Bolsonaro segue com a maior rejeição desde Collor, mostra Datafolha

Com 53% de reprovação, Bolsonaro tem a pior avaliação da redemocratização desde 1993, só perdendo para Fernando Collor de Mello

Jair Bolsonaro em evento do governo
Foto: José Cruz/Agência Brasil

Jornal GGN – O presidente Jair Bolsonaro continua com a pior avaliação de seu governo, com 53% dos brasileiros reprovando a forma do mandatário de gerir o país e 65% avaliando que ele cuida mal do país. Os dados são do Instituto Datafolha.

Segundo a pesquisa, que entrevistou 3.666 pessoas entre os dias 13 e 16 de dezembro, somente 22% dos consultados acham o governo Bolsonaro “bom ou ótimo” e 24% como “regular”.

Desde 2020, Bolsonaro tem mais avaliações negativas do que positivas e em setembro deste ano ultrapassou a metade dos entrevistados, com 53% considerando “ruim ou péssimo”.

Ainda, quando a pergunta direcionada foi se o mandatário “cuida bem” ou “cuida mal” do Brasil, a reprovação é ainda pior: 65% dos entrevistados afirmaram que Jair Bolsonaro “cuida mal” contra 30% que acha que “cuida bem”.

O único segmento que Bolsonaro detém mais avaliações positivas do que negativas são os empresários, com 54%. Ainda assim, há uma porcentagem significativa dos que avaliam mal: 44%.

A reprovação do presidente Jair Bolsonaro é a pior da redemocratização desde 1993, só perdendo para Fernando Collor de Mello, que detinha 68% de avaliação “ruim ou péssima” de seu governo, no auge do impeachment.

0 Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Seja um apoiador