Atendendo evangélicos, Doria autoriza lei que cria dia para orar pelos políticos

Governador de São Paulo autorizou ainda criação de lei que institui o Dia da Escola Bíblica no Estado e datas comemorativas para duas denominações

João Doria (PSDB), quando prefeito de São Paulo. Foto: Reprodução/Assessoria

Jornal GGN – O governador do Estado de São Paulo, João Doria, autorizou a criação de leis atendendo ao público evangélico, como mostra a edição do Diário Oficial de quarta-feira (31).

A que mais chama atenção foi proposta ainda em 2018, pelos então deputados Chico Sardelli e Reinaldo Alguz, ambos do PV, que é o Dia de Oração pelas Autoridades da Nação, toda a terceira segunda-feira do mês.

“A Bíblia fala que toda autoridade é levantada por Deus, mesmo aquelas que nos fazem perecer. Fala também para orarmos pelas nossas autoridades, para que elas exerçam um governo justo e estratégico, para que promova o bem de todos e a nação prospere”, diz o texto da lei.

“Pedimos que o povo passe a orar e não criticar as autoridades constituídas no estado de São Paulo e por toda a nação Brasileira. Temos observado que a prática da oração e a intercessão pelas pessoas trazem resultados extraordinários, surpreendentes e até milagrosos, para os que creem”, escreveram Sardelli e Alguz.

Além dessa lei, passa também a fazer parte do calendário de datas comemorativas de São Paulo o Dia da Escola Bíblica no Estado, que será comemorado todo ano no terceiro domingo do mês de setembro.

A proposta é de autoria do deputado Gil Lancaster (PSB). Para ele, a homenagem tem caráter “pedagógico, cultural e religioso”, fazendo referências a criação da primeira Escola Bíblia, em 1737, por John Wesley na Inglaterra.

“Faz parte da maioria das igrejas protestantes, sendo essencial na conservação da família e estudo dos preceitos bíblicos”, diz Lancaster no texto da proposta.

Leia também:  Lobby do agrotóxico: subcomissão na Câmara sobre uso de químicos é formada por ruralistas

O governador Doria autorizou ainda a criação de duas datas comemorativas à criação do Dia da Assembleia de Deus Ministério de Madureira e do Dia da Igreja Sara Nossa Terra, que passam a ser celebradas em 15 de novembro e 7 de setembro, respectivamente.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

19 comentários

  1. Bíblia pra cá, bíblia pra lá…
    e também tivemos a do nazismo que provou que a idade mental de qualquer massa fanática é a mesma de uma criança de 8 anos

    orem, pois, mas só para apagar do cérebro os defeitos dos políticos tucanos

  2. Vou orar para o deuses Stercorarius, Crepitus e Cloacina darem prisão de ventre mortal para esses fanáticos filhos da puta que desgovernam o Brasil desde o golpe de 2016 (os manos Doria Jr. e Jair Bolsonaro incluídos).

    11
    1
  3. Segundo o autor do projeto do dia da oração a biblia “Fala também para orarmos pelas nossas autoridades, para que elas exerçam um governo justo e estratégico, para que promova o bem de todos e a nação prospere”, diz o texto da lei.”
    Bozo é um exemplo de autoridade equilibrada que vira e mexe está em alguma seita evangélica recebendo, junto aos “bispos” e “pastores”, inspiração divina para zelar pelas “familias de bem” do brasil.
    Vagabundo não tem mesmo o que fazer com seus mandatos.

  4. Eles vão rezar a oração da propina com o Brunelli enquanto o Dallagnol vai jejuar.

    Se o Estado é laico, como ele representará os Ateus?

  5. O engomadinho que provavelmente passa batom no anus, deve estar competindo com o presidente quadrúpede: Quem é capaz de cometer mais asneiras.

    • Sem a menor dúvida, a competição está atroz: um imbecil débil mental no planalto, outro imbecil débil mental no Palácio dos Bandeirantes, e, conforme o script, os dois puxando o saco dos evangélicos…Deus realmente não pode ser brasileiro, acredito mais é que o Demo é.

  6. Se o Estado é laico e representa toda a Nação, como um ateu se sentirá representado por esse Estado orador?

    Vamos rezar a Oração da Propina que o Brunelli nos ensinou:

    “Pai, queremos te agradecer por estarmos aqui. Sabemos que somos falhos, que somos imperfeitos, mas queremos agradecer aos santos que nos purificam. Olha, nós somos gratos pelo amigo Durval, que tem sido um instrumento de bênção para as nossas vidas e para essa cidade, que o Senhor contemple as questões do seu coração.

    Santas são as investidas, Senhor, de homens malignos contra a vida dele, contra as nossas vidas. Nós precisamos dessa tua cobertura, dessa tua graça, da tua sabedoria. De pessoas que tenham, Senhor, armas para nos ajudar nessa guerra. E, acima de tudo, é o Senhor.

    Todas as armas podem ser falhas, todos os planejamentos podem falhar, todas nossas atividades, mas o Senhor nunca falha. O Senhor tem pessoas para condicionar e levar o coração para onde o Senhor quer. A sentença é o Senhor quem determina, o parecer e o despacho é o Senhor que faz acontecer.

    Nós precisamos de livramento na vida do Durval, dos seus filhos, familiares. Nós precisamos de uma cidade diferente, o Senhor tem uma cidade diferente para nós. Tu tens um novo templo para nós, Senhor. E eu creio, Senhor, na tua palavra. O Senhor é verdade, o Senhor é nossa Justiça. O Senhor é aquele que me abre as portas. Meu Deus, a palavra irá envergonhá-los, serão constituídos em nada aqueles que se levantarem contra nós.

    O Senhor um dia pegou um rei, o rei Nabucodonosor e fez ele pastar, comer capim, para entender que o Senhor prevalece. Meu Deus, nós estamos sendo alvo de petardos. Meu Deus, dá um jeito nessa situação. Tira esses homens do nosso caminho”.

    Bolsonaro que alimentar os Paraíbas com capim. Tá satisfeita, Doriana?

    Enquanto isso, o Dallagnol Palestreiro vai fazer jejuns.

  7. O Anticristo será uma pessoa que surgirá em meio às crises mundiais existentes, de forma que sua aparição surpreenderá o mundo. Seu governo se tornará, em um curto espaço de tempo, num forte governo mundial unificando com sucesso todos os blocos de relações econômicas e políticas existentes no momento. Com a finalidade de trazer a paz, será reconhecido e aceito, e combaterá as crises mundiais implantando um largo sistema de integração financeira: o sistema 666 de compra e venda (Apocalipse 13:16–18). Neste momento, ele se revelará de surpresa *tirano* com o auxílio de um “deus estranho” (Daniel 11:39, Isaías 14:12), exaltará a si próprio como sendo o “Cordeiro de Deus” Jair *MESSIAS* Bolsonaro que tira o pecado do mundo e exigirá ser adorado como Deus, declarando-se então ser o Messias de Israel (Daniel 11:36). Será então que, perseguirá todo aquele que, na Terra, não se curvar a ele para adora-lo como Deus, manifestando-se ser o que a Bíblia chama de “O Filho da Perdição” (2ª Tessalonicenses 2:3), o então Anticristo. Descumprirá o seu tratado mundial de paz e estabelecera então a guerra. Se voltará contra Israel e Jerusalém no lugar do antigo templo, para lá pôr o trono do seu governo mundial (Daniel 11:31).[8]
    Quem era para estar combatendo, se corrompeu. O sistema Religioso Evangélico é uma VERGONHA. Que moral um “religioso GOSPEL” tem “agora” de falar das rezas do catolicismo para Nossa Senhora Aparecida? Tendo em vista que, vocês são da turma que se renderam a dobrar os joelhos e orar para POLITÍCOS? Isso é mais um motivo para provar que 99,99% desse meio, são apenas fachada se escondendo atrás de um “TÍTULO” quem verdadeiramente são. RUINS POR NATUREZA. CAPA não passam apenas de uma FARÇA (FARISEUS).

  8. + comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome