Vazamento em obra recém-inaugurada por Bolsonaro deixa 2 mil pessoas desabrigadas

Incidente atingiu Eixo Norte do Projeto de Integração do rio São Francisco e afetou moradores das imediações da Barragem Jati, no Ceará

Foto: ISAC NÓBREGA/PR

Jornal GGN – Uma tubulação se rompeu nesta sexta-feira, 21 de agosto, e gerou um vazamento na obra do Eixo Norte do Projeto de Integração do rio São Francisco, recém inaugurada pelo governo Bolsonaro. Devido ao incidente, pelo menos 2 mil pessoas tiveram de ser evacuadas na madrugada deste sábado, 22 de agosto, nas imediações da Barragem Jati, no município de mesmo nome, na região sul do Ceará. As informações são da Folha de S. Paulo.

Ontem, o Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) chegou a divulgar nota informando que situação no local estava estabilizada “após o fechamento da comporta”, no entanto, durante a noite, moradores há cerca de 2 km da barragem começaram a ser avisados da evacuação por meio de carros de som, profissionais da Defesa Civil e da operadora do reservatório. Segundo a reportagem, os moradores estão sendo levados para hotéis, pousadas e alojamentos da região. 

O Ministério do Desenvolvimento Regional afirmou que a medida é preventiva e segue o Plano de Ação Emergencial do empreendimento. “Apesar de o vazamento já ter sido contido, existe a dificuldade de avaliação técnica da estrutura, por conta da falta de iluminação neste momento”.

O ministro Rogério Marinho disse nas redes sociais que mobilizou as equipes da pasta e da Defesa Civil “para as medidas de avaliação de riscos e assistência às famílias” e que está em Jati neste sábado para acompanhar a situação. 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

5 comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome