Partido diz que Bolsonaro representa o atraso e rejeita filiação

Foto: Agência Brasil

Jornal GGN – O PSL-Livres emitiu uma nota nesta quinta (21) desmentindo a notícia de que aceitará a filiação de Jair Bolsonaro. O deputado federal teve encontros com a cúpula da legenda e divulgou a intenção de sair do PSC rumo ao PSL de olho na eleição presidencial de 2018. O PSL, porém, alega que não concorda com as ideias de Bolsonaro e, por isso, rejeita seu pedido de filiação.

Em nota pública, o partido afirmou que “não procedem, de forma alguma, as notícias de que o deputado federal Jair Bolsonaro possa se filiar ao PSL.”

“Em função das evidentes e conhecidas divergências de pensamento, o projeto político de Jair Bolsonaro é absolutamente incompatível com os ideais do Livres e o profundo processo de renovação política com o qual o PSL está inteiramente comprometido”, disparou o partido.

“Bolsonaro representa o autoritarismo e a intolerância tanto na economia quanto nos costumes, sendo a antítese completa das nossas ideias”, acrescentou.

 

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora