#Vazajato: Os Raquis de APAPAKYAPA, por Arnobio Rocha

Ora, se os diálogos eram falso, se não tinham importância e não demonstrava nada de anormal nas relações do ex-juiz com os procuradores, por que procurar e prender os "raquis", se nada presta? Qual intuito de investigar o NADA?

#Vazajato: Os Raquis de APAPAKYAPA

por Arnobio Rocha

Essa estória dos raquis de Araraquara, que ironia, a terra dos laranjas (será que Quieroz está plantado lá?) é tão mambembe, que é capaz de colar. A mídia engoliu de boa as prisões e trata como assunto “sério”, deram chamada no Jornal Nacional e no Bom Dia Brasil. e manchetes dos jornais.

A narrativa  construída pelo ex-juiz e pelos seus compadres da lavajets, traz em si uma contradição, que a grande mídia não irá explorar, obviamente, é preciso lembrar o que disseram à medida que a #Vazajato foi sendo trazida ao público:

  1. Afirmaram eram falso os diálogos ou não existiram;
  2. Que não eram importantes;
  3. Que não mostravam nada anormal
  4. Depois que era ação de Hackers

Qual é a grande contradição?

Ora, se os diálogos eram falso, se não tinham importância e não demonstrava nada de anormal nas relações do ex-juiz com os procuradores, por que procurar e prender os “raquis”, se nada presta? Qual intuito de investigar o NADA?

Um adendo é que de repente todo mundo no governo está sendo hackeado, uma tentativa de dá forcar à tese dos ex-juiz e de seus compadres da lavajets. Isso lembra o cara que escrevia bobagens em redes sociais e culpa o sobrinho, o filho, o vento…

Vejamos, o governo gasta milhões do dinheiro público por uma farsa? O que mais terá nesse angu? Uma tentativa tosca de desmentir tudo ou tem algo não revelado?

Essa narrativa, entretanto esbarra num grande problema, insolúvel: Se os membros da lavajets foram hackeados, então os diálogos existiram, assim, caí por terra de que eram falsos, a encrenca passará para outra ordem, diante dos diálogos sendo confirmados, com a prisão dos tais hackers, o ex-juiz e seus compadres foram pegos numa conspiração, fraude processual, corrupção e tudo mais?

Leia também:  Xadrez para entender o ato de Toffoli requisitando os dados do COAF, por Luis Nassif

Ou passamos a crer que desde o início, os lavajets eram hackers e estes que conduziram os processos da lavajets? O ex-juiz e os procuradores foram vítimas no processo? Então as condenações são fakes?

Pouco importa a verdade, mas a narrativa dela.

As prisões podem gerar consequências piores, a emenda ficará pior do o soneto. No entanto, com o domínio da mídia, é uma forma de retomar a iniciativa, de desacreditar o tanto quanto revelado.

Ainda que tudo revelado seja verdadeiro, “moralmente” não se sustentaria pelo meio usado para ter de acesso às informações, pois foi via hackers = bandidos, como disse o doce Paulo Guedes hoje na Globo, que era vítima de bandidos.

Esse é o desafio da mídia alternativa, reforçar as denúncias do The Intercept, demonstrar a farsa das prisões e enfrentar o novo duelo de narrativas.

De fundo, o ex-juiz e seus compadres perderam com o episódio, veio à tona o que é a lavajets, com hacker, sem hacker, a cara de bons-moços, noviços e imaculados, caiu, estão mal na fita.

Acompanhemos!

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

9 comentários

  1. Sem falar que o modo de operação do Intercept é o mesmo da delação premiada, mas sem prêmios, apenas como uma lição para os brasileiros de como a lava jato foi armada para uso político

    e ainda não tivemos nenhum vazamento direto sobre isso, mas as reações desesperadas já confirmam

  2. Nassif,
    Este país está sendo conduzido por um bando formado por inúmeros incapazes que passaram a demonstrar, agora diariamente, toda sorte de obscenidades, ontem a venda da BR Distribuidora por valor ridículo, uma das três maiores empresas brasileiras em faturamento ( qual foi o país capaz de fazer algo parecido?); o desatinado a inaugurar um aeroporto sem mencionar o nome do mesmo, Glauber Rocha;esta picaretagem de pegar hackers ao acaso,nada além de bois de piranha, para sacar deles a marca registrada do moro, delação de acordo com o texto necessário; o fulano que se diz ministro a pegar mapas de anos atrás para afirmar que todos o brazucas comem 4 vezes por dia; o imbecil da Educação a destruir completamente a Educação, e mais um sem número de asneiras. E o que sobrará, depois que a banca terminar o serviço ?

  3. O globo, rabo preso com a investigação do tio sam é mentirosa contumaz. o juizeco é desonesto e mentiroso, vide os processos contra o Grande Presidente Lula, portanto duas mentiras ou dois mentirosos não constroem uma verdade, melhor a verdade é que os dois sujeitos são mentirosos.

  4. Coitada de Araraquara uma cidade de gente séria. Conhecida por Morada do Sol, onde o prefixo ara não vem da ave arara. O nome “Araraquara”, em tupi-guarani, é formado por dois radicais: ará – dia/sol e coara – morada. Como o sol era muito forte, há a repetição do ra (como um aumentativo). Um dia a história destes hackers fica mais às claras, pois as sombras não perduram no sol.
    Só é estranho que a turma que se expôs ao ridículo de vestir a camisa da corrupta CBF e ir às ruas para a falsa caça aos corruptos, agora lambe os beiços para que surjam bandeiras para encobrirem os que corrompem o estado e minam o futuro da nação. E nada de chamar a cidade de Araquehacker.

  5. canalhas, canalhas, idem… e o helicoca? e a coca air? quem serão os verdadeiros ‘capos’, os verdadeiros chefões da cocaina made in brazil? que a oposicao se una pois essa mafia que vende a soberania brasileira parece estar atolada no fornecimento da droga das ‘elites’, estas mundiais e precisam todos estes crápulas continuar abastecendo uma cadeia global de fornecimento da coca… politicos mentirosos, corruptos, vendilhoes, nojentos porcos necrochumicos… Revolução Já!!!

  6. Os diálogos podem não ter tanto peso como tantos queriam, mas o fato em si, é sim algo a se considerar! Quando a Wikileaks soltou que os EUA estavam bisbilhotando as babaquices feitas pela presidenta Dilma, todos entraram em choque e queriam uma resposta, a qual não houve, dos Americanos!
    Agora, só porque foi dito que o tal conteúdo, roubado, diga-se de passagem, é de um ministro, ex-juiz, que teve a audácia de colocar atrás das grades grandes nomes da – corrupção – política brasileira, nada pode ser investigado, pode-se deixar para lá!
    Engraçado isso, depois falam de um peso, duas medidas!!

  7. a narrativa da grande mídia golpista
    sempre foi de invenção
    e mentiras.
    já inventam e inventarão um monte de mentiras
    confome seus interesese para engambelar-nos.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome