Os ratinhos ineficientes, por Rogério Maestri

Parece que a cretinice que reina em Brasília vai se espraiando por todos os setores, fazendo listas cretinas com comentários ainda mais cretinos

Os ratinhos ineficientes

por Rogério Maestri

Os serviços de controle social do governo federal vão de vento em popa em direção a um Iceberg! Saiu a lista dos detratores, neutros e contrários as políticas imbecis do governo federal a posição de jornalistas e influenciadores digitais no mês de maio de 2020 sobre economia, o que mostra o relatório de “inteligência” da empresa “BR+ Comunicação – A Comunicação Tranforma O País” (atenção o erro na palavra Tranforma no lugar de Transforma foi retirado da própria pesquisa do Google, que utiliza os dados fornecidos pela empresa, logo além de ratinhos são analfabetos!). Mostra que realmente o país está um caos pois a ineficiência causada pela terceirização do serviço de informações é um verdadeiro espanto.

As partes do relatório publicado pelo jornalista Rubens Valente do UOL mostram quão mal informado é o governo, ou melhor, que a informação é feita por uma empresa terceirizada que deve ter no seu currículo a amizade com um dos 01, 02 ou 03, ou seja, terraplanismo na veia.

Citando os detratores do ministro Paulo Guedes entra junto com o nosso Luis Nassif, figuras como, Vera Magalhães, Guga Chacra e Rachel Sheherazade, e junto com o professor  Jessé Souza entra Marco Antônio Villa e o youtuber Felipe Neto, ou seja, falou qualquer coisa que pareça oposição a política econômica do ministro Paulo Guedes entra na listinha, puxou o saco, entra na lista dos favoráveis.

Se eu fosse o Nassif faria uma carta de repúdio por ser tão maltratado na sua classificação, pois confundir as suas análises especializadas e periódicas com a de jornalistas, que fazem pequenas inserções de desaforo contra a besta quadrada da economia, é resultado do pagamento de fortunas para uma empresa de fundo de quintal que são verdadeiras ratinhos que se escondem no forro de paredes de madeira e não os bons ratões que o Brasil nunca teve (para nossa sorte).

Segundo o colunista do UOL, esse serviço mais outros que devem ter a mesma “qualidade” foi contratado por R$ 2,7 milhões e provavelmente utilizaram alguns estagiários para filtrar o que eles achavam favorável, neutro e contra  gestão de Paulo Guedes e um chefe que deve conhecer economia como eu conheço astrologia depurou as informações e fez uma série de recomendações que são de total inutilidade.

Leia também:  A Razão da Necropolítica: 90% de nós somos dispensáveis, por Rogério Maestri

Parece que a cretinice que reina em Brasília vai se espraiando por todos os setores, fazendo listas cretinas com comentários ainda mais cretinos, ou seja, um show de horrores que não levará esse governo a lugar nenhum.

Quando escrevi em vários Posts que Bolsonaro não tinha capacidade para ser um líder fascista, pois se estivesse na Itália Fascista ou na Alemanha Nazista não conseguiria nem um cargo de carregador de malas dos líderes, não estava brincando. Se olharmos os perfis dos mais famigerados e assassinos dos Einsatzgruppen nazistas tínhamos profissionais de nível superior como juristas, economistas, filólogos, filósofos e historiadores onde muitos tinham doutorado no rígido sistema prussiano, já no lado italiano tínhamos intelectuais do porte do filósofo idealista Giovanni Gentile que realizou uma reforma de ensino que sobreviveu o fascismo por décadas e mais poetas ensaístas e dezenas de outros intelectuais. No atual governo temos um monte de terraplanistas chefiados por um tenente que só passou a capitão na sua reserva que lhe foi oferecida no lugar da expulsão do exército.

Finalmente o atual governo pode ser derrubado não pelo que está fazendo, mas sim pela incapacidade de fazer até maldades.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome