GGN

Wassef diz guardar provas de relação com Bolsonaro

Foto: Reprodução

Jornal GGN – Tudo indica que o advogado Frederick Wassef deve voltar aos holofotes da mídia muito em breve: interlocutores que conversaram com ele acreditam que ele não irá submergir, contrariando os conselhos dados nesse sentido.

Além de não se esquivar, Wassef diz que pretende dar uma entrevista à televisão muito em breve, onde pretende abordar sobre a morte do miliciano Adriano da Nóbrega – assim como Fabrício Queiroz, Nóbrega era um ex-policial e ex-assessor de Flávio Bolsonaro na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro.

Tais interlocutores dizem que Wassef falou com Bolsonaro no dia em que Queiroz foi preso, e que o advogado não só faz questão de mostrar sua proximidade com o presidente como guarda provas de tais ligações. A revelação é do jornalista Lauro Jardim, em sua coluna no jornal O Globo.

 

Leia Também
Corrupção: cuidado para não errar o alvo, por Ricardo Cappelli
Governo Bolsonaro usa verba no combate à pandemia por apoio no Congresso
Caseiro de Wassef controlava rotina de Queiroz, diz empresário
Do Banestado à Lava Jato: um dossiê sobre o passado de Sergio Moro

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

Sair da versão mobile