As voltas sem rumo de Roberto Freire

Da Folha

Fusão com PPS não é ‘prioridade’, diz PMN

DE BRASÍLIA

Após serem procurados pelo PPS para discutir uma possível fusão, integrantes da cúpula do PMN dizem que essa alternativa não é uma “prioridade” da legenda.

Uma conversa sobre a fusão ocorreu no sábado passado, em um jantar em São Paulo. Participaram o presidente nacional do PPS, deputado Roberto Freire (SP), o vereador Raul Jungmann (PPS-PE) e a secretária-geral do PMN, Telma Ribeiro.

“Não é prioridade do PMN uma fusão. Todos nós fomos surpreendidos. Desde o início do mês têm saído notícias nesse sentido. É até desagradável porque estão falando do nosso destino sem a gente saber”, disse Ribeiro.

“Não temos conversado sobre isso na bancada”, disse o líder do PMN na Câmara, Dr. Carlos Alberto (RJ). A legenda conta com somente três deputados federais eleitos.

Ribeiro também desconsiderou a possibilidade de o ex-governador José Serra (PSDB-SP) fazer parte da nova legenda: “Não sei o que passa na cabeça dele. Não acredito que ele saia do PSDB”.

Roberto Freire negou ter proposto a fusão. “Não fiz nenhuma proposta. O partido sempre discute a possibilidade de fusão”, disse.

Presente ao jantar, Raul Jungmann, no entanto, confirmou o convite. “Discutimos a possibilidade de fusão. Mas não há uma predisposição do PMN”, afirmou.

Freire disse ver com “naturalidade” o PPS se aproximar de diversos pré-candidatos presidenciais. “Não acho que estamos sem rumo. Temos o rumo que é derrotar esse bloco que está aí no poder”, afirmou Freire.

(ERICH DECAT)

0 Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Seja um apoiador