Video: um milhão de chilenos nas ruas

Manifestação gigante em Santiago, no Chile

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Favelas do Rio sofrem com falta d’água e população fica mais vulnerável a coronavírus

3 comentários

  1. Estão todos completamente enganados.
    O meu presidente, camarada que sabe das coisas graças ao seu QI próximo de 10, já afirmou que esta confusão no Chile tem origem no fim da ditadura, e o que ocorre não passa de um bando de arruaceiros a cometer atos terroristas. A sociedade chilena, na verdade, deve estar bastante feliz com a Previdência Privada deixada como lembrança pelo saudoso Augusto Pinochet.
    Um milhão de arruaceiros, nunca se viu tantos arruaceiros num mesmo lugar. Não adianta discutir, tem gente que nasceu com o dom da jenialidade.

    1
    1
  2. Os chilenos querem reformas? Querem saúde de graça? Mais subsídios e ajudas estatais? Então, preparem-se para pagar imposto de renda nos salários, já que não pagam atualmente. Preparem-se para o aumento do imposto sobre empresas, que é 20%, o que irá diminuir impostos, aumentar preços de profurtos produtos e serviços, diminuindo arrecadação e empregos.
    Vamos ver se eles conseguem ter o que querem,pagando o preço que essas regalias requerem.

  3. está ruindo o éden do neoliberalismo periférico: um milhão de pessoas tomam las calles de Santiago.

    entre elas caminham bons e velhos companheiros, pois estão novamente abertas as grandes alamedas por onde passa o homem livre para construir uma sociedade melhor.

    mas nas ruas não é possível encontrar Bachelet. assim também cai o mito dos “governos progressistas”, tão ou mais responsáveis quanto a Direita pelo austericídio na América Latina.

    no Brasil, a contra-reforma da previdência é aprovada sem qualquer ato massivo de resistência: a Ex-querda é um cadáver putrefato agarrado aos seus privilégios de gabinetes e verbas parlamentares.

    a legislação arcabouço jurídico da contra-insurgência, legitimando até mesmo os Esquadrões da Morte, vai sendo implementada sob um silêncio sepulcral daqueles que deveriam ser seus maiores opositores.

    sem convocar o povo às ruas, como no Equador e no Chile, o Lulismo prepara festas de aniversário para Lula. tudo sempre com muita Paz e muito Amor.

    os governadores do Nordeste, vendidos ao Golpe de 2016 pelos royalties do pré-sal, agora tem petróleo de sobra em todo seu litoral: bye, bye turismo.

    a institucionalidade no Brasil está podre. sem exceção. como o Chile. como em toda parte.

    numa permanente Contra-Revolução Zumbi, já estamos todos mortos. para ressuscitar é preciso aceitar a própria morte.

    Não há túmulo que oculte
    os frutos da rebeldia.

    Cai um dia em desgraça
    a mais torpe ditadura
    quando os vivos saem à praça
    e os mortos da sepultura
    .

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome