Após duas semanas de apagão, Bolsonaro visita Amapá neste sábado (21)

Paulo Guedes afirmou que há “ferramentas e saídas disponíveis” para ajudar o Amapá em decorrência da tragédia energética

Dayane Oliveira/Brasil de Fato

Do jornal O Sul

O presidente Jair Bolsonaro deve visitar o Amapá neste sábado (21), informa o Palácio do Planalto. Após mais de duas semanas de apagão e depois de uma reunião na tarde de quinta-feira (19) com o presidente do Senado, Davi Alcolumbre, Bolsonaro foi convidado a ver de perto a situação no Amapá.

Na reunião entre as presidências do Executivo e do Senado, foram discutidas soluções para a crise energética e seus efeitos sobre a população do Amapá, que vem sofrendo com o apagão. Davi Alcolumbre fez um relato sobre as  dificuldades por que passam os amapaenses.

“A situação do Amapá é dramática e as pessoas estão sofrendo. Expus ao presidente Bolsonaro a urgência de um auxílio extraordinário que possa recompor parte do prejuízo e dos estragos que a população vem amargando”, disse Davi.

No mesmo dia, Davi encontrou-se com o ministro da Economia, Paulo Guedes, que afirmou que há “ferramentas e saídas disponíveis” para ajudar o Amapá em decorrência da tragédia energética.

“A situação do Amapá é de calamidade. O Estado vive uma tragédia, e é preciso uma ação do governo federal para mitigar os prejuízos da população. Há saídas e mecanismos para isso”, afirmou o ministro.

A previsão é de que Bolsonaro saia de Brasília para Macapá às 12h30min, à tarde, por volta das 15h40min faça uma visita à subestação Santana, seguida de visita a uma segunda estação, Santa Rita, e retorne para Brasília às 18h.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Amapá: novo apagão pode ter sido por problema em linha de transmissão

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome