Bolsonaro cancela reunião com presidente de Portugal

Decisão é retaliação ao encontro de Marcelo Rebelo de Sousa com o ex-presidente Lula, programado para o próximo domingo

O presidente da República, Jair Bolsonaro. Foto: Fabio Rodrigues-Pozzebom/ Agência Brasil

O presidente Jair Bolsonaro (PL) decidiu cancelar a reunião que teria na próxima segunda-feira (04/07) com o presidente de Portugal, Marcelo Rebelo de Sousa.

Segundo o jornalista Valdo Cruz, do portal G1, a medida é uma retaliação do pré-candidato à reeleição ao encontro que Rebelo de Sousa terá com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

A reunião entre Lula e o presidente português está programada para este domingo (03/07) no Consulado Geral de Portugal, em São Paulo.

Segundo assessor do presidente Bolsonaro, “tentou-se deixar claro que, se ele (Rebelo de Sousa) se encontrasse com o Lula, Bolsonaro não receberia”.

Rebelo de Sousa chega ao Brasil nesta sexta-feira (01). No sábado (02/07), ele participa da 26ª edição da Bienal Internacional do Livro de São Paulo.

Leia Também

Reduto do PT, Lula e Bolsonaro têm agenda no Nordeste este final de semana

Senado aprova PEC do estado de emergência, que permite a Bolsonaro inflar programas sociais

Datena desiste de candidatura ao Senado, após Bolsonaro declarar apoio

2 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Paulo Dantas

- 2022-07-02 11:26:56

Seu Marcelo meio que (@60|| pro fato , queria uma self com ele ... https://oglobo.globo.com/politica/noticia/2022/07/presidente-de-portugal-rebate-bolsonaro-sobre-almoco-desmarcado-ninguem-morre.ghtml

Fábio de Oliveira Ribeiro

- 2022-07-01 18:59:31

Excelente. Quanto mais se isolar, mais o tirano vagabundo ficará isolado. A repercussão dessa decisão dele na União Europeia será devastadora. Pequenino, Portugal é um gigante na UE.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Seja um apoiador