerou 5.395.561 MWh – valor que supera os 4.654.487 MWh gerados em 2011.

O fator de disponibilidade da usina em 2012 (o tempo em que ela esteve disponível para gerar 100% de sua capacidade) foi de 97,25% – o maior fator anual desde o inicio de sua operação comercial, em 1985.

Angra 1 e Angra 2 têm, juntas, uma capacidade instalada de 2.007 MW. 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  A manipulação religiosa das massas em “O Grande Inquisidor”, por Carlos Russo Jr.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome